Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Adão Iturrusgarai
Nascimento 18 de fevereiro de 1965 (54 anos)
Cachoeira do Sul,  Rio Grande do Sul
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Cartunista

Adão Iturrusgarai (Cachoeira do Sul, 18 de fevereiro de 1965)[1] é um cartunista brasileiro.

BiografiaEditar

Nascido em uma família de origem basca, Adão Iturrusgarai publicou seu primeiro desenho aos dezessete anos, no Jornal do Povo, de sua cidade natal. Aos dezoito, mudou-se para Porto Alegre, onde estudou Publicidade e Propaganda na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Também realizou um curso de Artes Plásticas, mas não chegou a concluí-lo[2].

Em 1991, Iturrusgarai editou a revista DUNDUM e logo depois viajou para Paris. Na França, publicou nas revistas Chacal Puant e Flag. Em 1993 voltou para o Brasil, passando a morar em São Paulo. Em 1994, lançou a revista Big Bang Bang, que teve quatro números lançados apenas. Foi redator de programas humorísticos da televisão, entre os quais TV Colosso e Casseta & Planeta, da Rede Globo. Em 1994 foi incorporado ao trio "Los 3 amigos", de Angeli, Laerte e Glauco. Teve seu trabalho publicado em diversas revistas brasileiras, tais como Chiclete com Banana, Bundas, Veja, General e Vírus.

Atualmente publica sua tira diária Aline nos jornais Folha de S.Paulo, Jornal do Brasil, Tribuna do Norte em Natal, Diário de Pernambuco e Correio da Manhã em Portugal. Colabora também com as revistas Caros Amigos e Capricho. Já recebeu diversos prêmios, e seus álbuns de quadrinhos são editados pela Devir e distribuídos no Brasil e em Portugal.

Casado com Laura argentina, com quem tem dois filhos (Olívia e Camilo), Iturrusgarai reside em Gaiman, uma "colônia galesa encravada na Patagônia argentina", segundo ele mesmo diz em seu site.

TrabalhoEditar

As tiras de Iturrusgarai são famosas pelo forma de humor que utiliza. Temas como sexo, homossexualidade e o deboche pelo que se vê na vida em sociedade, utilizando quase sempre de palavrões, são corriqueiros em suas piadas.

Alguns personagens e temasEditar

  • Aline - A mais famosa personagem. Trata das aventuras de uma adolescente ninfomaníaca, com os seus dois amantes, Otto e Pedro. Ganhou um especial de fim de ano exibido pela Rede Globo e foi adaptado para o formato de seriado exibido às quintas-feiras depois de A Grande Família. A série foi exibida até o quinto episódio da segunda temporada, que foi ao ar em 3 de março de 2011.
  • Rocky & Hudson - as histórias de um casal de homossexuais, em pleno Velho Oeste, em meio a caras durões e bandidos. Os nomes Rocky e Hudson são uma referência ao ator americano homossexual Rock Hudson.[3] Em 1995 foi feito um filme de animação com a dupla, dirigido por Otto Guerra e roteiro de Iturrusgaray [4]
  • La Vie en Rose - tiras que variam de tema. Ora lidam com pensamentos que tratam com deboche idéias, ora falam de situações do cotidiano.
  • Família Bíceps - sobre uma família de musculosos, que se utilizam da força para tudo.
  • Anos de Terapia - tiras nas quais certas situações de vida são relacionadas com tempo de psicanálise (experiências ruins somando anos, e experiências boas subtraindo-os). Uma variação são os Anos no Paraíso e os Anos no Inferno, cuja ideia é similar.
  • Homem-Legenda - personagem que sempre aparece dizendo aquilo que as pessoas realmente querem dizer quando dizem algo totalmente diferente.

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 15 de Outubro de 2013. Arquivado do original em 17 de Outubro de 2012 
  2. «Multiverso Bate-Boc@ :: Exibir tópico - [TÓPICO OFICIAL DE MIGUELITOS] LOS TRÊS AMIGOS». Consultado em 29 de Dezembro de 2010 [ligação inativa]
  3. Edwin Paladino (25 de fevereiro de 2002). «O criador da garota moderninha». IstoÉ Gente 
  4. Folhateen Acessado em 7-09-14

Ligações externasEditar