Abrir menu principal

A Monarquia (jornal)

A monarchia : bi-semanário
Sede Lisboa Portugal Portugal
Preço 20 reis
Fundação 1916
Fundador(es) Astrigildo Chaves
Idioma Português europeu


A Monarquia, publicou-se bissemanalmente em Lisboa entre Janeiro e Março de 1916, impresso a azul (côr monárquica) até ao número 6, tendo como mentor Astrigildo Chaves, que aqui desabafa a sua repulsa pelo republicanismo. Consequentemente, o alicerce de A Monarquia é a ansiada restauração monárquica, estando patente ao longo de todas as edições uma agressão constante à república implantada, a consolidação da causa monárquica e a uma vincada rejeição à participação de Portugal na I Grande Guerra. A ajudar Astrigildo Chaves na execução deste projeto constam os nomes de Arménio Monteiro, Mécia Mouzinho de Albuquerque, Conde de Arnoso e Joaquim Saraiva de Carvalho, Martins Grilo, Alfredo Ferreira, João Pereira e César A. de Oliveira.[1]

Referências

  1. Pedro Mesquita (13 de Setembro de 2011). «Ficha histórica: A monarchia : bi-semanário (1916)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 7 de Janeiro de 2015 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar