Abrir menu principal
Ângela Rodrigues Alves
Nome completo Ângela Rodrigues Alves Wortsman[1][nota 1]
Nascimento 19 de agosto de 1955 (63 anos)[1]
São Paulo, SP
Ocupação Jornalista e ecologista
Cônjuge(s) Ignácio de Loyola Brandão (1979–1982)[2]
Arnaldo Wortsman (1987–2006)[1]
Nacionalidade brasileira
Atividade Déc. 1980—presente (jornalismo)
Trabalhos notáveis Mulheres (TV Gazeta),[3] Jornal da Band (TV Bandeirantes)[4]

Ângela Rodrigues Alves (São Paulo, 19 de agosto de 1955) é uma jornalista e ecologista brasileira. Ex-âncora e repórter do Jornal da Band, da Rede Bandeirantes, atualmente está à frente da ONG Fiscais da Natureza, a qual produz documentários ambientais para a televisão brasileira e estrangeira.[4]

Rosto presente na mídia eletrônica das décadas de 80 e 90, a jornalista atuou profissionalmente em vários programas televisivos, entre eles Mulheres, na TV Gazeta (logo no início do programa, em 1980),[3][5] O Repórter, conjuntamente com César Filho e William Bonner, Jornal da Band e Jornal da Noite, ambos na TV Bandeirantes.[6] Atualmente dedica-se à ONG «Fiscais da Natureza», fundada por ela mesma, e focou-se de vez no jornalismo ambiental.[4] Nesse nicho profissional vem produzindo documentários cujo tema é a preservação do meio ambiente e a luta contra a degradação causada pelo homem à natureza.[4] A jornalista também participou do filme O Milagre - O Poder da Fé, de 1979.

Ângela Rodrigues Alves foi casada com o escritor Ignácio de Loyola Brandão entre 1979 e 1982,[2] e em 1987 casou-se com Arnaldo Wortsman, com quem teve uma filha. Mais tarde o casal se divorciaria.[1] A jornalista é um dos mais antigos moradores do bairro paulistano de Interlagos, no qual vive desde 1979.[4]

Notas

  1. O Wortsman é sobrenome adquirido por casamento com Arnaldo Wortsman.

Referências

  1. a b c d José Américo Junqueira de Mattos (2004). Família Junqueira: sua história e genealogia, Volume 3. [S.l.]: Família Junqueira 
  2. a b Instituto Walther Moreira Salles (2001). Ignácio de Loyola Brandão – edição 11 de Cadernos de literatura brasileira. [S.l.]: Instituto Moreira Salles. 179 páginas 
  3. a b Adm. do portal (1996–2013). «História do Mulheres». TV Gazeta – Mulheres. Consultado em 7 de maio de 2013 
  4. a b c d e Da redação (2007). «Entrevista especial: Ângela Rodrigues Alves» (PDF). Revista Viverde Natureza, ano 1 – edição 2. Consultado em 7 de maio de 2013 
  5. Lucílio Correa (20 de agosto de 2010). «Uma História de futuro». Faculdade Cásper Líbero. Consultado em 7 de maio de 2013 
  6. Da redação (2011). «Perfil de César Filho». Portal Caras. Consultado em 7 de maio de 2013 

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ângela Rodrigues Alves
  Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.