Abrir menu principal

Aeroporto Internacional Augusto Severo

Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Natal
Aeroporto
Aeroporto Internacional Augusto Severo
ICAO: SBNT
Características
Tipo Público / Militar
Administração Infraero
Serve Região de Natal
Localização Brasil Parnamirim, RN
Inauguração 1951 (68 anos)
Coordenadas 5° 54' 30" S 35° 14' 57" O
Altitude 52 m (171 ft)
Movimento de 2014
Passageiros 461 244 embarques
Carga 1 938 431 kg
Aéreo 3 409 decolagens
Mapa
SBNT está localizado em: Brasil
SBNT
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
16R / 34L 1 800  m (5 906 ft) Asfalto
12 / 30 1 825  m (5 988 ft) Asfalto
16L / 34R 2 600  m (8 530 ft) Asfalto
Notas
Dados do DECEA[1] e da ANAC[2]

O Aeroporto Internacional Augusto Severo (ICAO: SBNT) é um complexo aeroportuário localizado em Parnamirim, no estado brasileiro do Rio Grande do Norte. Foi o principal aeroporto comercial do Estado, operando de 1980 até 31 de maio de 2014.[3] Foi desativado para a aviação civil, sendo substituído pelo Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, localizado em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal.[4]

Localizado ao lado da Base Aérea de Natal, o Augusto Severo teve o controle devolvido a Força Aérea Brasileira, voltando a operar exclusivamente com aviação militar.[5] Fica localizado a seis quilômetros da zona sul de Natal, capital do estado, quase ao nível do mar (169 pés), com condições meteorológicas e geográficas favoráveis.

Foi o quarto maior aeroporto da Região Nordeste em número de passageiros[6] e o 19º mais movimentado do Brasil. Após reforma concluída em agosto de 2012, o aeroporto passou a ter capacidade para até 5,8 milhões de passageiros.[7] Em 2013, quando ainda estava em funcionamento, uma pesquisa realizada pela Secretaria de Aviação Civil apontou o terminal como o terceiro melhor do país.[8]

Índice

HistóriaEditar

NomeEditar

O nome do Aeroporto Internacional Augusto Severo homenageia Augusto Severo de Albuquerque Maranhão, potiguar que morreu no desastre com o dirigível Pax (junto com seu mecânico Georges Saché) na França, em 12 de Maio de 1902.

HistóricoEditar

O aeroporto foi construído durante a Segunda Guerra Mundial com a finalidade de preparar uma base para operações de uma unidade tática de envergadura, a fim de enfrentar qualquer ameaça à segurança do hemisfério ocidental, servindo de base de apoio às forças aliadas. Durante o conflito mundial, o Aeroporto Augusto Severo foi o aeroporto mais movimentado do mundo.[9]

Era conhecido originalmente como "Parnamirim Field" e recebeu o apelido de "Trampolim da Vitória" pois durante a Segunda Guerra em 1942, os aviões dos Estados Unidos pousavam em Natal para serem reabastecidos e então voarem para combater na África. Posteriormente esse apelido passou a designar a cidade de Natal. Quando o município de Parnamirim finalmente se tornou emancipado - em 1958 - é que o apelido passou para Parnamirim.

 
Estacionamento e fachada do aeroporto.

De 1943 a 1945, o aeroporto foi usado em conjunto pelo Exército e Marinha dos Estados Unidos, pela Royal Air Force, pelas linhas comerciais e pela Força Aérea Brasileira. A manutenção e segurança das instalações eram feitas pelo Exército dos Estados Unidos no Atlântico Sul (USAFSA).

No dia 31 de março de 1980, o Ministério da Aeronáutica transferiu à Infraero a missão de administrar o aeroporto. Nesta mesma data foram inauguradas as reformas realizadas nas instalações do terminal de passageiros.

Em 24 de março de 2000 foi inaugurado o novo terminal de passageiros pelo então Presidente da República Fernando Henrique Cardoso, com capacidade para 1,5 milhão de viajantes ao ano.

 
Vista aérea do aeroporto.

No primeiro semestre de 2011, foi iniciada uma reforma com vistas à realização da Copa do Mundo FIFA de 2014 na cidade. A obra foi concluída em agosto de 2012 e a capacidade do terminal foi ampliada para 5,8 milhões de passegeiros. Além disso, houve melhorias nas salas de embarque e desembarque, a instalação de dois novos elevadores, duas novas escadas rolantes na área de desembarque, revitalização dos sanitários e implantação de 12 novos balcões de check-in.[10][11]

Com a inauguração do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, em 31 de maio de 2014, às 8h, o Augusto Severo foi desativado para a aviação civil comercial. A previsão é que opere somente com aviação militar, já que está ao lado da Base Aérea de Natal. Durante a Copa do Mundo de 2014, contudo, o Augusto Severo ainda irá receber os voos de delegações e autoridades que vêm para o Mundial sob a coordenação da FAB.[3]

Atualmente, localiza-se no município de Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal, próximo à BR-101 sul, a principal entrada de Natal, tanto para quem vem de Fortaleza/Mossoró, como para quem vem de Recife/João Pessoa.

Complexo aeroportuárioEditar

 
Saguão.
 
Vista interna do terminal.

O terminal do aeroporto é um dos menores do país,[12] foi inaugurado em 24 de março de 2000 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso, e tem uma área de 11,3 mil metros quadrados e capacidade para 1,5 milhão de passageiros por ano.

Com uma área de 5,5 milhões de metros quadrados, o complexo aeroportuário desenvolve suas atividades em 16.482 metros quadrados de terminais de passageiros e carga e instalações administrativas e de manutenção.

A pista principal tem 2.600 metros e o pátio 37 mil metros quadrados.

Foi desativado em 31 de maio de 2014, após as obras de requalificação e modernização do terminal concluída em agosto de 2012, com investimentos na ordem de R$ 16,4 milhões, que contemplaram novas salas de embarque e desembarque, instalação de novo sistema de ar-condicionado, novos elevadores e escadas rolantes, 12 novos balcões de check-in e fraldário, entre outras melhorias, o aeroporto passou a ter capacidade para até 5,8 milhões de passageiros.

FechamentoEditar

O fechamento do aeroporto,foi devido ao início das operações no Aeroporto Aluísio Alves.

O último a pousar no aeroporto foi um voo vindo de Lisboa,pela TAP Portugal.

O fechamento ocorreu no dia 31 de maio as 6:20 da manhã,horário do último voo que partiu para Maceió pela Azul Linhas Aéreas.

EstatísticasEditar

 
Passageiros desembarcando no aeroporto.
Aeroporto Internacional Augusto Severo
Ano Total de Passageiros % diferença Movimento de aeronaves % diferença Rank Brasil
2003[13] 875.151   16.461   16
2004[14] 1.127.952   28,8% 18.850   14,5% 16
2005[15] 1.299.144   15,1% 19.534   3,6% 16
2006[16] 1.391.956   7,1% 18.755   4.1% 16
2007[17] 1.578.165   13,3% 20.772   10,7% 16
2008[18] 1.643.369   4,1% 20.246   2,5% 16
2009[19] 1.881.580   14,4% 23.015   13,6% 17
2010[20] 2.413.416   28,2% 28.625   24,3% 17
2011[21] 2.586.520   7,0% 30.315   5,9% 18
2012[22] 2.660.864   2,9% 28.108   7,3% 19
2013 (Até Março)[23] 660.435   5,1% 6.543   7,8% 15

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Publicação Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER)» (PDF). Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 1 de outubro de 2016 
  2. «Dados Estatísticos» (XLSB). Agência Nacional de Aviação Civil. 2015. Consultado em 2 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2016 
  3. a b «Aeroporto Augusto Severo, no RN, é desativado para voos comerciais». g1.globo.com 
  4. «G1 - ANAC autoriza funcionamento do novo aeroporto do RN». g1.globo.com 
  5. «Tribuna do Norte - FAB vai assumir o Augusto Severo». tribunadonorte.com.br 
  6. «Augusto Severo tem quarta maior movimentação do Nordeste» 
  7. «Jornal de Hoje - Governadora participa da inauguração das obras do Aeroporto Internacional Augusto Severo». jornaldehoje.com.br 
  8. «NE10 - Aeroporto de Natal é eleito terceiro melhor do País em pesquisa feita com passageiros». ne10.uol.com. Consultado em 27 de janeiro de 2014. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2014 
  9. «Uma linda cidade completa 410 anos» [ligação inativa]
  10. «Tribuna do Norte - Ampliado, Aeroporto Augusto Severo será reinaugurado hoje». tribunadonorte.com.br 
  11. «Infraero - Inaugurada reforma e ampliação do Aeroporto de Natal». www.infraero.gov. Consultado em 19 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  12. «Aeroporto Natal (NAT)» 
  13. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov [ligação inativa]
  14. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov [ligação inativa]
  15. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov [ligação inativa]
  16. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov. Consultado em 9 de setembro de 2010. Arquivado do original (PDF) em 8 de outubro de 2007 
  17. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov. Consultado em 9 de setembro de 2010. Arquivado do original (PDF) em 7 de outubro de 2009 
  18. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov [ligação inativa]
  19. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov [ligação inativa]
  20. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov 
  21. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov 
  22. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov [ligação inativa]
  23. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www.infraero.gov. Consultado em 24 de abril de 2013. Arquivado do original (PDF) em 31 de outubro de 2013 
  24. «Anuário do Transporte Aéreo 2010» 
  25. «Anuário Estatístico 2013 - Ano Base 2012» (PDF). Arquivado do original (PDF) em 3 de março de 2016 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aeroporto Internacional Augusto Severo