Abrir menu principal
Água na Boca
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Comédia romântica
Duração 45 minutos
Criador(es) Marcos Lazarini
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Del Rangel
Roteirista(s) Aleksei Abib
Conceição LaBranna
Dani Patarra
Elenco
Tema de abertura "Água na Boca", Juliana Aquino
Empresa(s) de produção Band
Localização Estúdios Quanta - São Paulo, SP
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Band
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 12 de maio – 12 de dezembro de 2008
N.º de episódios 155

Água na Boca é uma telenovela brasileira produzida pela Band, e exibida entre 12 de maio de 2008 a 12 de dezembro de 2008, substituindo Dance Dance Dance, sendo a última telenovela produzida pela Band, a qual passou a ocupar a faixa de horário com jornalismo.[1] Foi escrita por Marcos Lazarini, com colaboração de Aleksei Abib, Conceição LaBranna e Dani Patarra, direção de Luís Antônio Piá, Marcelo Krause e Rodolfo Silot e com direção-geral de Del Rangel.

Contou com Caetano O'Maihlan, Rosanne Mulholland, Alexandre Barros, Marisol Ribeiro, Renato Góes, Priscila Sol, Joaquim Lopes e Miranda Kassin nos papéis principais.

Índice

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em 1960, no bairro de Moema, em São Paulo, a francesa Françoise Cassoulet (Jacqueline Laurence) e a italiana Maria Bellini (Berta Zemel) eram melhores amigas até se apaixonarem por Jean-Paul (Mário César Camargo), que se envolveu com as duas, mas escolheu a primeira para se casar, causando no rompimento da amizade delas. Cinquenta anos se passam e, em 2008, a rivalidade entre os Bellini e os Cassoulet ainda perpetua não só entre as matriarcas, mas também com seus filhos e netos. Para piorar, os dois clãs são donos de restaurantes concorrentes na mesma rua: a Pizzaria Nonna Mia e o Bistrô Paris, que se transformam em ringues de humorados confrontos.

Fraçoise e Jean-Paul são pais de Phillipe (Jayme Periard), que foi obrigado a seguir os negócios da família e vive um casamento falido com Lulu (Ângela Figueiredo), fugindo da infelicidade no vício em jogos. Eles são pais da doce Danielle (Rosanne Mulholland), uma grande gastrônoma que retorna à São Paulo para honrar o legado dos avôs, e da excêntrica Renée (Priscila Sol), que muda de estilo constantemente em busca de sua própria personalidade. Já a viúva Maria esconde os sintomas do Alzheimer dos filhos: o viciado em trabalho Paolo (Carl Schumacher) é casado com a bondosa Manoela (Regina Remencius) e pai do solitário Carlo (Celso Bernini) e do boêmio Luca (Caetano O'Maihlan), que só pensa em farra e mulheres; já Guido (Renato Scarpin) fugiu dos negócios da família e comanda um buffet infantil com a esposa Fatinha (Paula Cohen), sendo que ambos se comportam como jovens eternos.

Tudo muda quando Luca e Danielle se apaixonam perdidamente, embora saibam que isso é completamente impossível pela rivalidade familiar, além da personalidade forte e explosiva de ambos, vivendo um romance proibido entre muitas divertidas brigas. A vida dois dois, no entanto, não se torna fácil não só pela pressão familiar, como também pelas armações de Alex (Alexandre Barros), ex-noivo de Danielle que está disposto a tudo para reconquistá-la, e Érika (Marisol Ribeiro), falsa amiga da moça que se tornará obsessiva por Luca. Os dois contam com a ajuda apenas de Gina (Miranda Kassin), amiga de infância e ex-namorada de Luca de bom coração, que será uma espécie de "fada madrinha" para o casal finalmente poder viver o amor em paz.

A trama ainda segue outras histórias, como do japonês Akira (Ken Kaneko), cuja filha Keiko (Eda Nagayama) engravidou na adolescência e a neta, Akemi (Juliana Kametani) acaba na mesma situação ao se envolver com Carlo. Os nordestinos Severino (Cláudio Jaborandy) e Miquelina (Ana Cecília Costa) tem um restaurante típico e são pais de gêmeos de personalidades completamente opostas: Mari (Rayana Carvalho) é mau-caráter e envolvida com esquemas ilícitos, enquanto Raí (Renato Góes) é bondoso e disputa o coração de Renée com Zeca (Joaquim Lopes). Os três irmãos Pimenta – Zeca, Bertinho (Bethito Tavares) e Martha (Jerusa Franco) são donos de uma barraca no Mercado Municipal cheia de confusões. No local também trabalho o víuvo Antônio (Fernando Neves), que paga com muito esforço a faculdade de medicina da filha Camila (Juliana Mesquita) e não quer a ver envolvida com o humilde Juliano (Carlos Dias). Já Cido (Henri Pagnoncelli) e Guta (Elaine Mickely) são ex-pobres que ficaram ricos, mas não tem nenhuma classe, sendo que o filho deles Reizinho (Gustavo Duque) não tem nenhum limite ou escrúpulos.

  Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

ExibiçãoEditar

A trama foi vendida para Moçambique, onde foi exibida pela TVM, às 21 horas. Mais tarde a novela estreou em Angola na TV Zimbo às 14 horas e com reprises aos fins de semana, sucedendo a Dance Dance Dance e sendo substituída por Dona Beija. O título oficial em inglês da trama para o mercado internacional é The Restaurateurs (em tradução livre, "Os Donos de Restaurante"). O canal venezuelano Televen estreou a novela em junho de 2011 às 13 horas, com o nome de Agua en la Boca. Devido à baixa audiência, foi cancelada e reestreada à 1h, onde foi exibida do início ao fim no primeiro semestre de 2012.

ElencoEditar

Ator Personagem
Caetano O'Maihlan Luca Bellini Manfredo
Rosanne Mulholland Danielle Cassoulet (Dani)
Alexandre Barros Alex Wagner
Marisol Ribeiro Érika Fagundes
Renato Góes Raimundo Penaforte (Raí)
Priscila Sol Renée Cassoulet
Joaquim Lopes José Carlos Pimenta (Zeca)
Miranda Kassin Maria Regina Angel (Gina)
Carl Schumacher Paolo Bellini Manfredo
Regina Remencius Manoela Bellini Manfredo
Jayme Periard Phillipe Cassoulet
Ângela Figueiredo Luciola Cassoulet (Lulu)
Berta Zemel Maria Bellini
Jacqueline Laurence Françoise Cassoulet
Mário César Camargo Jean Paul Cassoulet
Renato Scarpin Guido Bellini Cosme
Paula Cohen Fátima Bellini Cosme (Fatinha)
Celso Bernini Carlo Bellini Manfredo
Rayana Carvalho Marinalva Penaforte (Mari)
Ana Cecília Costa Miquelina Penaforte
Cláudio Jaborandy Severino Penaforte
Henri Pagnoncelli Aparecido Alcântara (Cido)
Elaine Mickely Augusta Alcântara (Guta)
Gustavo Duque Reinaldo Alcântara (Reizinho)
Bethito Tavares Roberto Pimenta (Bertinho)
Jerusa Franco Martha Pimenta
Fernando Neves Antônio Pereira
Juliana Mesquita Camila Pereira
Carlos Dias Juliano Moreira
José Roberto Jardim Théo Borges
Ken Kaneko Akira Mizoguchi
Eda Nagayama Keiko Mizoguchi
Juliana Kametani Akemi Mizoguchi
Nilton Bicudo Henri Martel
Alexandre Moreno Kim Gonçalves
Rogério Márcico Alfredo Vecchio
João Bourbonnais Gianini Leiden
Sílvia Poggetti Úrsula da Silva (Uni)
Mila Ribeiro Danúbia da Silva (Duni)
Valéria Sandalo Teresa da Silva ()
Marco Antônio Pâmio Remi Pacheco
Pierre Bittencourt Zico Bueno
Karen Tavares Allegra Bellini Angel
Thiago Giacomini Edu

Participações especiaisEditar

Ator Personagem
Paulo Hesse Abílio / Arlindo
Marcelo Arnal Marcelo
Carla Fioroni Aurora
João Signorelli Peterlongo
Pedro Fagundes Paulinho
Claudinei Quirini Vicente
Viviane Rojas Ava
Ana Luiza Castro Ela mesma
Daniella Cicarelli Ela mesma
Raul Gil Ele mesmo
Armando Valsani Ele mesmo

AudiênciaEditar

A meta estabelecida foi de 4 pontos. A estreia de Água na Boca registrou média de 3,3 pontos e pico de 5 no Ibope. Ficando no quarto lugar de audiência[2].

O último capítulo teve média de 2.3 pontos .

Trilha sonoraEditar

Referências

  1. «'Água na boca', nova novela da Band, estréia esta segunda com um quê de 'Romeu e Julieta'». Extra. 12 de maio de 2008. Consultado em 5 de maio de 2016 
  2. «Estréia da nova novela da Band, Água na Boca mantém a audiência da emissora». Área Vip. 13 de maio de 2008. Consultado em 5 de maio de 2016 

Ligações externasEditar