A Espiã Que Entrou em Fria

A Espiã Que Entrou em Fria é um filme brasileiro de gênero policial, dirigido Sanin Cherques, com roteiro de Sanin Cherques e Wilson Vaz, lançado em 1968.[1]

A Espiã Que Entrou em Fria
 Brasil
1968 •  pb •  77 min 
Direção Sanin Cherques
Produção Cinedistri
Roteiro Sanin Cherques
Wilson Vaz
Elenco Carmem Verônica
Agildo Ribeiro
Afonso Stuart
Jorge Loredo
Género comédia
Música Maurício Quadro
Cinematografia Antonio Smith Gamez
Direção de arte Hugo Rocha
Edição Raul Araújo
Distribuição Brasil Embrafilme
Lançamento
  • 25 de setembro de 1968 (1968-09-25) (Brasil)
Idioma português

SinopseEditar

O professor Plácido (Afonso Stuart) é um cientista maluco que inventa uma forma de energia atômica que ele jura ser capaz de substituir os principais combustíveis do mercado - e até mesmo a eletricidade. De olho o invento, vários agentes especiais são enviados para roubar a fórmula do sucesso.

Elenco[2]Editar

ParticipaçõesEditar

Referências

  1. «A Espiã Que Entrou em Fria». bases.cinemateca.gov.br. Consultado em 14 de julho de 2022 
  2. «A Espiã que Entrou em Fria». adorocinema.com. Consultado em 14 de julho de 2022