Abdullah as-Sallal

Abdullah as-Sallal, 1962
Mapa da guerra civil durante a queda de al-Sallal em 1967

Abdullah al-Sallal (9 de janeiro de 1917 - 5 de março de 1994) foi o líder da Revolução norte iemenita de 1962. Serviu como o primeiro Presidente da República Árabe do Iêmen de 27 de setembro de 1962 a 5 de novembro de 1967. Al-Sallal liderou as forças revolucionárias que depuseram o rei Muhammad al-Badr e derrubaram o Reino do Iêmen. Presidiu a recém-fundada República, com laços estreitos com Gamal Abdel Nasser do Egito, que serviu como o mais forte aliado da República Árabe do Iêmen na guerra contra os monarquistas apoiados pela Arábia Saudita que durou até 1968. Seis homens diferentes ocuparam o cargo de primeiro-ministro sob as-Sallal, incluindo o próprio al-Sallal por três vezes. Foi finalmente derrubado em um golpe de Estado sem derramamento de sangue depois que Nasser retirou seu apoio em 1967.[1]


Referências

Cargos políticos
Precedido por
posto estabelecido
Primeiro-ministro do Iêmen do Norte
1962–1963
Sucedido por
Abdul Latif Dayfallah
Precedido por
Ahmad Muhammad Numan
Primeiro-ministro do Iêmen do Norte
1965
Sucedido por
Hassan al-Amri
Precedido por
Hassan al-Amri
Primeiro-ministro do Iêmen do Norte
1966–1967
Sucedido por
Mohsin Ahmad al-Aini
Precedido por
posto estabelecido
Presidente do Iêmen do Norte
1962–1967
Sucedido por
Abdul Rahman al-Iryani