Nasal palatal

(Redirecionado de Ɲ)
Nasal palatal
ɲ
IPA 118
Codificação
Entidade (decimal) ɲ
Unicode (hex) U+0272
X-SAMPA Jt}
Kirshenbaum n^
Som

A nasal palatal é um tipo de fone consonantal empregado em alguns idiomas. O símbolo deste som no alfabeto fonético internacional é "ɲ", e no X-SAMPA é "J". Este som ocorre no português de Portugal em palavras como "manhã" e no português brasileiro em alguns dialetos em palavras como alumínio.[1]

O símbolo IPA deriva de ⟨n⟩ e ⟨j⟩, ⟨n⟩ para nasalidade e ⟨j⟩ denotando palatal.[2] Nas ortografias francesa e italiana, o som é representado pelo dígrafo ⟨gn⟩. Em espanhol e em línguas cujos sistemas de escrita são influenciados pela ortografia espanhola, é representada pela letra ⟨ñ⟩, denominada eñe ("enye"). O occitano usa o dígrafo ⟨nh⟩, a fonte do mesmo dígrafo português chamado ene-agá, usado posteriormente por línguas cujos sistemas de escrita são influenciados pela ortografia portuguesa, como o vietnamita. Em catalão, húngaro e em muitas línguas africanas, como suaíli ou dinka, o dígrafo ⟨ny⟩ é usado.[1]

O nasal alvéolo-palatal sonoro é um tipo de som consonantal, utilizado em algumas línguas orais. Não há nenhum símbolo dedicado no Alfabeto Fonético Internacional que represente este som. Se mais precisão for desejada, ela pode ser transcrita ⟨n̠ʲ⟩ ou ⟨ɲ̟⟩; estes são essencialmente equivalentes, uma vez que o contato inclui a lâmina e o corpo (mas não a ponta) da língua. Existe uma letra ⟨ȵ⟩ não-IPA (⟨n⟩, mais a curva encontrada nos símbolos das fricativas sibilantes alvéolo-palatais ⟨ɕ, ʑ⟩), usada especialmente em círculos Sinológicos.[1]

O alvéolo-palatal nasal é comumente descrito como palatal; muitas vezes não está claro se uma língua tem um verdadeiro palatal ou não. Muitas línguas afirmavam ter um nasal palatino, como o português, na verdade possuem um nasal alvéolo-palatal. Isso provavelmente é verdade para vários dos idiomas listados aqui. Alguns dialetos do irlandês, bem como alguns dialetos não padrão do Malayalam, são relatados para contrastar nasais alvéolo-palatinas e palatinas.[3][4]

Também existe uma nasal pós-palatal (também chamada de pré-velar, velar frontal, etc.) em algumas línguas. Nasais palatais são mais comuns do que as plosivas palatinas [c, ɟ].[5]

CaracterísticasEditar

  • Sua forma de articulação é oclusiva, ou seja, produzida pela obstrução do fluxo de ar no trato vocal.[1]
  • Como a consoante também é nasal, o fluxo de ar bloqueado é redirecionado pelo nariz.[1]
  • Seu local de articulação é palatino, o que significa que é articulado com a parte média ou posterior da língua elevada ao palato duro.[1]
  • Sua fonação é sonora, o que significa que as cordas vocais vibram durante a articulação.[1]
  • É uma consoante nasal, o que significa que o ar pode escapar pelo nariz, exclusivamente (plosivas nasais) ou adicionalmente pela boca.
  • É uma consoante central, o que significa que é produzida direcionando o fluxo de ar ao longo do centro da língua, em vez de para os lados.[1]
  • O mecanismo da corrente de ar é pulmonar, o que significa que é articulado empurrando o ar apenas com os pulmões e o diafragma, como na maioria dos sons.[1]

OcorrênciaEditar

Palatal ou alvéolo-palatalEditar

Língua Palavra AFI Significado
!Kung [exemplo necessário]
Albanês një [ɲə] Um
Aranda [exemplo necessário]
Basco andereño [än̪d̪e̞ɾe̞ɲo̞] Professora
Bengali অঞ্চল [ɔɲtʃɔl] Área
Birmanês ညာ [ɲà] Direito
Catalão any [ˈaɲ̟] Ano
Chinês Mandarim 女人 / nǚ rén [ȵy˩ ɻən˨˧] Mulher
Sichuanês [ȵy˥˧ zən˨˩]
Dialeto Wu/Shanghai 女人 / gniugnin [ȵy˩˧ȵiŋ˥˨]
Tcheco ň [kuːɲ] Cavalo
Dinka nyɔt [ɲɔt] Bastante
Holandês oranje [oˈrɑɲə] Laranja
Francês hargneux [arɲø] Beligerante
Galício viño [ˈbiɲo] Vinho
Grego πρωτοχρονιά / prōtochroniá [pro̞to̞xro̞ˈɲ̟ɐ] Dia de Ano Novo
Húngaro anya [ˈɒɲɒ] Mãe
Italiano Padrão bagno [ˈbäɲːo] Banho
Dialeto romanesco niente [ˈɲːɛn̪t̪e] Nada
Irlandês inné [əˈn̠ʲeː] Ontem
Japonês 庭 / niwa [ɲ̟iɰᵝa̠] Jardim
Khasi bse [bsɛɲ] Cobra
Coreano 저녁 / jeonyeok [t͡ɕʌɲʌk̚] Noite
Curdo Inferior یانزه [jäːɲzˠa] Onze
Latvian mākoņains [maːkuɔɲains] Nublado
Macedônio чешање [ˈt͡ʃɛʃaɲɛ] Coceira
Malagasy [exemplo necessário]
Malay banyak [bäɲäʔˈ] Um monte
Malayalam ഞാന് [ɲäːn] Eu
Mapudungun ñachi [ɲɜˈt͡ʃɪ] Sangue temperado
Frísio superior Mooring fliinj [ˈfliːɲ] Voar
Norwegian Superior mann [mɑɲː] Homem
Inferior
Occitano Superior Polonha [puˈluɲo̞] Polônia
Inferior
Gascon banh [baɲ] Banho
Polonês koń [kɔɲ̟] (help·info) Cavalo
Português Muitos dialetos nia [ˈsõ̞n̠ʲɐ] Sônia
Europeu arranhar [ɐʁɐ̃ˈn̠ʲaɾ] Arranhar
Quéchua ñuqa [ˈɲɔqɑ] Eu
Romeno Dialeto transilvaniano câine [ˈkɨɲe̞] Cachorro
Gaélico escocês seinn [ʃeiɲ̟] Cantar
Sérvio-Croata њој / njoj [ɲ̟ȏ̞j] À ela
Eslovaco pečeň [ˈpɛ̝t͡ʃɛ̝ɲ̟] Fígado
Espanhol español [e̞späˈɲol] Espanhol
Swahili nyama [ɲɑmɑ] Carne
Tamil ஞாயிறு [ɲaːjiru] Domingo
Tyap nyam [ɲam] Animal
Ukrainian тінь [t̪ʲin̠ʲ] Sombra
Vietnamita nhà [ɲâː] Casa
Frísio ocidental njonken [ˈɲoŋkən] Próxima a
Yi ꑌ / nyi [n̠ʲi˧] Sentar
Zulu inyoni [iɲ̟óːni] Pássaro

Pós-palatalEditar

Língua Palavra AFI Significado
Alemão Padrão ngig [ˈɡ̟ɛŋ̟ɪç] Comum
Lituano men [ˈmʲæŋ̟k̟eː] Bacalhau
Mapudungun dañe [ˈθɐɲe̞] Ninho
Polonês węgiel [ˈvɛŋ̟ɡ̟ɛl] Carvão
Romeno anchetă [äŋ̟ˈk̟e̞t̪ə] Investigação
Turco renk [ˈɾeɲc] Cor
Usbeque ming [miŋ̟] Mil
Vietnamita nhạc [ɲa̰ːʔk˨˩] Música
Yanyuwa [l̪uwaŋ̟u] Tira de gordura de tartaruga

ReferênciasEditar

  1. a b c d e f g h i Maddieson; Peter, Ian; Peter (1996). The Sounds of World's Languages. [S.l.: s.n.] 
  2. Heselwood. [S.l.: s.n.] 2013. p. 113 
  3. Ní Chasaide. [S.l.: s.n.] 1999 
  4. Ladefoged & Maddieson. [S.l.: s.n.] 1996. p. 33 
  5. Ladefoged. [S.l.: s.n.] 2005. p. 163