Abrir menu principal
Abarth & C. Spa
Privada
Atividade Automotiva
Fundação 15 de Abril de 1949
Sede Turim,  Itália
Pessoas-chave Luca di Montezemolo (Presidente)
Harald J. Wester (CEO)
Website oficial abarth.it

Abarth é uma das mais importantes montadoras de automóveis de corrida da Itália fundada em 1949 por Carlo Abarth, de ascendência austríaca.

HistóriaEditar

Nos anos 1960, a Abarth começou a ganhar sucesso na categoria de hillclimbing e Sports Car Racing, maioritariamente em veículos com motores de 850 cc até 2000 cc de cilindrada, rivalizando com o Porsche 904 e o Ferrari Dino. Hans Herrmann foi o piloto de serviço da marca desde 1962 até 1965 que venceu os 500 km de Nürburgring em 1963, juntamente com Teddy Pilette.

Pouco tempo depois, Carlo Abarth prometeu a Johann Abt que o autorizava a testar carros novos vindos de fábrica gratuitamente, se este vencesse todas as provas em que a Abarth entrara - Abt quase conseguiu, vencendo 29 das 30 provas realizadas no total, ficando na ultima prova em 2º lugar.

Para além das provas desportivas que a Abarth concorrera, a Abarth também começou a produzir escapes de alta performance. Mais tarde, a Abarth diversificou a sua produção em vários kits de tuning para carros afectos ao transporte de passageiros, maioritariamente da marca Fiat. A marca Abarth também foi associada na produção de carros desportivos e de competicão com a Porsche e a Simca.

Em 1971 a Abarth foi comprada pela Fiat, e a sua equipa comprada por Enzo Osella. A Abarth tornou-se um departamento particular de competição desportiva da Fiat, gerida pelo famoso engenheiro designer Aurelio Lampredi. Alguns modelos construidos pela Fiat foram utilizados pela Lancia e Autobianchi com a colaboração da Abarth, o mais famoso deles foi o Autobianchi A112 Abarth.

ModelosEditar

  • Fiat 500 Abarth
  • Abarth 850 TC
    • Cavalos de força: 110 cv
    • Cilindradas: 9 365
    • Consumo: 6,6 L / 100 km
    • Velocidade máxima: 147 km/h
  • Abarth 1000 Berlina
    • Cavalos de força: 120 cv
    • Cilindradas: 982 cm³
    • Consumo: 10L x 100 km
    • Velocidade máxima: 158 km/h
  • Abarth 700 Bialbero
    • Cavalos de força: 175 cv
    • Cilindradas: 2,958 cm³
    • Consumo: 10L x 100 km
    • Velocidade máxima: 240 km/h
  • Abarth Mono 1000
    • Cavalos de força: 120 cv
    • Cilindradas: 982 cm³
    • Consumo: 10L x 100 km
    • Velocidade máxima: 175 km/h
  • Abarth 1000 Bialbero
    • Cavalos de força: 120 cv
    • Cilindradas: 982 cm³
    • Consumo: 11L x 100 km
    • Velocidade máxima: 215 km/h
  • Abarth Simca 1300 GT
    • Cavalos de força: 175 cv
    • Cilindradas: 1888 cm³
    • Consumo: 12L x 100 km
    • Velocidade máxima: 289 km/h
  • Stilo Abarth
    • Total de Veículos No Brasil Em 2016: 892 Em Circulação
    • Cavalos de força: 170 cv
    • Cilindradas: 2.446
    • Consumo: Cidade/Estrada 9,2 / 13,8 100 km/h
    • Velocidade máxima: 254 km/h
  • Grande Punto Abarth
    • Cavalos de força: 155 cv (180 cv na versão EsseEsse)
    • Cilindradas: 1368
    • Velocidade máxima: 208 km/h (215 km/h na versão ESSESSE)
  • Abarth 500
  • Abarth 695 Biposto
  • Fiat-Abarth Brava/Bravo

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abarth