ART Grand Prix é uma equipe de automobilismo francesa que participa atualmente dos Campeonatos de Fórmula 2 e Fórmula 3 da FIA. Em 2012, a equipe competiu na GP2 Series e GP3 Series como Lotus GP para refletir o patrocínio da fabricante britânica de carros esportivos e de corrida Lotus.[6] A equipe competiu como Lotus ART em 2011.

ART Grand Prix
ART Grand Prix
Informações gerais
Base Villeneuve-La-Guyard, Yonne, França
Categoria(s) Fórmula 2
Fórmula 3
Fórmula Regional Europeia
F1 Academy
GT World Challenge Europe Endurance Cup
Categoria(s) anterior(es) GP2 Series
DTM
Fórmula Renault 2.0 Francesa
Fórmula 3 Francesa
Fórmula 3 Euro Series
GP2 Asia Series
Eurocopa de Fórmula Renault 2.0
FFSA GT Championship
GT4 European Series
European Le Mans Series
Blancpain Endurance Series
Copa da Europa do Norte de Fórmula Renault 2.0
GP3 Series
Site www.art-grandprix.com
Pilotos Fórmula 2
5. França Théo Pourchaire[1]
6. França Victor Martins[2]
Fórmula 3
7. Estados Unidos Kaylen Frederick[3]
8. Suíça Grégoire Saucy[4]
9. Bulgária Nikola Tsolov[5]
Motor Mecachrome
Chassis Dallara
Pneu Pirelli
Fórmula 2
Estreia 2017
Corridas concluídas 145
Campeã de equipes 1 (2023)
Campeã de pilotos 3 (2018, 2019 e 2023)
Vitórias 22
Pódios 31
Pontos 1.521
Pole Positions 14
Volta mais rápida 19
Posição no último campeonato (2022) 3° (281 pontos)
Fórmula 3
Estreia 2019
Corridas concluídas 72
Campeã de equipes 0
Campeã de pilotos 1 (2022)
Vitórias 8
Pódios 30
Pontos 889
Pole Positions 5
Volta mais rápida 6
Posição no último campeonato (2022) 3° (208 pontos)

História

editar

A ART Grand Prix foi criado em 2005 como um projeto colaborativo entre Frédéric Vasseur, diretor da ASM Formule 3, e Nicolas Todt, filho do então chefe da equipe da Ferrari e, posteriormente, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt. Vasseur queria expandir sua equipe vencedora do campeonato de Fórmula 3 para a recém-criada GP2 Series, enquanto Nicolas Todt havia manifestado interesse em gerenciamento de equipe. Ele se envolveu com o automobilismo como gerente de pilotos e se destacou por representar Felipe Massa. Todt assumiu os interesses comerciais e promocionais da nova equipe, enquanto Vasseur gerenciava o dia a dia da operação. A ART é baseado nas oficinas da ASM em Villeneuve-la-Guyard no departamento de Yonne, França. Todt vendeu suas ações em dezembro de 2018.

Na temporada inaugural da GP2 Series a equipe teve como pilotos Nico Rosberg e Alexandre Prémat que terminaram como primeiro e quarto lugar respectivamente da temporada, conseguindo um total de sete vitórias para a equipe.

Na temporada 2006 contaram com Lewis Hamilton e Prémat novamente na equipe. Conquistou o bicampeonato, com o título de Hamilton.

Para a temporada 2007 a equipe contrata o alemão Michael Ammermüller e o brasileiro Lucas Di Grassi.

Títulos

editar
Campeonatos de equipes
Campeonatos de pilotos

Referências

  1. Wood, Ida (19 de janeiro de 2023). «Pourchaire renova com ART e garante fazer "tudo o que for possível" por título da F2 2023». Grande Prêmio. Consultado em 1 de março de 2023 
  2. Wood, Ida (20 de janeiro de 2023). «Alpine's F3 champion Martins secures budget to graduate to F2». Formula Scout (em inglês). Consultado em 1 de março de 2023 
  3. «Kaylen Frederick completes ART F3 line-up for 2023». ART Grand Prix (em inglês). 20 de dezembro de 2022. Consultado em 1 de março de 2023 
  4. «ART anuncia Frederick e fecha trio da Fórmula 3 para temporada 2023». terra.com.br. Consultado em 1 de março de 2023 
  5. «Nikola Tsolov joins ART Grand Prix for 2023 season». FIAFormula3® - The Official F3® Website (em inglês). Consultado em 1 de março de 2023 
  6. Geoni, Filiberto (10 de janeiro de 2012). «Lotus ART change name to Lotus GP». GP2 Fanatic. Filiberto Geoni. Consultado em 7 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 6 de março de 2014 

Ligações externas

editar


  Este artigo sobre automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.