Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2012). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Íris Bruzzi
Íris em 2015
Nome completo Íris Mari de Medeiros
Outros nomes Íris Bruzzi
Nascimento 16 de fevereiro de 1935 (84 anos)
Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Ocupação Atriz, dançarina, escritora
Cônjuge Walter Pinto (1954-1964)
Nélson Caruso (1970-1973)
Jorge Dória (1980-1982)

Íris Maria Brüzzi de Medeiros (Rio de Janeiro, 16 de fevereiro de 1935) é uma atriz, dançarina, escritora e ex-vedete brasileira.

Índice

BiografiaEditar

Estreou na carreira artística em Massagista de Madame , de 1958. Ficou conhecida como vedete nos shows de Carlos Machado e como uma das Certinhas do Lalau de Sérgio Porto. Sua carreira como atriz também inclui cinema e televisão.

Foi casada com Walter Pinto, Nelson Caruso e Jorge Dória. Seu filho com Nelson Caruso, Marcelo Bruzzi Caruso, tornou-se o primeiro brasileiro eleito deputado estadual nos Estados Unidos, pela Flórida.[1] O mesmo enfrenta atualmente problemas com a justiça dos Estados Unidos.[2]

Íris Bruzzi viveu nos Estados Unidos, onde alugava apartamentos para turistas.

Interpretou Margarida, mais conhecida como Guida Guevara na telenovela Belíssima, de Sílvio de Abreu, na Rede Globo com sua amiga e ex-vedete Carmen Verônica, que interpretou Maria Benedita Piedade, mais conhecida como Mary Montilla.

Depois do final de Belíssima, recebeu o convite da Rede Record para compor o elenco de Vidas Opostas. Interpretou Elisa, mãe de um promotor público (Luciano Szafir) viciada em jogos.

Em 2006, gerou polêmica por declarar: Adoro casaco de vison. Não estou nem aí se mataram o bichinho.[3]; - declaração que pode ser conferida ainda na edição nº 52 de dezembro de 2006 da revista Veja.

Em 2008, viajou pelo Brasil atuando na comédia teatral Subindo pelas Paredes, de Wesley Marchiori, ao lado de Antônia Fontenelle e Nina de Pádua.

Em 2014 deixa a Rede Record, após a emissora optar por não renovar contrato com a atriz. [4]

Em 2016, ganhou uma causa trabalhista contra a Rede Record, lutando para ser reconhecida como ex-funcionária. A emissora terá de fazer anotações em sua carteira de trabalho e pagar as obrigações trabalhistas referentes aos anos de 2006 a 2014. [5]

Carreira televisivaEditar

Ano Título Personagem
2014 Manual Prático da Melhor Idade Conceição[6]
2013 Balacobaco Horácia Pedrosa
2012 Máscaras Olívia Motta
2010 Ribeirão do Tempo Beatriz Castro do Amaral
2008 Chamas da Vida Teresa Amaro da Silva (Vó Tuquinha)
2006 Vidas Opostas Eliza Rocha (Lisinha )
2005 Belíssima Guida Guevara
2003 O Beijo do Vampiro Mirtes
2002 Brava Gente Sueli
1998 Pecado Capital Otília
1988 Vale Tudo Eunice Meireles
1984 Corpo a Corpo Vânia Fonseca
É Proibido Amar Élida
1983 Voltei pra Você Clotilde
Guerra dos Sexos [7]
1981 Jogo da Vida Guida Rivera
1973 Divinas & Maravilhosas Renée
1971 Minha Doce Namorada Baby
1970 Pigmalião 70 Malu
Mais Forte que o Ódio Duda
1969 Algemas de Ouro Ana Lúcia
Seu Único Pecado
1968 Balança Mas Não Cai Ofélia
O Terceiro Pecado Margo
Ana Carmem
1967 O Grande Segredo Sílvia
O Morro dos Ventos Uivantes Frances
1966 Almas de Pedra Ruth Ramalho (Naná)

Carreira no cinema[8]Editar

Notas

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Íris Bruzzi
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.