Abrir menu principal

62º Exército da União Soviética

O 62º Exército da União Soviética (russo: 62-я армия) foi um exército de campo formado pelo Exército Vermelho da ex-União Soviética, durante a Segunda Guerra Mundial.

Formado como 7º Exército da Reserva, parte da reserva da Stavka - comando militar supremo da URSS - em maio de 1942, a formação militar foi designada como 62º Exército de Rifles no mês seguinte. Após o épico desempenho em combate que teve na Batalha de Stalingrado, entre 1942 e 1943, ele recebeu a Ordem de Lenin e o status de 'da Guarda' - unidade militar de elite - e renomeado como 8º Exército da Guarda, em abril de 1943.

Em setembro de 1942, quando entrou em combate em Stalingrado, o 62º Exército era composto por 11 divisões e 7 brigadas de rifles (infantaria), um corpo e um brigada blindada de tanques (cavalaria) e doze regimentos de artilharia e morteiros. Ao fim da batalha, muitas de suas formações haviam sido praticamente destruídas ou limitadas a apenas algumas centenas de homens.[1]

Durante a Batalha de Stalingrado e até ser renomeado como 8º Exército da Guarda, o 62º foi comandado pelo general Vassili Chuikov, que, depois da guerra, promovido a Marechal da União Soviética, viria a ser sepultado na cidade que defendeu e libertou da invasão das tropas do Terceiro Reich.

Referências

  1. John Erickson, The Road to Stalingrad, Cassel Military Paperbacks, edição 2003, p.385, 403

BibliografiaEditar

  • Born, Keith E. (ed.) Slaughterhouse. Bedford: Aberjona Press, 2005. ISBN 0-9717650-9-X.(em inglês)
  • Glantz, David M. Companion to Colossus Reborn. Lawrence: University Press of Kansas, 2005. ISBN 0-7006-1359-5. (em inglês)
  • Poirier, Robert G., and Conner, Albert Z. The Red Army Order of Battle in the Great Patriotic War. Novato: Presidio Press, 1985. ISBN 0-89141-237-9. (em inglês)