7 Faces of Dr. Lao

filme de 1964 dirigido por George Pal
7 Faces of Dr. Lao
As 7 Faces do Dr. Lao[1][2] (BRA)
 Estados Unidos
1964 •  cor •  100 min 
Direção George Pal
Roteiro Charles Beaumont
Baseado em The Circus of Dr. Lao
de Charles G. Finney
Elenco Tony Randall
Barbara Eden
Gênero aventura
fantasia
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

7 Faces of Dr. Lao (br As 7 Faces do Dr. Lao) é um filme norte-americano de 1964, dos gêneros "Aventura" e "Fantasia", dirigido por George Pal. O roteiro de Charles Beaumont adaptou o romance de fantasia de 1935 O Circo do Dr. Lao, de Charles G. Finney. A história narra a visita de um circo mágico a uma pequena cidade no sudoeste dos Estados Unidos, chamada Abalone, e os seus inebriantes efeitos que envolvem sua população.[3][4]

ElencoEditar

  • Tony Randall…vários personagens:
    • Dr. Lao, o visitante chinês
    • Abominável Homem das Neves
    • Mago Merlin
    • Apollonius de Tyana
    • Serpente gigante
    • Medusa
    • Membro da assistência
  • Arthur O'Connell…Clint Stark, o magnata
  • Barbara Eden…Angela Benedict, a bibliotecária viúva
  • John Ericson…Ed Cunningham, o editor
  • Kevin Tate…Mike Benedict, o órfão
  • Noah Beery, Jr…Sam
  • Eddie Little Sky…George G. George, o índio
  • Royal Dano…Casey

SinopseEditar

No começo do século 20, um misterioso homem chinês chega montado num burro em Abalone, no Arizona. De posse de um único elemento visível, um pequeno e esférico aquário ocupado por um peixe exótico. Este visitante mágico, Dr. Lao (interpretado por Tony Randall), adentra-se ao estabelecimento do editor Edward Cunningham (John Ericson), dono do jornal local, o Abalon Diary Star, e coloca um grande anúncio sobre o seu circo, que irá exibir-se na cidade por duas noites apenas.

Apesar de ser calma, Abalone não é um lugar pacífico: um rico fazendeiro Clint Stark (Arthur O’Connell) tem a informação privilegiada de que uma estrada de ferro está chegando à cidade, e planeja comprar o lugar, enquanto a terra é barata. Stark tem uma complicação: a oposição de Cunningham, o qual não se deixa influenciar por suas ações "filantrópicas". O jovem editor é novo na cidade e pretende protegê-la de Stark, e que está também romanticamente a perseguir uma certa bibliotecária da cidade, Angela Benedict (Barbara Eden - atriz mundialmente conhecida pelo seriado Jeannie é um Gênio), uma mulher reprimida, mas adorável ainda lamentando a morte prematura de seu marido, e mãe de seu único filho, que encanta-se com o circo e suas atrações.

Depois de fazer algumas investigações, Cunningham visita o lugar onde o circo foi instalado na periferia e acaba descobrindo a cidade natal de Lao, onde alega ter nascido, e o confronta dizendo que tal lugar desapareceu séculos atrás. Assim, Lao se desvia das perguntas de Cunningham.

Enquanto Lao coloca cartazes pela cidade anunciando o seu circo, ele é auxiliado pelo filho de Angela, o pequeno Mike, que descobre que o andarilho misterioso tem 7.322 anos de idade.

O circo abre as suas portas e toda a população comparece ao evento. Entre os curiosos estão incluídos uma mulher perversa e uma autoabsorvida matrona, que se apega a sua autoimagem de uma beleza jovem. Lao usa suas muitas faces para oferecer sua sabedoria aos visitantes mas apenas alguns deles tomam a atenção. Stark assiste as atrações, como Apolônio de Tiana, o vidente, e uma grande serpente, a qual percebe-se uma certa semelhança…

Mike faz amizade com o patético e cansado Merlin e Angela é despertada de sua repressão emocional pela música envolvente de Pan, um ser da politeísta mitologia grega. A aparição da Medusa se faz descrente a princípio, até que um incidente com a explosiva personagem que é transformada em pedra diante dos olhos de todos. Lao tenta acalmar a todos enquanto Merlin restaura a mulher ao seu estado anterior, mas com renovado espírito.

Enquanto isso, dois capangas de Stark destroem o escritório do pequeno jornal. Cunningham e seu assistente descobrem a invasão e a devastação, acabando por afogar suas mágoas em um bar. Cambaleando, voltam a fim de restaurar o que sobrou, deparam-se com os danos todos sanados por milagre e atribuem a mágica a Lao. Eles correm para uma nova edição às pressas para impressão, que Cunningham entrega pessoalmente para Stark, para ver sua reação.

Mike vista Lao à noite e tenta conseguir um emprego, exibindo seus embaraçados malabarismo e habilidades. Lao, por sua vez oferece alguns conselhos e observações sobre o mundo. Mike não entende e Lao afirma que também não.

Na noite seguinte, Lao apresenta seu "grand finale", uma lanterna mágica mostrando uma cidade mítica de "Woldercan", povoada por sósias da própria cidade de Abalone. É destruída quando sucumbe à tentação personificada por Stark. O show termina em explosões e as trevas, mas assim que as luzes da casa gradualmente voltam, os habitantes se encontram agora em uma reunião da cidade, prontos para votação sobre a proposta de Stark. A maioria rejeita a proposta de Stark, o mesmo que acaba por relatar sobre a estrada de ferro que vem prometendo fortunas para a cidadezinha. E salienta que todos têm uma dívida de gratidão para com Lao. A golpes de tempestade de areia, todos são dispersos.

Angela confessa-se para Ed, finalmente, admitindo que ela está apaixonada por ele. Capangas do Stark, confundidos pela aparente mudança da personalidade do chefe, em uma bebedeira decidem pôr abaixo o circo de Lao. Infelizmente, eles quebram o aquário do mascote do Lao, libertando o peixinho, e os capangas acabam conhecendo a revelação dele como uma serpente do mar. Depois que são perseguidos pelo monstro, os dois bandidos fogem. Então, Mike ajuda Dr. Lao a conjurar uma mágica para a besta.

No final, o circo vai embora, mas Lao deixa para Mike três bolas de madeira. Ele é capaz de manipulá-los habilmente, e a voz do Lao lembra o telespectador o que ele disse a Mike: “O Circo do Dr. Lao é a própria vida, e tudo nele é uma maravilha”.

PremiaçãoEditar

O filme recebeu o Oscar, de forma honorária, pelo trabalho de maquiagem, realizado por William J. Tuttle.[5]

  A Wikipédia tem o

Referências

  1. "As 7 Faces do Dr. Lao" - CinePlayers (Brasil)
  2. As 7 Faces do Dr. Lao (em português) no AdoroCinema
  3. «Crítica | As 7 Faces do Dr. Lao». Plano Crítico. 24 de agosto de 2016 
  4. Marinho, Carla (4 de outubro de 2016). «As Sete faces do doutor Lao (1964) - Cinema Clássico». Cinema Clássico 
  5. Adam Bernstein (3 de agosto de 2007). «William J. Tuttle; Master of Makeup To MGM's Stars» (em inglês). Washington Post. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.