Academia de Letras de Biguaçu

Academia de Letras de Biguaçu
(ALB)
Tipo Associação literária
Fundação 20 de setembro de 1996 (23 anos)
Sede Brasil Biguaçu
Membros Ver: lista de membros
Línguas oficiais Português
Presidente José Braz da Silveira
Sítio oficial sítio d'ABL

A Academia de Letras de Biguaçu, fundada em 1996, é a entidade literária máxima da cidade catarinense de Biguaçu. Sediada no Casarão Born, é palco de diversos eventos culturais na cidade.[1][2][3]

ComposiçãoEditar

A ABL é composta por quarenta escritores. As cadeiras são vitalícias, ou seja, membros novos só podem ser escolhidos após o falecimento de algum membro atual. Quando uma cadeira está vaga, a Academia realiza uma eleição para escolher o novo membro.

DiretoriaEditar

Biênio Presidente Vice-Presidente Primeira Secretária Segunda Secretária Tesoureiro Assessor Jurídico Assessor Cultural Bibliotecária
2017/19 José Braz da Silveira Gabrielle Beckäuser Rodriguez Ângela Regina Heinzen Amin Helou Dalvina de Jesus Siqueira Hélio Cabral Filho Carlos Antônio de Souza Caldas Miguel João Simão Janice Marés Volpato

Relação dos imortais segundo a cadeiraEditar

Lista de patronos, fundadores e sucessores. [4]

Cadeira Patrono Fundador Sucessores
1 Abelardo Sousa Miriam de Almeida Josiane Rose Petry Veronese
2 Aderbal Ramos da Silva Hermelinda Izabel Merize Adauto Beckhäuser
3 Adolfo Konder Claudir Silveira Joaquim Gonçalves dos Santos
4 Altino Flores Hilta Teodoro Bencciveni César Luiz Pasold
5 Aníbal Nunes Pires Zenilda Nunes Lins Egídio Martorano Filho
6 Antonieta de Barros Zelka de Castro Sepetiba Sérgio Izidoro Heil
7 Luís Delfino Dorinda Rabello Meiss Watrick Rudi Oscar Beckhäuser
8 Cruz e Sousa Norberto Nazareno Barreiros Fortes Gabrielle Beckhäuser
9 Elpídio Barbosa Lauro Locks[5] José Braz da Silveira
10 Alaíde Sarda de Amorim Kátia Luz Cursio Octacílio Schüller Sobrinho ► Janice Marés Volpato
11 Juvêncio de Araújo Figueiredo Vilma Bayerstorff Solange Rech ► William Wollinger Brenuvida
12 Francisco Benjamin Gallotti José Clésio Machado Toni Vidal JochemÂngela Amin
13 Fritz Müller Wanda Ritta Charles Miranda da Silva ► Zaida Barreto R. Fernandes ► Aline Takashima ► Alexandre Mendonça
14 Geraldino Atto de Azevedo Dalvina de Jesus Siqueira
15 Henrique Fontes Arlete Carminetti Zago
16 Holdemar Meneses Maria do Carmo Antunes Carlos Antônio de Souza Caldas
17 Rodolfo Pereira Machado Rosilene Ondina Fortes Tondello José Ricardo Petry
18 Arnaldo Claro São Tiago Fabiana de Oliveira Sandri Stela Máris Piazza Souza ► Leonidio Zimermann
19 João Crisóstomo Pacheco João Alfredo Medeiros Vieira Onete Ramos Santiago ► Luiz Nocetti Lunardelli
20 João Nicolau Born Osmarina Maria de Souza
21 Jorge Lacerda Josefina de Souza Rosa Délcia Teixeira ► Orival Prazeres ► Fernando Henrique da Silveira
22 Vidal Mendes Otávio Rosa Valdir Mendes
23 Lausimar Laus Vilca Marlene Merízio Gustavo Sérgio Heil
24 Paschoal Apóstolo Pítsica Sulamita Levy Maritz Valéria Maria Kravchychyn
25 Luiza dos Reis Prazeres Durval Borba Neto Miguel João Simão
26 Maria da Glória Viríssimo de Faria Rogério Kremer
27 Mário Quintana Vanda Lúcia Sens Schäffer
28 Manuel de Meneses Esperidião Amin
29 Maura de Senna Pereira Telma Lúcia Faria Sarda Alzira Maria Silva dos Santos
30 Nereu Corrêa de Souza Trogildo José Pereira João Francisco Vaz Sepetiba ► Felipe Farias Ramos
31 Nereu de Oliveira Ramos Alaíde Sarda de Amorim Homero Costa Araújo
32 Nila Sarda Ana Maria Leal Mendes Resilamar Florência M. Silva ► Hélio Cabral Filho
33 Oswaldo Rodrigues Cabral Fernando Marcondes de Mattos Dulcinéia Francisca Beckhäuser
34 Othon da Gama Lobo d'Eça Vera Regina da Silva de Barcellos
35 Raulino Reitz Maria de L. Zunino Duarte Luciano Peres
36 Jaime de Barros Câmara Alfredo da Silva
37 Thomé da Rocha Linhares Ana Lúcia Coutinho Pedro Paulo dos Santos
38 Lauro Locks[5] Geraldo Pereira Lopes Neusita Luz de Azevedo Churkin
39 Virgílio Várzea Ernestina Faizer Kurth José Castelo Deschamps
40 Visconde de Taunay Leatrice Moellmann Pagani VAGA

Ver tambémEditar

Referências

  1. Página oficial da Academia de Letras de Biguaçu
  2. Academia de Letras empossa novos membros, página da Prefeitura Municipal de Biguaçu
  3. Academia de Letras de Biguaçu comemora 15 anos e lança antologia Arquivado em 17 de outubro de 2011, no Wayback Machine., página da Associação Empresarial e Cultural de Biguaçu
  4. Histórico - Patronos e Academicos
  5. a b Empossado como fundador da cadeira 9 em 18 de dezembro de 1996. A cadeira 38 teve seu patrono Raulino Horn trocado por Lauro Locks em 25 de junho de 2004.

Ligações externasEditar