Abrir menu principal

Discografia de Chiquititas (1997)

discografia
Discografia de Chiquititas (1997)
Chiquititas Brasil (1997-2000) - logo.png
Álbuns de estúdio 5
Álbuns de compilação 1

A discografia da primeira versão brasileira da novela Chiquititas consiste em cinco álbuns de estúdio e um especial com canções inéditas e versões instrumentais.

Muitos dos certificados de ouro e platina foram recebidos em programas de televisão como o Domingo Legal, apresentado pelo apresentador Gugu Liberato. O álbum de maior sucesso da novela foi o primeiro que vendeu mais de 1 milhão de cópias em apenas três meses[1] e 1,2 milhão no total.[2]

Em 1999, e com apenas três discos a trilha da novela vendeu mais de três milhões de cópias.[3][4] Um VHS contendo clipes da novela também foi lançado junto com uma revista, no entanto nenhum DVD ou Blu-ray com clipes das músicas foi lançado. Todos os álbuns saíram de catálogo no formato físico, podendo ser comprados apenas no formato digital ou serem escutados via streaming.

DiscografiaEditar

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Ano Detalhes do Álbum Sucessos Certificação Vendas
1997 Chiquititas
  • Remexe, Berlinda, Mentirinhas, Tudo Tudo, Era uma vez, Sinais
1998 Chiquititas Vol.2
  • Gravadora(s): EMI
  • Formato(s): CD
  • Mexe Lá, Me Passam Coisas, Coração Com Buraquinhos, O Chefe Chico, Bruxas Malvadas, No Fim, Amigas
1998 Chiquititas em Festa
  • Viva a Vida, Só por uma vez, Papai, Natal, O Que Você Fez?
1999 Chiquititas Vol.3 (24 Horas)
  • Mexe Já, A Nossa Idade, Um Cantinho de Luz, É Só Querer, Apaixonada Por Todos, Lu Lucita, Penso Em Ti
1999 Chiquititas Vol.4
  • Me Dá Um CH, Pimpolho, Vinte e Quatro Horas, No Começo, Voar Melhor, Chiquititas
2000 Chiquititas Vol.5
  • Sempre Chiquititas, Estrela, Adolescente, Álbum da Vida, Liberdade

Referências

  1. Francisco Martins da Costa e Mariana Scalo (15 de dezembro de 1997). «Boa audiência não põe fim à instabilidade do SBT». Folha de S.Paulo. UOL HOST. Consultado em 29 de maio de 2015 
  2. a b Keila Jimenez (3 de abril de 2005). «Chiquititas: Febre consumista». O Estado de S. Paulo. Consultado em 29 de maio de 2015. Cópia arquivada em 4 de junho de 2015 
  3. Léa Agostinho e Mônica Soares (2 de março de 1999). «Concurso premia decepção». Jornal do Brasil. Consultado em 29 de maio de 2015 
  4. «Chiquitas volta com romances entre personagens». O Globo. 30 de março de 1999. Consultado em 29 de maio de 2015 
  5. a b c d «Chiquititas». ABPD. Consultado em 10 de julho de 2015 
  6. Stephanie Celentano (15 de setembro de 2011). «Por onde andam as estrelas de Chiquititas». Minha Novela. Grupo Abril. Consultado em 29 de maio de 2015. Arquivado do original em 30 de maio de 2015 
  7. Ricardo Valladares (15 de abril de 1998). «Sonho de gatinha». Revista Veja. Consultado em 29 de maio de 2015