Abrir menu principal

Oscar Honorário

(Redirecionado de Óscar honorário)

Esta é uma lista de vencedores do Oscar Honorário atribuído pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Os distinguidos com este prêmio recebem a estatueta do Óscar na cerimônia dos Governors Awards que tem lugar no Hollywood and Highland Center.[1] Na mesma ocasião são entregues o Prêmio Humanitário Jean Hersholt e o Prêmio Memorial Irving G. Thalberg.

Década de 1920Editar

Ano Receptor(es) Notas Prêmio
1929 Warner Bros. "por produzir O Cantor de Jazz [1927], o ilustre filme falado pioneiro, que revolucionou a indústria." Estatueta
Charlie Chaplin "pela versatilidade e genialidade em atuar, escrever, dirigir e produzir O Circo (1928)." Estatueta

Década de 1930Editar

Ano Receptor(es) Notas Prêmio
1932 Walt Disney "pela criação de Mickey Mouse."
1935 Shirley Temple "em grato reconhecimento por sua excepcional contribuição ao entretenimento na tela durante o ano de 1934."
1936 David Wark Griffith "por suas distintas realizações criativas como diretor e produtor, e por sua iniciativa inestimável e contribuições duradouras para o progresso das artes cinematográficas".
1937 The March of Time "por sua importância para o cinema e por ter revolucionado um dos ramos mais importantes da indústria - o noticiário".
W. Howard Greene e Harold Rosson "pela cinematografia colorida de O Jardim de Alá, da Selznick International Production".
1938 Edgar Bergen "pela sua notável criação de comédia, 'Charlie McCarthy'."
Mack Sennett "por sua contribuição duradoura à técnica de comédia para o cinema, cujos princípios básicos são tão importantes hoje quanto quando foram postos em prática pela primeira vez, a Academia apresenta um Prêmio Especial ao mestre da comédia, descobridor de estrelas [...] o gênio da comédia - Mack Sennett."
Museu de Arte Moderna (Nova Iorque) "por seu trabalho significativo na coleta de filmes que datam de 1895 até o presente, e pela primeira vez disponibilizando ao público os meios de estudar o desenvolvimento histórico e estético dos filmes cinematográficos como uma das principais artes".
W. Howard Greene "pela fotografia colorida de A Star Is Born."
1939 Deanna Durbin e Mickey Rooney "por suas significativas contribuições em trazer para a tela o espírito e a personificação da juventude, e como jovens atores estabelecendo um alto padrão de habilidade e realização."
Harry Warner "em reconhecimento ao serviço patriótico na produção de curtas históricos apresentando episódios significativos da luta inicial do povo americano pela liberdade."
Walt Disney "por Branca de Neve e os Sete Anões (1937), uma inovação significativa na tela que tem encantado milhões e foi pioneiro de um novo grande campo do entretenimento".
Oliver T. Marsh e Allen M. Davey "pela cinematografia colorida de Sweethearts, produção da Metro-Goldwyn-Mayer."
Gordon Jennings, Jan Domela, Devereaux Jennings, Irmin Roberts, Art Smith, Farciot Edouart, Loyal Griggs, Loren L. Ryder, Harry D. Mills, Louis Mesenkop e Walter Oberst "por excelente desempenho na criação de efeitos especiais fotográficos e sonoros na produção Spawn of the North, da Paramount."
Joseph A. Ball "por suas excelentes contribuições para o avanço da fotografia colorida nos filmes."

Década de 1940Editar

Década de 1950Editar

Década de 1960Editar

Década de 1970Editar

Década de 1980Editar

Década de 1990Editar

Década de 2000Editar

Década de 2010Editar

Ano Receptor(es) Notas Prêmio
2010 Lauren Bacall Em reconhecimento do seu papel central na Idade de Ouro do cinema. Estatueta
Roger Corman Por sua produção rica de filmes e cineastas.
Gordon Willis Por sua mestria inigualável de luz, sombra, cor e movimento.
2011 Kevin Brownlow Para o sábio e dedicado registro da parada cinematográfica.
Jean-Luc Godard Para a paixão. Para o confronto. Para um novo tipo de cinema.
Eli Wallach Para valor de uma vida de personagens indeléveis.
2012 James Earl Jones Por seu legado de excelência consistente e versatilidade incomum.
Dick Smith Por sua maestria incomparável de textura, sombra, forma e ilusão.
2013 D. A. Pennebaker Inspirou gerações de cineastas com seu estilo "você está aqui". Ele é considerado um dos fundadores do movimento Cinema Verite.
Hal Needham Um pioneiro na melhoria da tecnologia de dublês e procedimentos de segurança.
George Stevens Jr. Um campeão incansável das artes na América e, especialmente, o mais americanos deles: o filme de Hollywood.
2014[2] Angela Lansbury Pelas suas conquistas na indústria do cinema ao longo de uma carreira de 75 anos.
Steve Martin Pelo seu desempenho de excelência como comediante de Stand-Up, músico e produtor.
Piero Tosi Pela sua extraordinária carreira como designer de guarda-roupa ao longo de 75 anos.
2015[3] Jean-Claude Carrière ""
Hayao Miyazaki Por suas animações japonesas
Maureen O'Hara ""
2016 Spike Lee "um campeão do filme independente e uma inspiração para jovens cineastas"
Gena Rowlands "um talento original cuja devoção à sua profissão conquistou reconhecimento mundial como ícone do filme independente""
2017 Jackie Chan "por seu profissionalismo, competência e experiência na setima arte que o faz uma verdadeira lenda do cinema"
Lynn Stalmaster "experiência na indústria cinematográfica"
Anne V. Coates
Frederick Wiseman
2018 Charles Burnett "por seu profissionalismo, competência e experiência na sétima arte que o faz uma verdadeira lenda do cinema"
Owen Roizman "experiência na indústria cinematográfica"
Donald Sutherland
Agnès Varda
2019[4] Marvin Levy
Lalo Schifrin
Cicely Tyson

Referências

Ligações externasEditar