Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde abril de 2010).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Villares Metals S.A foi fundada em 1944 em São Caetano do Sul pelo engenheiro Luiz Dumont Villares (chamando-se então Aços Villares), a Villares Metals liderou o mercado de aços especiais de alta liga na América Latina. Foi o maior fornecedor da região de aços ferramenta, aço rápido, barras para aço inoxidável, ligas especiais e peças forjadas de grande porte e também um dos dois principais fornecedores do mundo para aço válvula.

Índice

HistóriaEditar

 
Vista interna das Indústrias Villares.

A empresa integrou o Grupo Villares, fundado em 1918, que também incluía, entre outras empresas, as Indústrias Villares - fabricante de elevadores, escadas rolantes e motores elétricos; a Equipamentos Villares, que fabricava equipamentos industriais; a Villares Indústrias de Base (VIBASA), inaugurada em 1980 em Pindamonhangaba, maior fabricante de aços especiais não planos do Hemisfério Sul;[1][nota 1] e a Eletrocontroles Villares, que fabricava componentes eletrônicos.

Entre o fim dos anos 90 e o início dos anos 2000 o Grupo Villares tinha sido totalmente desmembrado, restando apenas suas divisões de Elevadores e Aços. A divisão de Elevadores e Escadas Rolantes foi separada e passou a se chamar Elevadores Atlas S.A., sendo logo depois comprada pelo grupo Schindler, passando a denominar-se Elevadores Atlas Schindler. E Aços Villares foi adquirida por um grupo multinacional, mantendo seu nome inicialmente e depois passando a ter a denominação atual, Villares Metals.

Em 2007, a receita líquida da Villares Metals atingiu 538 milhões de dólares. As exportações totalizaram 199 milhões de dólares. Em volume, 40% das vendas tiveram como destino o mercado externo e 60% o mercado interno.

No que refere às exportações da Villares Metals, o principal mercado foi o Nafta, para onde foram destinados aproximadamente 34% das vendas. A Europa respondeu por cerca de 42%, América Latina e Mercosul por 20% e o restante para a Ásia e outros países.

Em 2007, a Villares Metals, produziu 84 712 toneladas de produtos acabados, um aumento de 7% sobre o ano anterior, número que confirma novo recorde de produção de produtos acabados, pelo quarto ano consecutivo desde 2004, ano em que a empresa foi adquirida pelo Grupo Böhler-Uddeholm.

Em 2007 a Villares Metals obteve a certificação ISO 14001. Também encerrou as atividades em Sorocaba, centralizando toda a sua produção na planta de Sumaré.

Luis Inácio Lula da SilvaEditar

 
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Foi na Equipamentos Villares, em São Bernardo do Campo, que trabalhou como contramestre júnior de 21 de janeiro de 1966 a 30 de abril de 1981, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Ingressou a partir de 1966 no movimento sindical, através do seu irmão "Frei Chico".[2]

Referências

Notas

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.