Abrir menu principal
"Absolutely Sweet Marie"
Canção de Bob Dylan
do álbum Blonde on Blonde
Lançamento 20 de junho de 1966
Gravação 8 de março de 1966
Gênero(s) Folk rock
Duração 04:57
Gravadora(s) Columbia
Composição Bob Dylan
"Temporary Like Achilles"
(10)
"4th Time Around"
(12)

"Absolutely Sweet Marie" é uma canção escrita pelo músico norte-americano Bob Dylan, lançada em seu álbum duplo Blonde on Blonde, em 1966. A música é um número exuberantemente acelerado.

Canção e contestoEditar

Durante uma entrevista de 1991 publicada no livro de Paul Zollo, Songwriters on Songwriting, Expanded Fourth Edition, Dylan dá uma ideia de como ele vê a canção em sua explicação de uma linha sobre uma "ferrovia amarela":

É sobre o mais completo que você pode ser. Cada carta nessa linha. Tudo é verdade. Em um nível literal e num nível de escapismo ... Voltando à ferrovia amarela, que poderia ser de olhar algum lugar. Sendo um artista, você viaja pelo mundo. Você não está apenas olhando pela mesma janela todos os dias. Você não está andando só pela mesma rua antiga. Então você deve se fazer observar o que quer que seja. Mas na maioria das vezes isso te atinge. Você não precisa observar. Isso te atinge. Tipo: "ferrovia amarela" poderia ter sido um dia ofuscante quando o sol estava tão brilhante numa ferrovia em algum lugar e ficou na minha mente... Estas não são imagens inventadas. São imagens que estão lá e têm que sair.

"Absolutamente Sweet Marie" foi gravada em 8 de março de 1966, em Nashville, Tennessee. Apenas duas tomadas completas da música foram gravadas, a segunda sendo a principal. A primeira tomada foi lançado no The Bootleg Series Vol. 12: The Cutting Edge 1965–1966 em 2015.

Dylan não tocou "Absolutely Sweet Marie" ao vivo até 1988, e tocou de forma intermitente desde então, inclusive durante uma sessão para sua aparição no MTV Unplugged.

"Para viver fora da lei, você precisa ser honesto."Editar

A canção contém a frase "para viver fora da lei, você precisa ser honesto." Jonathan Lethem aponta para um verso muito semelhante do roteirista Stirling Silliphant no filme The Lineup, de 1958: "Quando você vive fora da lei, você tem que eliminar a desonestidade";[1] sem atribuição, Lethem imagina que Dylan "a ouviu, limpou um pouco e inseriu" na música. Na década de 1940, em notas de sua página de letras para a música "Pretty Boy Floyd", Woody Guthrie escreveu: "Eu amo um homem bom fora da lei, tanto quanto odeio um homem mau dentro da lei." Dylan, que reconheceu ter sido fortemente influenciado por Guthrie, pode estar honrando seu antecessor.

RegravaçõesEditar

Referências

  1. Gray, Michael (2006). The Bob Dylan Encyclopedia. [S.l.]: Bloomsbury Academic. p. 225. ISBN 0-8264-6933-7 
  2. Campbell, Al. «Blues on Blonde on Blonde». Allmusic. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  3. Erlewine, Stephen Thomas. «Ducks Deluxe: Side Tracks & Smokers». Allmusic. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  4. Deming, Mark. «The Flamin' Groovies: Jumpin' in the Night». Allmusic. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  5. Deming, Mark. «Jason & the Scorchers — Fervor EP». Allmusic. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  6. «Ola Magnell: Gaia». Ola Magnell Website. Consultado em 28 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 28 de dezembro de 2007 
  7. «David Nelson Band: Visions Under the Moon». Allmusic. Consultado em 28 de dezembro de 2007 
  8. «Robin Williamson: Just Like the River and Other Songs for Guitar». Amazon.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 

Ligações externasEditar