Índice de Desenvolvimento Socioeconômico

O IDESE, Índice de Desenvolvimento Socioeconômico é um índice comparativo usado para classificar os municípios e cidades do Rio Grande do Sul pelo seu grau de "desenvolvimento Socioeconômico". Sua publicação é apresentada anualmente pela Fundação de Economia e Estatística (FEE).[1]

OrigemEditar

O IDESE surgiu com base no IDH, no ano de 1991[1] e desde o ano 2000 é publicado anualmente.[1] Seu objetivo é de agrupar indicadores econômicos e sociais em 4 blocos distintos, formando assim um indicador único e dinâmico separando municípios e coredes em três níveis: baixo (índices até 0,499), médio (entre 0,500 e 0,799) ou alto (maiores ou iguais a 0,800).

CritériosEditar

A FEE dividiu o IDESE em 4 blocos com valores de 0 a 1 pontos cada:[2]

O resultado final do IDESE é uma média dada pelo somatório dos blocos divididos por quatro.

  •   (onde   = Educação,   = Renda,   = Condições de Saneamento e Domicilio e   = Saúde)

Referências

  1. a b c http://www.fee.tche.br/sitefee/pt/content/estatisticas/pg_idese.php
  2. a b c d e «Cópia arquivada». Consultado em 1 de abril de 2011. Arquivado do original em 28 de outubro de 2011 

Ver tambémEditar