Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: ""Admirador"" redireciona para este artigo. Para o filme com Lauren Bacall, veja The Fan.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2010). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Admiração materna", de William-Adolphe Bouguereau (1825-1905)

Admiração (do termo latino admiratione) é um sentimento de assombro, surpresa, espanto ou afeto diante de algo.[1]

Na filosofiaEditar

Na filosofia, a admiração ou espanto é o princípio fundamental para começar a filosofar, ou seja, é um processo atractivo através do qual não passamos indiferentes perante qualquer coisa, mas colocamo-nos em movimento, partindo de coisas simples para coisas mais complexas, terminando no conhecimento de si, como desconhecendo-se ("só sei que nada sei", como disse Sócrates) ou desconhecendo as coisas. Assim, admirar-se perante qualquer coisa é ter a capacidade de problematizar o que parecia evidente, procurando esclarecer o que se apresenta como obscuro.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 47.

Veja tambémEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Admiração
 
O Wikcionário tem o verbete admiração.
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Admiração
  Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.