Abrir menu principal
Ōnakatomi no Kiyomaro
大中臣清麻呂
Ōnakatomi no Kiyomaro
大中臣清麻呂
Udaijin
Dados pessoais
Nascimento 702
Morte 06 de setembro de 788 (86 anos)
linkWP:PPO#Japão

Ōnakatomi no Kiyomaro ( 大中臣清麻呂 702 - 788?, também conhecido como Seimanryo ou Jōmanryo) , foi um nobre que viveu no Período Nara da história do Japão .

Kiyomaro foi o sétimo filho do chūnagon Nakatomi no Omimaro do clã Nakatomi. Ele mudou seu nome e fundou o clã Ōnakatomi.

CarreiraEditar

Makibi serviu os seguintes imperadores: Shōmu (740 - 749), Imperatriz Koken (749 - 758), Junnin (758 - 764), Imperatriz Shotoku (764 - 770), Imperador Konin (770 - 781), Imperador Kanmu (781)

Depois de passar por uma variedade de cargos de inspeção, Kiyomaro foi promovido em 743 a Assistente do Mestre de Ritual no Jingi-kan .

Em 747, nos últimos dias do reinado do Imperador Shōmu , foi nomeado Mamoru Owari (governador da província de Owari) . Em 754, já no reinado da imperatriz Koken lhe foi restabelecida a sua posição no Jingi-kan e, posteriormente, nomeado sachūben ( 左中弁 Superintendente adjunto da esquerda?) no Daijō-kan.

Sob a administração de Fujiwara no Nakamaro como Daijō Daijin no reinado do Imperador Junnin, Kiyomaro avançou de forma constante. Até que no final de 762, foi nomeado Sangi , juntando-se às fileiras da kugyō juntamente com os filhos de Nakamaro, Kusumaro e Asakari. Em 763 foi promovido a Sadaiben ( 左大弁 Superintendente da esquerda?) e Mamoru Settsu (governador da província de Settsu) .

Mais tarde, naquele ano, porém, Nakamaro se rebelou, e Kiyomaro apoiou a ex-imperatriz Koken contra ele. A ex-Imperatriz saiu vitoriosa da contenda e retomou o trono, e Kiyomaro foi promovido . No ano seguinte, 765, ele foi premiado com as mais altas honras mais pelo seu serviço. No banquete após a cerimônia de re-entronização de Koken como Imperatriz Shotoku, Kiyomaro estava presente como Saishu, mestre de ritual do Jingi-kan . A Imperatriz o elogiou por sua integridade e pelo seu longo serviço naquela organização [1].

Kiyomaro continuou sua ascensão na Corte nos reinados da Imperatriz Shotoku e do Imperador Konin . Em 768 foi promovido a Chūnagon [2] e, em 769, mudou seu nome de família de Nakatomi no Ason para Ōnakatomi no Ason [3].

Em 770, Kiyomaro a Dainagon , e em 771 a Udaijin. Neste mesmo ano Kiyomaro foi nomeado tutor do príncipe Osabe, mas foi demitido deste papel quando o príncipe herdeiro foi deserdado no ano seguinte [4]. Em 773, ele foi re-nomeado tutor do príncipe herdeiro Yamabe, o futuro imperador Kanmu.

Em seu papel como Udaijin , Kiyomaro dirigiu o Daijō-kan até 780. Em 781, imediatamente após a ascensão do Imperador Kanmu, foi autorizado a se aposentar aos 70 anos de idade. Ele morreu em 788.



Precedido por
Kibi no Makibi
17º Udaijin
(771 - 781)
Sucedido por
Fujiwara no Tamaro



Referências

  1. Nobutaka Inoue, Endo Jun, Mori Mizue, Ito Satoshi, Shinto: A Short History (em inglês) Routledge, 2003 pp. 88-89 ISBN 9781134384617
  2. Herman Ooms, Imperial Politics and Symbolics in Ancient Japan: The Tenmu Dynasty, 650-800 (em inglês) University of Hawaii Press, 2009 p. 196 ISBN 9780824832353
  3. R. A. B. Ponsonby-Fane, Studies In Shinto & Shrines (em inglês) Routledge, 2014 p. 614 ISBN 9781136893018
  4. Herman Ooms, Imperial Politics and Symbolics in Ancient Japan p. 201