Abrir menu principal
Quatro tipos de malformações uterinas (bicornuate uterus em inglês)
Útero bicorno em humanos

Útero bicorno ou útero bicorne é uma anomalia congênita em que o útero é dividido em dois lados, na parte interna. Essa membrana pode ter tamanhos variados, desde uma pequena divisão até uma divisão completa do útero em dois.[1][2]

Se diferencia do útero duplo por compartir um colo do útero.

Alguns animais possuem úteros bicornes, ou inclusive quadricornes, para ter vários filhos de uma vez, porém não é comum em humanos.

Sinais e sintomasEditar

No que se refere ao sucesso da gravidez, vai depender de como é a má-formação e o estado da parede muscular do útero, mas o útero bicorno não impede de engravidar e ter um filho saudável. Contudo, realizar um acompanhamento pré-natal mais frequente e atencioso é fundamental, porque há maior risco de[3][4]:

EpidemiologiaEditar

Entre 0,5 e 1% das mulheres nascem com útero dividido. [5]

TratamentoEditar

Geralmente um controle por mês com obstetra especializado em gravidez de risco é suficiente e precisam de cesárias com mais frequência que mulheres com útero sem divisões. Em mulheres com perda gestacional recorrente é possível fazer uma cirurgia para unificar os lados do útero, ampliando o espaço que o feto terá para crescer.[6]

Referências

  1. Equipe Tua Saúde 2018.
  2. Tehrani 2014.
  3. Grunebaum 2018.
  4. Pascali, Dante (2014). "Uterus and Vagina". Oxorn-Foote Human Labor & Birth, 6e.
  5. Martı́Nez-Frı́As, María Luisa; Bermejo, Eva; Rodrı́Guez-Pinilla, Elvira; Frı́As, Jaime Luis (1998). "Congenital Anomalies in the Offspring of Mothers with a Bicornuate Uterus". Pediatrics. 101 (4): e10. doi:10.1542/peds.101.4.e10.
  6. Hoffman BL, Schorge JO, Bradshaw KD, Halvorson LM, Schaffer JI, Corton MM (eds.). "Anatomic Disorders". Williams Gynecology (3 ed.).

BibliografiaEditar

Ver tambémEditar