Abrir menu principal

Abadia de Santa Maria de Grottaferrata

Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Abadia territorial de Santa Maria de Grottaferrata
Abbatia territorialis B. Mariae Cryptaeferratae
Localização
País Itália
Arquidiocese metropolitana Santa Sé
Informação
Rito bizantino
Criação 26 de setembro 1937
Padroeiro(a) São Nilo de Rossano
Governo da diocese
Bispo sé vacante
Jurisdição eparquia
Página oficial www.abbaziagreca.it

A Abadia territorial de Santa Maria de Grottaferrata é uma da Igreja Católica, de rito bizantino grego, diretamente dependente da Santa Sé. Mais concretamente, esta abadia é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica Ítalo-Albanesa, que é uma Igreja particular oriental sui iuris dentro da comunhão da Igreja Católica.

Atualmente é sé vacante; foi governada de 2000 até 2013 pelo atual eparca emerito Emiliano Fabbricatore.

TerritórioEditar

A eparquia é formada somente pela Abadia.

HistóriaEditar

Originariamente a Abadia foi fundada no ano 1004 por São Nilo de Rossano, e por isso, é conhecida atualmente como Igreja de São Nilo.

Com a Pervetustum Cryptae Ferratæ Cœnobium, o papa Pio XI eleva a Abadia à Monasterio Esarquico Nullius.

A administração atual começou em 26 de setembro 1937 e, em 2004, contava 98 habitantes, todos batizados.

Cronologia dos EparcasEditar

Ligações externasEditar