Abdul Razak Alhassan

Abdul Razak Alhassan
Informações
Nascimento 11 de agosto de 1985 (35 anos)
Accra, Gana
Nacionalidade Gana Ganês
Outros nomes Judo Thunder
Altura 1,78 m[1]
Peso 77 kg
Divisão Peso-meio-médio (MMA)
Envergadura 185 cm
Modalidade Judô
Muay Thai
Luta por Fort Worth, Texas
Equipe      Faixa Preta em jiu-jítsu brasileiro
Período em
atividade
2013-presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 12
Vitórias 10
Por nocaute 10
Derrotas 2
Por decisão 2
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 18 de junho de 2020

Abdul Razak Alhassan, (Accra, 11 de agosto de 1985) é um lutador profissional de artes marciais mistas que atualmente compete pelo UFC na categoria dos meio-médios.

AntecedentesEditar

Alhassan foi indiciado no dia 24 de setembro de 2018 em Tarrant County, Texas, por supostamente ter estuprado duas mulheres em março de 2018.[2] O julgamento ocorreu em 5 de março de 2020 onde Alhassan foi acusado pelo estupro de duas mulheres na noite de 23 de março de 2018.[3]. Alhassan foi declarado inocente e o caso foi arquivado.[4]

Carreira no MMAEditar

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Alhassan fez sua estreia no UFC em 19 de novembro de 2016 no UFC Fight Night: Mousasi vs. Hall 2 contra Charlie Ward. Ele nocauteou o adversário aos 53 segundos do primeiro round e recebeu seu primeiro bônus de Performance da Noite.[5][6]

Alhassan enfrentou Omari Akhmedov no UFC Fight Night: Gustafsson vs. Teixeira em 28 de maio de 2017. Ele perdeu por decisão dividida.[7]

Alhassan enfrentou Sabah Homasi em 2 de dezembro de 2017, no UFC 218: Holloway vs. Aldo 2, e venceu por nocaute técnico no primeiro round; alguns acharam que o árbitro Herb Dean interrompeu de forma errada, já que Homasi ainda estava consciente e se defendendo.[8]

Devido à polêmica envolvendo a interrupção em sua última luta, uma revanche contra Homasi foi marcada para o dia 20 de janeiro de 2018 no UFC 220: Miocic vs. Ngannou.[9] Alhassan venceu por nocaute no primeiro round.[10] A vitória rendeu a Alhassan seu segundo bônus de Performance da Noite.[11]

Alhassan nocauteou Niko Price em 43 segundos no dia 8 de setembro de 2018 no UFC 228: Woodley vs. Till.[12]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 10-4   Jacob Malkoun Decisão (unânime) UFC on ESPN: Whittaker vs. Gastelum 17/04/2021 3 5:00   Las Vegas, Nevada Luta nos Médios.
Derrota 10-3   Khaos Williams Nocaute (soco) UFC Fight Night: Felder vs. dos Anjos 14/11/2020 1 0:30   Las Vegas, Nevada
Derrota 10-2   Mounir Lazzez Decisão (unânime) UFC on ESPN: Kattar vs. Ige 15/07/2020 3 5:00   Abu Dhabi
Vitória 10-1   Niko Price Nocaute (soco) UFC 228: Woodley vs. Till 08/09/2018 1 0:43   Dallas, Texas
Vitória 9-1   Sabah Homasi Nocaute (soco) UFC 220: Miocic vs. Ngannou 20/01/2018 1 3:47   Boston, Massachusetts Performance da Noite.
Vitória 8-1   Sabah Homasi Nocaute Técnico (socos) UFC 218: Holloway vs. Aldo 2 02/12/2017 1 4:21   Detroit, Michigan
Derrota 7-1   Omari Akhmedov Decisão (dividida) UFC Fight Night: Gustafsson vs. Teixeira 28/05/2017 3 5:00   Estocolmo
Vitória 7-0   Charlie Ward Nocaute (soco) UFC Fight Night: Mousasi vs. Hall 2 19/11/2016 1 0:53   Belfast Estreia no UFC; Performance da Noite.
Vitória 6-0   Jos Eichelberger Nocaute Técnico (socos) Legacy FC 61 14/10/2016 1 0:57   Dallas, Texas Retornou aos Meio Médios.
Vitória 5-0   Ken Jackson Nocaute Técnico (socos) Rage in the Cage 47: Night of Champions 13/08/2016 1 0:40 Shawnee, Oklahoma Luta nos Médios.
Vitória 4-0   Bryce Shepard-Mejia Nocaute (soco) Bellator 143 25/09/2015 1 1:26  Hidalgo, Texas Estreia no Bellator; Retornou aos Meio Médios.
Vitória 3-0   Matt McKeon Nocaute Técnico (socos) Rocks Xtreme MMA 12 28/02/2015 1 0:47   Harker Heights, Texas Estreia nos Médios.
Vitória 2-0   Matt Jones Nocaute (socos) Bellator 111 07/03/2014 1 1:23   Thackerville, Oklahoma
Vitória 1-0   Kolby Adams Nocaute Técnico (socos) Xtreme Knockout 20 23/11/2013 1 0:25   Arlington, Texas Estreia nos Meio-Médios.

Referências

  1. https://www.ufc.com/athlete/abdul-razak-alhassan. Consultado em 18 de junho de 2020  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. «Report: UFC fighter Abdul Razak Alhassan indicted on March sexual assault charge». Bloody Elbow. Consultado em 26 de setembro de 2018 
  3. Marrocco, Steven (4 de março de 2020). «UFC fighter Razak Alhassan's sexual assault trial under way, alleged victims testify». MMA Fighting (em inglês). Consultado em 7 de março de 2020 
  4. «Jury finds UFC welterweight Abdul Razak Alhassan not guilty of sexual assault». MMA Junkie (em inglês). 7 de março de 2020. Consultado em 7 de março de 2020 
  5. Dann Stupp (19 de novembro de 2016). «UFC Fight Night 99 results: Abdul Razak Alhassan drops Charlie Ward in 53-second slugfest». mmajunkie.com. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  6. Tristen Critchfield (19 de novembro de 2016). «UFC Fight Night 99 bonuses: Marshman, Lee, Ledet, Alhassan collect $50K». sherdog.com. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  7. Ben Fowlkes (28 de maio de 2017). «UFC Fight Night 109 results: Omari Akhmedov hands Abdul Razak Alhassan first loss». mmajunkie.com. Consultado em 28 de maio de 2017 
  8. «UFC 218 results: Abdul Razak Alhassan TKOs Sabah Homasi in first, despite wide protests of stoppage». MMAjunkie (em inglês). 3 de dezembro de 2017. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  9. «Abdul Razak Alhassan vs. Sabah Homasi shifted to UFC 220». MMAjunkie (em inglês). 14 de dezembro de 2017. Consultado em 15 de dezembro de 2017 
  10. «UFC 220 results: Abdul Razak Alhassan leaves no doubt in rematch with Sabah Homasi». MMAjunkie (em inglês). 21 de janeiro de 2018. Consultado em 21 de janeiro de 2018 
  11. «UFC 220 bonuses: Daniel Cormier, Abdul Razak Alhassan among $50,000 winners». MMAjunkie (em inglês). 21 de janeiro de 2018. Consultado em 21 de janeiro de 2018 
  12. «UFC 228 results: Abdul Razak Alhassan blasts Niko Price in just 43 seconds». MMAjunkie (em inglês). 9 de setembro de 2018. Consultado em 9 de setembro de 2018