Abrir menu principal

Adolfo Guilherme, Duque de Saxe-Eisenach

Adolfo Guilherme
Duque de Saxe-Eisenach
Duque de Saxe-Eisenach
Reinado 1662–1668
Antecessor(a) Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Sucessor(a) Guilherme Augusto, Duque de Saxe-Eisenach
 
Esposa Maria Isabel de Brunsvique-Volfembutel
Descendência Carlos Augusto de Saxe-Eisenach
Frederico Guilherme de Saxe-Eisenach
Adolfo Guilherme de Saxe-Eisenach
Ernesto Augusto de Saxe-Eisenach
Guilherme Augusto, Duque de Saxe-Eisenach
Casa Wettin
Nascimento 15 de maio de 1632
  Weimar, Ducado de Saxed-Weimar, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 21 de novembro de 1668 (36 anos)
  Eisenach, Ducado de Saxe-Eisenach, Sacro Império Romano-Germânico
Pai Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Mãe Leonor Doroteia de Anhalt-Dessau

Adolfo Guilherme, Duque de Saxe-Eisenach (Weimar, 15 de Maio de 1632Eisenach, 21 de Novembro de 1668),[1] foi um duque de Saxe-Eisenach.

VidaEditar

Foi o segundo filho de Guilherme, Duque de Saxe-Weimar e da sua esposa, a princesa Leonor Doroteia de Anhalt-Dessau.

Quando Adolfo tinha dezanove anos de idade, viajou por vários países, principalmente por França. Depois, em 1656, entrou ao serviço do rei Carlos X Gustavo da Suécia (que, na altura, estava a combater as Guerras do Norte contra a Polónia) como coronel, e foi elogiado pela sua coragem e bravura. No entanto, depois de se encontrar com um embaixador do Sacro Império em Funen, Adolfo foi transferido para o Exército Imperial com a posição de coronel. Em 1661, regressou à Suécia, e o rei Carlos Gustavo ofereceu-lhe a posição de general-major da infantaria com um pagamento de 2.000 talentos; Adolfo recusou a proposta.

Quando o seu pai morreu em 1662 Adolfo e o seu irmão mais velho, João Ernesto, dividiram os territórios do pai entre si. Adolfo recebeu Eisenach e o seu Schloss Wilhelmsburg, com um grande jardim, que se tornou a sua residência oficial. Os seus dois irmãos mais novos, João Jorge e Bernardo, apenas receberam rendimentos dos ducados dos irmãos mais velhos.

Casamento e descendênciaEditar

Em Volfembutel a 18 de Janeiro de 1663, Adolfo casou-se com a princesa Maria Isabel de Brunsvique-Volfembutel. Tiveram cinco filhos:

  1. Carlos Augusto de Saxe-Eisenach (31 de janeiro de 1664 - 14 de fevereiro de 1665), morreu aos treze meses de idade.
  2. Frederico Guilherme de Saxe-Eisenach (2 de fevereiro de 1665 - 3 de maio de 1665), morreu aos três meses de idade.
  3. Adolfo Guilherme de Saxe-Eisenach (26 de junho de 1666 - 11 de dezembro de 1666), morreu aos seis meses de idade.
  4. Ernesto Augusto de Saxe-Eisenach (28 de agosto de 1667 - 8 de fevereiro de 1668), morreu aos seis meses de idade.
  5. Guilherme Augusto, Duque de Saxe-Eisenach (30 de novembro de 1668 - 23 de fevereiro de 1671), sucedeu ao pai como duque de Saxe-Eisenach, mas morreu aos dois anos de idade.

Adolfo perdeu todos os seus filhos pouco antes de estes nascerem e a sua viúva estava grávida pela quinta vez na altura em que ele morreu. Oito dias depois da sua morte, nasceu o seu quinto filho que recebeu o nome de Guilherme Augusto e herdou as propriedades do pai (sob a regência do seu tio João Jorge), até morrer com apenas dois anos de idade, altura em que João Jorge herdou as propriedades.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Adolfo Guilherme, Duque de Saxe-Eisenach em três gerações
Adolfo Guilherme, Duque de Saxe-Eisenach Pai:
Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Avô paterno:
João II, Duque de Saxe-Weimar
Bisavô paterno:
João Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Bisavó paterna:
Doroteia Susana do Palatinado-Simmern
Avó paterna:
Doroteia Maria de Anhalt
Bisavô paterno:
João Jorge I, Príncipe de Anhalt-Dessau
Bisavó paterna:
Leonor de Württemberg
Mãe:
Leonor Doroteia de Anhalt-Dessau
Avô materno:
João Jorge I, Príncipe de Anhalt-Dessau
Bisavô materno:
Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Bisavó materna:
Inês de Barby-Mühlingen
Avó materna:
Doroteia do Palatinado-Simmern
Bisavô materno:
João Casimiro, Conde do Palatinato-Simmern
Bisavó materna:
Isabel da Saxónia

NotasEditar

ReferênciasEditar