Abrir menu principal

"À la folie ou pas du tout" ("Apaixonadamente ou não de todo") foi a canção que representou a Bélgica no Festival Eurovisão da Canção 1972, interpretada em francês por Serge & Christine Ghisoland.Foi a 16.ª canção a ser interpretada na noite do festival (a seguir à canção monegasca "Comme on s'aime", interpretada por Peter McLane & Anne-Marie Godart e antes da canção luxemburguesa "Après toi", interpretada por Vicky Leandros): No final, a canção belga não foi feliz, terminando num modesto 17.ª lugar (penúltimo lugar) e recebendo um total de 55 pontos.

Bélgica "À la folie ou pas du tout"
Festival Eurovisão da Canção 1972
País
Artista(s)
Língua
Compositor(es)
Daniël Nelis, Bob Milan
Letrista(s)
Daniël Nelis
Performance das finais
Resultado da final
17.º
Pontos da final
55
◄ "Goiemorgen, morgen" (1971)   
"Baby, Baby" (1973) ►

AutoresEditar

  • Letra: Daniël Nelis
  • Música: Daniël Nelis e Bob Milan
  • Orquestração: Henri Segers

LetraEditar

A canção é um dueto, com ambos os cantores explicando a sua filosofia em relação ao amor - "amar apaixonadamente ou não de todo". Eles terminam admitindo que "Nós amamo-nos um pouco mais e nós acreditamos nisso".

Ligações externasEditar

Este artigo foi criado com base m informações recolhidas na página:

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.