Ação (arma de fogo)

é o tipo de mecanismo de acionamento das armas de fogo

Ação nas armas de fogo é o tipo de ação mecânica responsável pela ativação do sistema de disparo e/ou ciclo de municiamento.[1]

TiposEditar

 
Um revolver Smith and Wesson M&P.

As Armas de fogo dividem-se basicamente em armas de ação simples e ação dupla.[1]

Quando o atirador aciona o gatilho, uma arma de ação dupla necessita fazer o movimento de levantar o cão e com a continuidade do acionamento o mesmo faz movimento contrário que baterá na espoleta provocando o disparo do projétil. Assim, na ação dupla o cão faz dois movimentos, um de recuo e outro de aproximação da espoleta.[1]

A ação simples consiste na metade do movimento. O cão já está na parte mais distante e somente fará o movimento de aproximação até bater na espoleta e efetuar a combustão.[1]

UtilizaçãoEditar

 
Detalhe - Cão em Ação Simples

Os revólveres, na sua maioria, efetuam os dois tipos de ação. Podendo disparar em ação dupla, fazendo todo o movimento do gatilho, ou disparar em ação simples, onde o cão levantado com o dedo fica em posição de acionamento. Nessa posição, um leve toque no gatilho proporciona a liberação do cão e consecutiva detonação.

Já as pistolas, no primeiro disparo, podem efetuar ação dupla ou ação simples. Entretanto, nos disparos consecutivos, uma nova munição é automaticamente encaminhada para o cano da arma que fica acionada, para o disparo seguinte ser efetuado em ação simples. Essa característica as classifica entre as semi-automática

Existem algumas pistolas que só efetuam disparos em ação dupla. Bem como alguns revólveres, que tem cão embutido.

As carabinas funcionam sempre em ação simples. Ao ser posto a munição no cano por ação mecânica do atirador, o cão, que nesse caso é embutido, fica acionado e acumulado energia para bater na espoleta. Um leve toque no gatilho provoca a liberação do cão que detonará o projétil, e nova munição será encaminhada para o cano da arma para novo disparo em ação simples.

 
Detalhe - Cão em Ação Dupla

As metralhadoras e algumas pistolas ainda podem ter tiros intercalados um a um projétil por vez, podem disparar rajadas de três disparos por cada toque no gatilho, ou descarregar toda a munição enquanto o gatilho não for liberado pelo dedo do atirador. Em todos esses casos, o movimento do atirador é efetuado por ação simples, mas a arma, no caso da rajada, fará mais de um movimento completo para cada disparo, aproveitando a liberação dos gases em expansão, tornando-as automáticas.

Outros tipos de AçãoEditar

Dentre os diversos tipos de ação há: "single shot" (tiro único), "multiple-barrel firearm" (arma de fogo de múltiplos canos ("derringer") - ver: gatling), "slide" (deslizamento - ver: blowback), "basculante" (comum em espingardas e armas de tiro único),[2] "pump action" (ação de bombeamento) comum em escopetas,[3] "lever action" (ação de alavanca),[4] "bolt action" (ação de ferrolho),[5] ação semiautomática[6] e automática.

  • Ação de alavanca (Lever-action)
  • Ação de bloco pivotante (Rolling block)
  • Ação de bloco cadente (Falling block action)
  • Ação de bloco descente (Tilting block)
  • Ação de Gases de avanço
  • Ação de gases de recuo direto total longo
  • Ação de gases de recuo direto total curto
  • Ação de gases de recuo direto simples retardado (Delayed Blowback)
  • Ação de recuo direto simples retardado (Inércia Retardada - “Delayed Blowback“).
  • Ação de de recuo direto simples (Ou Fecho Por Inércia - “Blowback“).
  • Ação de recuo direto simples (Ou Fecho Por Inércia - “Blowback“).
  • Ação de recuo direto simples RETARDADO A GÁS (“Gas-Delayed Blowback Ou Gas-Retarded Blowback“).
  • Ação de GASES DE AVANÇO (“blow forward”).
  • Ação de recuo DIRETO TOTAL CURTO (“Short Recoil“).
  • Ação de recuo LONGO (“Long Recoil”).
  • Ação de recuo INDIRETO DE GAS (“Gas Operation“).
  • OPERAÇÃO POR INÉRCIA (“Inertia Operation”).

Ação MartiniEditar

 Ver artigo principal: Ferrolho basculante

Existe um tipo específico de ação de ferrolho que inclui o movimento de báscula, ou "pivotante". Nesse tipo de ação, o bloco da culatra é articulado em um pino montado na parte traseira; quando a alavanca é acionada, o bloco se inclina para baixo e para frente, expondo a câmara.[7] Os projetos de ferrolho basculante mais conhecidos são: o "Peabody" (1862), o "Peabody–Martini" (1871)[7] e o "Ballard" (1875).

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d «Sistema de acionamento de armas de fogo». Instituto DEFESA. 5 de julho de 2013. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  2. «Break (or Hinge) Action». Hunter Ed. Consultado em 2 de novembro de 2020 
  3. «Pump Action». Hunter Ed. Consultado em 2 de novembro de 2020 
  4. «Lever Action». Hunter Ed. Consultado em 2 de novembro de 2020 
  5. «Bolt Action». Hunter Ed. Consultado em 2 de novembro de 2020 
  6. «Semi-Automatic (or Autoloading) Action». Hunter Ed. Consultado em 2 de novembro de 2020 
  7. a b «The Martini-Henry Action». U.K. Historic Arms Resource Centre. Consultado em 2 de novembro de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ação (arma de fogo)
  Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.