Abrir menu principal

A carreira 702 da Carris, transportadora coletiva municipal de Lisboa, Portugal, é simbolizada com a cor laranja e é uma carreira secundária na rede de transportes públicos da cidade de Lisboa. Tem os seus terminais no Marquês de Pombal e no Alto da Serafina, passando por Campolide.

702 Marquês de Pombal ⇄ Serafina
Principais destinos
Urban head station
Marquês de PombalMetroLisboa-linha-azul.png MetroLisboa-linha-amarela.png Logo vmc.png
Urban stop on track
Campolide
Urban stop on track
Estação de CampolideLogo CP 2.svg Logo vmc.png
Urban End station
Serafina

Teve o seu início no dia 5 de Janeiro de 2008, integrada na segunda fase da rede 7 que preconizou a reestruturação da rede na zona central da cidade. Nessa data a carreira 702 fazia a ligação entre o Marquês de Pombal e a Serafina, facto que motivou protestos por parte dos utentes e da Junta de Freguesia de Campolide pelo fim da ligação directa da freguesia para a Baixa de Lisboa. A perda dessa ligação, proporcionada por uma carreira suprimida durante o processo de reformulação da rede, aconteceu ainda com o túnel do Rossio da linha de Sintra encerrado o que dificultava o acesso à Baixa de Lisboa [1]. A Carris acedeu aos protestos dos seus clientes e prolongou a carreira 702 até aos Restauradores alguns meses depois.

Em Junho de 2010, dias antes da entrada em vigor da terceira fase da rede 7, a carreira 702 é prolongada à Igreja da Serafina em substituição de uma carreira entretanto descontinuada e tirando partido da utilização de carros de tipologia média que permitem o acesso aos arruamentos em questão.

A 5 de Março de 2011, "no âmbito do processo dinâmico de ajustamentos da oferta à procura (...) num ano de grande contenção financeira" [2], a carreira 702 volta a ter o seu terminal no Marquês de Pombal ao longo de todo o seu período de funcionamento. No mesmo dia, esta carreira incorpora duas ligações, à primeira hora da manhã, até à estação de Campolide para estabelecer ligação com a carreira 713, que por sua vez liga à carreira 773, recriando as ligações da antiga carreira 13.

CaracterísticasEditar

EstaçãoEditar

Pontinha

Material circulanteEditar

  • Mercedes-Benz 616CDI (série 201-240) Atomic
  • MAN 14-240 (série 2941-2960) Atomic Polis
  • Mercedes-Benz O405N2 (série 4001-4110) Camo

TipologiaEditar

Apesar de ter um percurso praticamente linear, esta carreira é classificada como secundária tendo em conta o seu contributo na vertebração da freguesia de Campolide, ligando a esmagadora maioria dos seus pontos à estação de Campolide. Permite ainda a sua ligação ao resto da rede da Carris e à rede do metropolitano. Funciona diariamente entre as 05:00 e as 01:00, aproximadamente.

PercursoEditar

Sentido SerafinaEditar

Marquês de PombalCampolideEstação de CampolideSerafina

Para este sentido, consulte o percurso da carreira 702 no Google Maps.

No Marquês de Pombal, o 702 liga a um dos terminais da Vimeca, com ligações para os concelhos de Oeiras, Amadora e Sintra e permite enlaces com outras carreiras da Carris, com duas linhas do Metropolitano de Lisboa e uma carreira dos TST. Em seguida, o autocarro sobe a Rua Joaquim António de Aguiar até entrar na Rua de Artilharia Um e percorrendo-a até chegar a Campolide. A localização desta paragem, junto do Largo de Campolide, permite a ligação com outras carreiras da Carris com destino a distintas zonas da cidade.

A partir de Campolide, o trajecto até à estação passa a ser efectuado pelas estreitas ruas desta freguesia, especialmente da Calçada dos Mestres sobranceiro ao vale de Alcântara. A partir deste bairro, o autocarro desce até alcançar o vale de Alcântara onde se encontra localizada a estação de Campolide. Entrando no interface localizado entre o conjunto de linhas que compõem a estação, o autocarro permite a ligação às carreiras 713 e 751 da Carris, bem como aos serviços ferroviários da CP (para as linhas de Sintra, Cintura e Norte) e da Fertagus (para a linha do Sul).

Após servir o bairro da Liberdade, o autocarro sobe para o Alto da Serafina, terminando junto à igreja.

Sentido: Serafina
código paragem ligação   ligação ML ligação   outras ligações
01221 MARQUÊS DE POMBAL 91 207 711 712 720 723

727 732 736 738 744 746 748 753 783

      TST
01209 Marquês de Pombal (Rua Joaquim António de Aguiar) 91 207 711 712 720 723

727 732 736 738 744 746 748 753 783

      TST
06127 Rua da Artilharia Um 712
06103 Rua da Artilharia Um (Rua Dom Francisco M. Melo) 712
06105 Campolide 202 701 712 713 742 758
06107 Calçada dos Mestres
06109 Bairro de Campolide
06111 Calçada dos Mestres (Rua 10) 756
06132 Calçada dos Mestres (Rua 12)
02701 Estação de Campolide 713 751 756 Sintra

Azambuja

  TST, Fertagus
02705 Bairro da Liberdade
02707 Bairro da Liberdade (Rua B)
02724 Serafina 770
02722 SERAFINA - IGREJA 770

Sentido Marquês de PombalEditar

SerafinaEstação de CampolideCampolideMarquês de Pombal

Para este sentido, consulte o percurso da carreira 702 no Google Maps.

Saindo da igreja da Serafina, o autocarro percorre parte deste bairro até alcançar o bairro da Liberdade até à estação de Campolide, onde estabelece ligação com a CP - com serviços para as linhas de Sintra, Cintura e Norte - e com a Fertagus com serviços para a linha do Sul. Além dos serviços ferroviários, na estação de Campolide, o autocarro ainda permite a correspondência com as carreiras 713 e 751 que se destinam a Alcântara, ponto a partir do qual divergem ora para a Lapa ora para a zona Ocidental da cidade, respectivamente.

Após a estação, o autocarro começa a subir pelo interior do bairro da Calçada dos Mestres, situado na encosta Nascente do vale de Alcântara, servindo ainda o interior do bairro de Campolide até chegar próximo do largo de Campolide, estabelecendo correspondência com outras carreiras da Carris e servindo a zona central desta freguesia.

Daí para o Marquês de Pombal, o autocarro passa pela Rua de Artilharia Um para entrar na Rua Joaquim António de Aguiar descendo-a até ao Marquês de Pombal, onde se estabelece ligação com outras carreiras da Carris e com duas linhas do Metropolitano de Lisboa, permitindo alcançar várias zonas da cidade.

Sentido: Marquês de Pombal
código paragem ligação  [3] ligação ML ligação   outras ligações
02722 SERAFINA - IGREJA 770
02709 Rua Padre Domingos Santos 770
02708 Bairro da Liberdade (Rua B)
027063 Bairro da Liberdade
02704 Estação de Campolide 713 751 756 Sintra

Azambuja

  TST, Fertagus
08606 Calçada dos Sete Moinhos
06112 Calçada dos Mestres (Rua 5)
06110 Bairro de Campolide
06108 Calçada dos Mestres
06101 Campolide 202 701 712 713 742 758
06128 Rua da Artilharia Um 712
01224 Rua Joaquim António de Aguiar 711 712 723 748 753 783   TST [4]
01215 Marquês de Pombal (Rua Joaquim António de Aguiar) 91 207 711 712 720 723

727 732 736 738 744 746 748 753 783

      TST
01221 MARQUÊS DE POMBAL 91 207 711 712 720 723

727 732 736 738 744 746 748 753 783

      TST

Equipamentos servidosEditar

Equipamentos da cidade de Lisboa servidos pela carreira 702
Designação Paragem mais próxima
Serafina - Igreja
Estação de Campolide
Calçada dos Mestres
Marquês de Pombal (Rua Joaquim António de Aguiar)
Marquês de Pombal (Terminal)

HorárioEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Junta de Freguesia de Campolide congratula-se com o prolongamento da carreira 702 à Baixa de Lisboa.
  2. Ajustamentos da Rede CARRIS 2011. Portal CARRIS. Acedido a 4 de Março de 2011.
  3. As ligações com outras carreiras da Carris consideram todas as carreiras que fazem a mesma paragem desta carreira e, também, as que param nas proximidades em paragens contíguas.
  4. Rua Joaquim António de Aguiar - Ligação a Vimeca, na paragem situada do lado oposto.
  5. Ficheiros do portal da Carris
  •   - Ligação ao Metropolitano de Lisboa, linha da Gaivota
  •   - Ligação ao Metropolitano de Lisboa, linha do Girassol
  •   - Ligação a carreiras do grupo Vimeca (Vimeca e/ou Lisboa Transportes)