Abrir menu principal

23.ª Brigada de Infantaria de Selva

23.ª Brigada de Infantaria de Selva
23bdifsl.png
Estado Pará Pará
Subordinação Comando Militar do Norte
Sigla 23.ª Bda Inf Sl
Criação 1976
Comando
Comandante Gen Bda Carlos Henrique Teche[1]
Sede
Endereço Folha 23, Quadra Especial


A 23.ª Brigada de Infantaria de Selva (23ª Bda Inf Sl), é uma das Brigadas do Exército Brasileiro. Sua sede localiza-se em Marabá, no Pará. Formada por militares da região e transferidos, são profissionais especialistas em guerra na selva, faz parte da elite do Exército Brasileiro, sendo a maior e mais poderosa brigada da Amazônia[2]. É enquadrada pelo Comando Militar do Norte, com sede em Belém. Possui a denominação histórica Brigada Marechal Soares de Andrea.

É uma Grande Unidade dotada de elevado poder de fogo em função de suas quatro peças de armas de manobra (Batalhões de Infantaria de Selva) de subunidades de outras armas de manobra (Esquadrão de Cavalaria de Selva), de armas de apoio (Grupo de Artilharia de Campanha de Selva e Companhia de Comunicações de Selva) e de serviços (Batalhão Logístico de Selva). Concentra em Marabá 7 de suas 11 organizações militares orgânicas.

HistóricoEditar

A 23.ª Bda Inf Sl foi criada em 9 de junho de 1976, visando a atender às necessidades de segurança e integração na Amazônia Brasileira. Durante onze anos, funcionou em dependências do 52.º Batalhão de Infantaria de Selva (52.º BIS), na rodovia Transamazônica, passando a ocupar, em 1987, as atuais instalações no centro da cidade de Marabá.

Até 2004, a Brigada esteve diretamente subordinada ao Comando Militar da Amazônia (CMA), em Manaus, e vinculada, para fins administrativos, à 8.ª Região Militar (8.ª RM), em Belém. Devido ao Plano de Estruturação do Exército, no dia 19 de agosto de 2004, em formatura realizada em Marabá, a 23.ª Bda Inf Sl passou a subordinar-se à antiga 8.ª Região Militar e 8.ª Divisão de Exército (atualmente 8.ª Região Militar). Desde a criação do Comando Militar do Norte (CMN), esta passou a ser sua subordinante.

Organizações militares subordinadasEditar

  • Comando 23.ª Brigada de Infantaria de Selva - Marabá[3]
    • Companhia de Comando da 23ª Brigada de Infantaria de Selva em Marabá
    • 50.º Batalhão de Infantaria de Selva em Imperatriz
    • 51.º Batalhão de Infantaria de Selva em Altamira
    • 52.º Batalhão de Infantaria de Selva em Marabá
    • 53.º Batalhão de Infantaria de Selva em Itaituba
    • 23.º Esquadrão de Cavalaria de Selva em Tucuruí
    • 1.º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva em Marabá
    • 23.º Batalhão Logístico de Selva em Marabá
    • 23.ª Companhia de Comunicações de Selva em Marabá
    • 33.º Pelotão de Polícia do Exército em Marabá
    • Hospital de Guarnição de Marabá

Com organização desse porte, a Grande Unidade é considerada a mais completa Brigada de Selva da América Latina.[2][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «INFORMEX No. 005, de 21 de fevereiro de 2019». www.eb.mil.br. Consultado em 5 de junho de 2019 
  2. a b Quartéis Arquivado em 14 de fevereiro de 2014, no Wayback Machine. - Sítio da 23ª Bda Inf Sl
  3. Organizações Militares Arquivado em 14 de fevereiro de 2014, no Wayback Machine. - Sítio da 23ª Bda Inf Sl
  4. TOA: Operação Tucuruí - Defesa Net

Ligação externaEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 23.ª Brigada de Infantaria de Selva