Abrir menu principal

Água Fria é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2018 era de 16 901 habitantes.

Município de Água Fria
"Água fria"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 13 de julho de 1962
Fundação 13 de julho de 1962 (57 anos)
Gentílico água-friense
Padroeiro(a) São João Batista
CEP 48170-000
Prefeito(a) Manoell Potinha (PT DEM)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Água Fria
Localização de Água Fria na Bahia
Água Fria está localizado em: Brasil
Água Fria
Localização de Água Fria no Brasil
11° 52' 01" S 38° 46' 01" O11° 52' 01" S 38° 46' 01" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Centro Norte Baiano IBGE/2008[1]
Microrregião Feira de Santana IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Irará, Santanópolis, Ouriçangas, Aramari, Inhambupe, Sátiro Dias, Lamarão e Biritinga
Distância até a capital 146 km
Características geográficas
Área 661,859 km² [2]
População 16 901 hab. IBGE/2018[3]
Densidade 25,54 hab./km²
Clima sub-úmido a seco
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,55 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 138 677 mil IBGE/2016[5]
PIB per capita R$ 7 955,78 IBGE/2016[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.aguafria.ba.gov.br

Município criado por força de Resolução Régia de 28.04.1727 com o nome de Vila de São João Batista de Água Fria. Posteriormente, Decreto Imperial de 1832 fez mudar sua sede para o arraial de Purificação (atual Irará), não tendo, porém, sido executado. Em 1842, Resolução Provincial extinguia o município e criava o de Purificação de Campos (atual Irará). O município foi restaurado por Lei Estadual de 13.07.1962, com território desmembrado de Irará. A sede, criada freguesia pelo Alvará Régio de 11.04.1718, o nome de São João Batista de Água Fria, foi elevada à categoria de cidade quando da lei que restaurava o município (PFL BAHIA, 2006).

FestasEditar

No dia do padroeiro da cidade é realizada uma festa religiosa com missa, leilão e procissão em homenagem a São Sebastião no dia 20 de janeiro, tendo ainda o novenário que antecede a data. Também é realizada nesta data a festa profana, que recebe o nome de Caju Fest, devido ao município ser grande produtor de castanha e caju, tendo inclusive uma fábrica de beneficiamento de castanha, que ainda não entrou em funcionamento. Grandes atrações tocam na praça da matriz, em frente a histórica igreja da cidade, levando várias pessoas para a cidade, estima-se que 100 mil pessoas visitem a cidade nos três dias de festa.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 10 de abril de 2011 
  3. «estimativa_ibge_2018.xls». agenciadenoticias.ibge.gov.br. Consultado em 13 de junho de 2019 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 à 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 13 de junho de 2019 

A história de água fria: Na época ainda existia a escravidão, e os escravos trabalhavam, então uma velhinha carregava água fria dentro de uma moringa de barro, e foi daí que surgiu o nome de Água £ria.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.