Abrir menu principal

O 1.º governo do Miguelismo, nomeado a 26 de fevereiro de 1828 e exonerado a 1 de julho de 1831, foi presidido pelo duque de Cadaval, na qualidade de Ministro Assistente ao Despacho, sendo o executivo encabeçado por D. Miguel I de Portugal.

Governos do Miguelismo
(Monarquia Absoluta)

Coat of Arms of the Kingdom of Portugal (1640-1910).png

A sua constituição era a seguinte:[1]

Cargo Detentor Período
Ministro Assistente ao Despacho Duque de Cadaval 26 de fevereiro de 1828 a 1 de julho de 1831
Secretário de Estado dos
Negócios do Reino
Conde de Basto 26 de fevereiro de 1828 a 1 de julho de 1831
Secretário de Estado dos
Negócios da Marinha e Domínios Ultramarinos
Conde de Basto 26 de fevereiro de 1828 a 1 de julho de 1831
Secretário de Estado dos
Negócios da Justiça
Luís de Paula Furtado de Castro do Rio de Mendonça 26 de fevereiro de 1828 a 11 de abril de 1829
João de Matos Vasconcelos Barbosa de Magalhães 11 de abril de 1829 a 1 de julho de 1831
Secretário de Estado dos
Negócios da Fazenda
Conde da Lousã 26 de fevereiro de 1828 a 1 de julho de 1831
Secretário de Estado dos
Negócios da Guerra
Conde de Vila Real 26 de fevereiro de 1828 a 3 de maio de 1828
Conde do Rio Pardo 3 de maio de 1828 a 20 de fevereiro de 1829
Conde de São Lourenço 20 de fevereiro de 1829 a 1 de Julho de 1831
Secretário de Estado dos
Negócios Estrangeiros
Conde de Vila Real 26 de fevereiro de 1828 a 13 de março de 1828 (1)
Visconde de Santarém 13 de março de 1828 a 1 de julho de 1831 (1)

(1) Decretos de 13 de Março de 1828, reproduzidos em Correspondência do 2º Visconde de Santarém, vol. I, 1918, p. 29.

GaleriaEditar

Referências

  1. Maltez, José Adelino. «Governo miguelista Cadaval/ Basto (1828-1834)». Politipédia — Repertório Português de Ciência Política. Observatório Político. Consultado em 7 de dezembro de 2015 

O site para o qual este artigo remete, juntamente com os demais dois referentes aos governos de D. Miguel, carece de fontes bibliográficas e está pejado de erros de datação. É um lapso afirmar que existiram governos chefiados pelo conde de Basto ou por António José Guião, quando a titularidade do ministério dos Negócios do Reino não concedia inerência à presidência do conselho de ministros/ministro assistente ao despacho, cargo que só foi ocupado entre 1828 e 1831 com o duque de Cadaval. Acoplar estas três entradas à página do Visconde de Santarém empobrece o trabalho meritório que vários colaboradores da Wikipédia têm realizado para o melhorar. Há que rever os critérios editoriais e citar fontes disponíveis que fundamentem ou contradigam os factos e as datas apontadas, como é apanágio da história científica e de um repositório de conhecimento como o que constitui a Wikipédia portuguesa.Consulte-se, por exemplo, de Daniel Estudante Protásio, o texto «Governo ou Governos de D. Miguel: hipóteses de trabalho e estado da arte», com citação de fontes, em https://www.academia.edu/28445360/Governo_e_governos_sob_D._Miguel_1828-1834_.pdf.

  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.