Abrir menu principal

3.º governo do Miguelismo

O 3.º governo do Miguelismo, nomeado a 22 de setembro de 1833 e exonerado a 26 de maio de 1834 na sequência da Concessão de Evoramonte, não teve presidente, dada a extinção da função de Ministro Assistente ao Despacho a 1 de Julho de 1831, sendo o executivo encabeçado por D. Miguel I de Portugal.

Governos do Miguelismo
(Monarquia Absoluta)

Coat of Arms of the Kingdom of Portugal (1640-1910).png

A sua constituição era a seguinte:[1]

Cargo Detentor Período
Ministro Assistente ao Despacho Extinto/sem titular 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834
Secretário de Estado dos
Negócios do Reino
António José Guião 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834
Secretário de Estado dos
Negócios da Marinha e Domínios Ultramarinos
António José Guião 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834
Secretário de Estado dos
Negócios da Justiça
Conde de Barbacena 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834
Secretário de Estado dos
Negócios da Fazenda
Conde da Lousã 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834
Secretário de Estado dos
Negócios da Guerra
Louis Auguste Victor de Ghaisne de Bourmont (interino) 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834
Secretário de Estado dos
Negócios Estrangeiros
Visconde de Santarém 22 de setembro de 1833 a 26 de maio de 1834

GaleriaEditar

Referências

  1. Maltez, José Adelino. «Governo miguelista Cadaval/ Basto (1828-1834)». Politipédia — Repertório Português de Ciência Política. Observatório Político. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.