Abrir menu principal

A Lot Like Love

filme de 2005 dirigido por Nigel Cole
A Lot Like Love
O Amor Está no Ar (PRT)
De Repente É Amor[1][2] (BRA)
 Estados Unidos
2005 •  cor •  107 min 
Direção Nigel Cole
Produção Armyan Bernstein
Kevin J. Messick
Roteiro Colin Patrick Lynch
Elenco Ashton Kutcher
Amanda Peet
Gênero drama romântico
Música Alex Wurman
Cinematografia John de Borman
Edição Susan Littenberg
Companhia(s) produtora(s) Touchstone Pictures
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 22 de abril de 2005 [3]
Brasil 22 de julho de 2005[4]
Idioma inglês
Orçamento US$ 30 milhões[5]
Receita US$ 42,886,719[5]
Site oficial

A Lot Like Love (no Brasil, De Repente É Amor; em Portugal, O Amor Está no Ar) é um filme norte-americano de 2005, um drama romântico dirigida por Nigel Cole. O roteiro de Colin Patrick Lynch fala sobre dois indivíduos, cuja relação evolui lentamente da luxúria à amizade ao romance, ao longo de sete anos. A chamada do filme foi: Não há nada melhor que um grande romance... para arruinar uma amizade perfeitamente boa.

Índice

SinopseEditar

O filme é centrado no relacionamento entre Oliver e Emily. Eles se encontraram pela primeira vez em um voo de Los Angeles para Nova Iorque, há sete anos, quando perceberam que não combinavam.

Nos sete anos seguintes a esse encontro eles se reveem várias vezes, e começam a se conhecer, tornando-se, posteriormente, grandes amigos. Mudam de emprego e de parceiros várias vezes, porém nunca deixam de se encontrar.

Ambos sofrem com relacionamentos que falharam e, finalmente, num novo reencontro, eles se dão conta que podem ser o par que o outro procurava.

Elenco principalEditar

Trilha sonoraEditar

RecepçãoEditar

O filme estreou em 2.502 telas dos Estados Unidos em 22 de abril de 2005. Ele ganhou $ 7576593 dólares em sua semana de estreia, ocupando o quarto lugar após The Interpreter, The Amityville Horror, e de Sahara. Ele eventualmente arrecadou $ 21845719 nos EUA e 21,041 milhões dólares nos mercados externos totalizando nas bilheterias mundiais $ 42886719.[5]

Referências

  1. De Repente É Amor (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  2. De Repente É Amor no InterFilmes (Brasil)
  3. «Chapter 1: Passion on a Plane. Chapters 2 and Beyond: Things That Might Have Been.». The New York Times. 22 de abril de 2005. Consultado em 18 de fevereiro de 2018 
  4. «Comédia romântica segue clichês do gênero, mas garante diversão». Folha de S.Paulo. 22 de julho de 2005. Consultado em 18 de fevereiro de 2018 
  5. a b c BoxOffice.mMojo.com

Ver tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  A Wikipédia tem o