Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura a categoria de torneios anterior a 2009, veja ATP Masters Series.
Rafael Nadal, 35 títulos
Novak Djokovic, 33 títulos

O ATP Masters 1000[1], chamado de ATP World Tour Masters 1000 entre 2009 e 2017, é uma série de nove torneios de tênis que fazem parte do circuito da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) e que são disputados todos os anos na Europa, na América do Norte e Ásia. Os torneios são obrigatórios para os jogadores mais bem classificados do circuito profissional. O ATP Masters Series começou quando a ATP começou a se encarregar dos circuito profissional masculino em 1990, já foi conhecido como Tennis Masters Series e ATP Masters Series antes de adotar seu nome atual. Todos os torneios da série tinham existido por alguns anos antes que a série Super 9 fosse lançada, e eram considerados como sendo parte dos eventos de maior prestígio do circuito. Os resultados nos torneios do ATP Masters 1000 representam para os tenistas mais pontos na classificação mundial do que os torneios regulares, embora não tantos quanto os quatro torneios do Grand Slam ou do ATP World Tour Finals (antigo Tennis Masters Cup).

Career Golden Masters’ é quando o tenista ganha pelo menos uma vez cada um dos torneios ATP Masters 1000 da atualidade. E coube ao sérvio Novak Djokovic alcançar esse feito pela primeira vez no circuito de simples da ATP. Nas duplas, no entanto, o canadense Daniel Nestor e os irmãos americanos Bob e Mike Bryan já venceram todos os eventos deste porte.

Rafael Nadal é o maior vencedor de Masters 1000 da história, com 35 titulos. Novak Djokovic é o primeiro e único jogador em simples a conquistar o ‘Golden Masters’ (quando o tenista ganha pelo ao menos um título em todos os torneios ATP Masters 1000 da atualidade). Nadal é o único tenista a ganhar pelo menos um torneio ATP Masters 1000 em cada temporada durante dez anos consecutivos (Decade Masters).

Índice

NotasEditar

  1. Golden Masters’ é quando o tenista ganha pelo ao menos um título em todos os torneios ATP Masters 1000 da atualidade. O sérvio Novak Djokovic se tornou o primeiro e único jogador em simples a conquistar esse feito. Já em duplas, os irmãos gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan e o canadense Daniel Nestor são os únicos que já venceram todos os eventos deste porte.
  2. Rafael Nadal e Novak Djokovic são os maiores campeões de torneios ATP Masters 1000 com 35 e 33 titulos, respectivamente. Nadal é o único tenista a ganhar pelo ao menos um torneio ATP Masters 1000 em cada temporada durante dez anos consecutivos (Decade Masters).
  3. O torneio de Hamburgo, que era conhecido como Hamburgo Masters, fez parte dos eventos Masters Series até 2008, pois a partir de 2009 foi retrogradado a um torneio de tipo "500", sendo substituído como evento "1000" pelo Shanghai Masters.
  4. A final do Roma Masters de 2005 entre Rafael Nadal e Guillermo Coria foi a mais longa final da Era Open (desde 1968): 5 h e 14 min, com vitória de Nadal, então com 18 anos de idade. A final de 2006 resultou em um outro clássico, 5 h e 5 min, com vitória de Nadal sobre Federer.
  5. O Madrid Masters tem uma história bastante turbulenta: foi disputado em Estocolmo de 1990 a 1994, Essen em 1995 e Stuttgart de 1996 a 2001, antes de ser disputado na sua localização atual, Madrid, desde 2002. Em 2009, foi movido no calendário ATP para a quinta posição, entre os Masters de Roma e Canadá. Em 2011 foi antecipado para a quarta posição antes do Masters de Roma. Em 2012 utilizou o polêmico saibro azul que foi reprovado pela maioria dos tenistas.
  6. A série é seguida, no final do ano, pelo ATP World Tour Finals (antigo Tennis Masters Cup), disputada somente pelos oito tenistas mais bem classificados no ranking mundial da ATP no final do ano. A localização desse torneio de final de ano varia: a partir de 2009 o torneio passou a ser disputado em Londres.
  7. Em 31 de agosto de 2007 a ATP anunciou as mudanças que aconteceram em 2009. A Masters Series passou a ser chamada de “Masters 1000,” com a adição do número 1000 em referência ao número de pontos ATP atribuídos ao vencedor de cada torneio. Contrariamente a planos anteriores, o número de torneios não foi reduzido de nove para oito, e o Monte Carlo Masters continua fazendo parte da série, embora, diferentemente dos outros eventos da série, ele não tenha participação compulsória.
  8. Em 2011, seis dos nove torneios de nível "1000" foram eventos combinados entre o circuito ATP e o WTA.
  9. Novak Djokovic é o único tenista a vencer 6 Masters na mesma temporada, a ganhar o três primeiros Masters da temporada de forma consecutiva, a fazer 8 finais na mesma temporada e a realizar 11 finais consecutivas de torneios desse porte na história do Ténis.

EventosEditar

2019Editar

Semana Cidade País Nome patrocinado Piso Campeão Campeões
10 / 11 Indian Wells   Estados Unidos BNP Paribas Open duro   Dominic Thiem   Nikola Mektić
  Horacio Zeballos
12 / 13 Miami   Estados Unidos Miami Open duro   Roger Federer   Bob Bryan
  Mike Bryan
16 Monte Carlo   Mónaco Rolex Monte-Carlo Masters saibro / terra-batida   Fabio Fognini   Nikola Mektić
  Franko Škugor
19 Madri   Espanha Mutua Madrid Open saibro / terra-batida   Novak Djokovic   Jean-Julien Rojer
  Horia Tecău
20 Roma   Itália Internazionali BNL d'Italia saibro / terra-batida   Rafael Nadal   Juan Sebastián Cabal
  Robert Farah
32 Montreal   Canadá Coupe Rogers duro   Rafael Nadal   Marcel Granollers
  Horacio Zeballos
33 Cincinnati   Estados Unidos Western & Southern Open duro
41 Xangai   China Rolex Shanghai Masters duro
44 Paris   França Rolex Paris Masters duro (coberto)

2018Editar

2017Editar

2016Editar

2015Editar

2014Editar

2013Editar

2012Editar

2011Editar

2010Editar

2009Editar

Campeões por torneioEditar

De 2009 até hojeEditar

Indian Wells
 
Miami
 
Mt. Carlo
 
Roma1
 
Madrid2
 
Canadá
 
Cincinnati
 
Shanghai
 
Paris
 
2019   Thiem (1/1)   Federer (28/28)   Fognini (1/1)   Nadal (34/35)   Djokovic (33/33)   Nadal (35/35)
2018   Del Potro (1/1)   Isner (1/1)   Nadal (31/35)   Nadal (32/35)   Zverev (3/3)   Nadal (33/35)   Djokovic (31/33)   Djokovic (32/33)   Khachavov (1/1)
2017   Federer (25/28)   Federer (26/28)   Nadal (29/35)   Zverev (1/3)   Nadal (30/35)   Zverev (2/3)   Dimitrov (1/1)   Federer (27/28)   Sock (1/1)
2016   Djokovic (27/33)   Djokovic (28/33)   Nadal (28/35)   Murray (12/14)   Djokovic (29/33)   Djokovic (30/33)   Čilić (1/1)   Murray (13/14)   Murray (14/14)
2015   Djokovic (21/33)   Djokovic (22/33)   Djokovic (23/33)   Djokovic (24/33)   Murray (10/14)   Murray (11/14)   Federer (24/28)   Djokovic (25/33)   Djokovic (26/33)
2014   Djokovic (17/33)   Djokovic (18/33)   Wawrinka (1/1)   Djokovic (19/33)   Nadal (27/35)   Tsonga (2/2)   Federer (22/28)   Federer (23/28)   Djokovic (20/33)
2013   Nadal (22/35)   Murray (9/14)   Djokovic (14/33)   Nadal (24/35)   Nadal (23/35)   Nadal (25/35)   Nadal (26/35)   Djokovic (15/33)   Djokovic (16/33)
2012   Federer (19/28)   Djokovic (11/33)   Nadal (20/35)   Nadal (21/35)   Federer (20/28)   Djokovic (12/33)   Federer (21/28)   Djokovic (13/33)   Ferrer (1/1)
2011   Djokovic (6/33)   Djokovic (7/33)   Nadal (19/35)   Djokovic (8/33)   Djokovic (9/33)   Djokovic (10/33)   Murray (7/14)   Murray (8/14)   Federer (18/28)
2010   Ljubičić (1/1)   Roddick (5/5)   Nadal (16/35)   Nadal (17/35)   Nadal (18/35)   Murray (5/14)   Federer (17/28)   Murray (6/14)   Soderling (1/1)
2009   Nadal (13/35)   Murray (3/14)   Nadal (14/35)   Nadal (15/35)   Federer (15/28)   Murray (4/14)   Federer (16/28)   Davydenko (3/3)   Djokovic (5/33)

De 1990 até 2008Editar

Indian Wells
 
Miami
 
Mt. Carlo
 
Roma1
 
Hamburgo3
 
Canadá
 
Cincinnati
 
Madrid2
 
Paris
 
2008   Djokovic (3/33)   Davydenko (2/3)   Nadal (10/35)   Djokovic (4/33)   Nadal (11/35)   Nadal (12/35)   Murray (1/14)   Murray (2/14)   Tsonga (1/2)
2007   Nadal (7/35)   Djokovic (1/33)   Nadal (8/35)   Nadal (9/35)   Federer (13/28)   Djokovic (2/33)   Federer (14/28)   Nalbandian (1/2)   Nalbandian (2/2)
2006   Federer (9/28)   Federer (10/28)   Nadal (5/35)   Nadal (6/35)   Robredo (1/1)   Federer (11/28)   Roddick (4/5)   Federer (12/28)   Davydenko (1/3)
2005   Federer (5/28)   Federer (6/28)   Nadal (1/35)   Nadal (2/35)   Federer (7/28)   Nadal (3/35)   Federer (8/28)   Nadal (4/35)   Berdych (1/1)
2004   Federer (2/28)   Roddick (3/5)   Coria (2/2)   Moyà (3/3)   Federer (3/28)   Federer (4/28)   Agassi (17/17)   Safin (4/5)   Safin (5/5)
2003   Hewitt (2/2)   Agassi (16/17)   Ferrero (3/4)   Mantilla (1/1)   Coria (1/2)   Roddick (1/5)   Roddick (2/5)   Ferrero (4/4)   Henman (1/1)
2002   Hewitt (1/2)   Agassi (13/17)   Ferrero (2/4)   Agassi (14/17)   Federer (1/28)   Cañas (1/1)   Moyà (2/3)   Agassi (15/17)   Safin (3/5)
2001   Agassi (11/17)   Agassi (12/17)   Kuerten (4/5)   Ferrero (1/4)   Portas (1/1)   Pavel (1/1)   Kuerten (5/5)   Haas (1/1)   Grosjean (1/1)
2000   Corretja (2/2)   Sampras (11/11)   Pioline (1/1)   Norman (1/1)   Kuerten (3/5)   Safin (1/5)   Enqvist (3/3)   Ferreira (2/2)   Safin (2/5)
1999   Philippoussis (1/1)   Krajicek (2/2)   Kuerten (1/5)   Kuerten (2/5)   Ríos (5/5)   Johansson (1/1)   Sampras (10/11)   Enqvist (2/3)   Agassi (10/17)
1998   Ríos (2/5)   Ríos (3/5)   Moyà (1/3)   Ríos (4/5)   Costa (1/1)   Rafter (1/2)   Rafter (2/2)   Krajicek (1/2)   Rusedski (1/1)
1997   Chang (7/7)   Muster (8/8)   Ríos (1/5)   Corretja (1/2)   Medvedev (4/4)   Woodruff (1/1)   Sampras (8/11)   Korda (1/1)   Sampras (9/11)
1996   Chang (6/7)   Agassi (8/17)   Muster (6/8)   Muster (7/8)   Carretero (1/1)   Ferreira (1/2)   Agassi (9/17)   Becker (5/5)   Enqvist (1/3)
1995   Sampras (6/11)   Agassi (5/17)   Muster (3/8)   Muster (4/8)   Medvedev (3/4)   Agassi (6/17)   Agassi (7/17)   Muster (5/8)   Sampras (7/11)
1994   Sampras (3/11)   Sampras (4/11)   Medvedev (1/4)   Sampras (5/11)   Medvedev (2/4)   Agassi (3/17)   Chang (5/7)   Becker (4/5)   Agassi (4/17)
1993   Courier (4/5)   Sampras (2/11)   Bruguera (2/2)   Courier (5/5)   Stich (1/2)   Pernfors (1/1)   Chang (4/7)   Stich (2/2)   Ivanišević (2/2)
1992   Chang (2/7)   Chang (3/7)   Muster (2/8)   Courier (3/5)   Edberg (4/4)   Agassi (2/17)   Sampras (1/11)   Ivanišević (1/2)   Becker (3/5)
1991   Courier (1/5)   Courier (2/5)   Bruguera (1/2)   Sánchez (1/1)   Nováček (1/1)   Chesnokov (2/2)   Forget (1/2)   Becker (2/5)   Forget (2/2)
1990   Edberg (1/4)   Agassi (1/17)   Chesnokov (1/2)   Muster (1/8)   Aguilera (1/1)   Chang (1/7)   Edberg (2/4)   Becker (1/5)   Edberg (3/4)

Tabela de títulos simples (3 ou mais títulos)Editar

Tenistas ativos em negrito.
Desde 1990:

Obs.
O torneio de Hamburgo foi substituído pelo de Shanghai em 2009.
Colocação Tenista In Mi Mo Ro Ha/Sh Ca Ci Ma Pa N° de Títulos Anos entre primeiro e último título
1   Rafael Nadal 3 - 11 9 1/0 5 1 5 - 35 2005-2019 (14)
2   Novak Djokovic 5 6 2 4 0/4 4 1 3 4 33 2007-2019 (12)
3   Roger Federer 5 4 - - 4/2 2 7 3 1 28 2002-2019 (17)
4   Andre Agassi 1 6 - 1 - 3 3 1 2 17 1990-2004 (14)
5   Andy Murray - 2 - 1 0/3 3 2 2 1 14 2008-2016 (8)
6   Pete Sampras 2 3 - 1 - - 3 - 2 11 1992-2000 (8)
7   Thomas Muster - 1 3 3 - - - 1 - 8 1990-1997 (7)
8   Michael Chang 3 1 - - - 1 2 - - 7 1990-1997 (7)
9   Jim Courier 2 1 - 2 - - - - - 5 1991-1993 (2)
  Boris Becker - - - - - - - 4 1 5 1990-1996 (6)
  Marcelo Ríos 1 1 1 1 1/0 - - - - 5 1997-1999 (2)
  Gustavo Kuerten - - 2 1 1/0 - 1 - - 5 1999-2001 (2)
  Marat Safin - - - - - 1 - 1 3 5 2000-2004 (4)
  Andy Roddick - 2 - - - 1 2 - - 5 2003-2010 (7)
15   Stefan Edberg 1 - - - 1/0 - 1 - 1 4 1990-1992 (2)
  Andrei Medvedev - - 1 - 3/0 - - - - 4 1994-1997 (3)
  Juan Carlos Ferrero - - 2 1 - - - 1 - 4 2001-2004 (3)
18   Thomas Enqvist - - - - - - 1 1 1 3 1996-2000 (4)
  Carlos Moyà - - 1 1 - - 1 - - 3 1998-2004 (6)
  Nikolay Davydenko - 1 - - 0/1 - - - 1 3 2006-2009 (3)
  Alexander Zverev - - - 1 - 1 - 1 - 3 2017-2018 (1)

Recordes e curiosidadesEditar

Vencedores do "Indian Wells - Miami double" 4: Djokovic (2011, 2014,2015,2016)
3: Federer (2005, 2006, 2017)
Courier (1991)
Chang (1992)
Sampras (1994)
Ríos (1998)
Agassi (2001)
Vencedores do "Canada - Cincinnati double" Agassi (1995)
Rafter (1998)
Roddick (2003)
Nadal (2013)
Vencedores do "Madrid - Paris double" (the Indoor double) Safin (2004), Nalbandian (2007)
Vencedores de 4 torneios AMS em superfície dura, outdoor
(os 4 torneios norte-americanos)
Chang (Canada '90, Indian Wells & Miami '92, Cincinnati '93)
Agassi (Miami '90, Canada '92, Cincinnati '95, Indian Wells '01)
Federer (Indian Wells '04, Canada '04, Miami '05, Cincinnati '05, '07, '09, '10, '12, '14, '15)
Vencedores de 3 torneios AMS em saibro Ríos (Monte Carlo '97, Roma '98, Hamburgo '99)
Kuerten (Monte Carlo '99, Rome '99, Hamburgo '00)
Nadal (Monte Carlo ('05, '06, '07, '08, '09, '10, '11, '12, '16, '17), Roma ('05, '06, '07, '09, '10, '12, '13, 18), Hamburgo '08, Madrid ('05, '10, '13, '14, '17)
Djokovic (Roma '08, '11, '14, '15, Madrid '11, '16 Monte Carlo '13, '15)
Vencedores de torneios AMS nas três superfícies
(out-/indoor dura, outdoor saibro, indoor carpete)
Edberg (Indian Wells '90, Paris '90, Hamburg '92)
Sampras (Cincinnati '92, Rome '94, Paris '95)
Agassi (Miami '90, Paris '94, Rome '02)
Nadal (Monte Carlo '05-'06-'07-'08, Canada '05, '08, Madrid '05, Hamburg 08)
Federer (Hamburgo '02-'04-'05-'07, Indian Wells '04-'05-'06, Madrid '06)
Mais torneios vencidos 35: Nadal
Mais finais 51: Nadal (W/L: 35/16)
50: Federer (W/L: 28/22)
49: Djokovic (W/L: 33/16)
Mais títulos em um torneio 11: Nadal (Monte Carlo '05, '06, '07, '08, '09, '10, '11, '12, '16, '17, 18)
Mais títulos consecutivos em um torneio 8: Nadal (Monte Carlo '05, '06, '07, '08, '09, '10, '11, '12)
Mais torneios diferentes vencidos 9: Djokovic (Cincinnati, Miami, Indian Wells, Monte Carlo, Madri, Roma, Canada, Shangai, Paris)
Mais torneios vencidos em uma temporada 6: Djokovic ( 2015: Miami, Indian Wells, Monte Carlo, Roma, Shangai e Paris)
Mais finais em uma temporada 8: Djokovic (2015) OBS: foi a todas as finais dos torneios que jogou; ele não jogou o torneio de Madri.
Mais partidas consecutivas vencidas 31: Djokovic (2011)
Maior período entre a primeira e última vitória 17 anos: Federer (2002-2019)

Referências

  1. «ATP unveils new brand and 'Love it all' campaign» (em inglês). sportindustry.biz. 13 de novembro de 2018 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar