Aarão de Alexandria

Aarão de Alexandria (Alexandria, Egipto, 610641 Alexandria, Egipto) foi um padre cristão, médico e filosofo egípcio da primeira metade do século VII.

Viveu no reinado do Imperador Heráclio. Expressou-se escrevendo no antigo Siríaco uma obra sobre medicina dividida em trinta tratados a que deu o nome de Pandectas, que foi o nome de uma recompilação dos textos dos médicos gregos. Aquela obra foi traduzida para a língua árabe por Maserdjoniah no ano de 683.

Nas obras de Aarão de Alexandria fala-se pela primeira vez da varíola, doença que nasceu no Egipto e que foi expandida pelos árabes para os países com quem entraram em guerra.

ReferênciasEditar

  • Dicionário Universal Ilustrado, Ed. João Romano Torres & Cª.1911.
  • Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.

Ligações externasEditar