Abrir menu principal
Adrienne Bolland
Nascimento 25 de novembro de 1895
Arcueil
Morte 18 de março de 1975 (79 anos)
Paris
Cidadania França
Ocupação aviador
Prêmios Oficial da Legião de Honra

Adrienne Bolland, nascida a 25 de novembro de 1895 em Arcueil, França e falecida a 18 de março de 1975 em Paris, foi uma aviadora francesa.

BiografiaEditar

Última de uma família de seis irmãos. Piloto desde o 26 de janeiro de 1920, conseguiu ser:

  • Primeira mulher piloto contratada pela Société dês avions Caudron em fevereiro de 1920;
  • Segunda mulher em atravessar o canal da Mancha em avião, 25 de agosto de 1920;
  • Primeira mulher em sobrevoar a cordilheira dos andes, 1 de abril de 1921;
  • Recorde feminino de voltas em 1924 com 212 voltas em 72 minutos, ainda que confessou que não valorizava esta marca pois seu objectivo era bater o recorde masculino que estava em 1111 voltas, segundo publicou a revista "Icare".
 
Adrienne Bolland na tampa do Gráfico

Em janeiro de 1921 chegou a Buenos Aires, com seu mecânico Duperrier, com o objectivo de cruzar os andes. O voo partiu da cidade de Mendoza, voando a uma altitude máxima de 4200 m. Depois de 3 h 15 min de voo, chegou a Santiago. As autoridades chilenas lhe agraciaram com uma recepção triunfal, apesar da ausência do embaixador francês que achando que a façanha era mentira não foi ao evento.

Casou-se com outro piloto, Ernest Vinchon em 1930.

Foi homenageada num selo postal de França em outubro de 2005.

Tem ruas com o seu nome por toda a parte na França, e uma em Santiago de Chile.

Referências

Ligações externasEditar

  • "A Cordillera dos Antes e Adrienne Bolland em 1921", texto em castelhano de Coline Béry na Gaceta Aeronaútica, 2015
  • "A Cordillère dos Andes et Adrienne Bolland em 1921", artigo em duas partes na revista 2A Anciens Aérodromes, fevereiro e abril 2015, em francês.
  • "O Nome Dos Pássaros, os aviões lendáros de Adrienne Bolland", Collection Corde Raide, 2015, Coline Béry - (AISN B01EK1PU7C)