Abrir menu principal
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
João Pessoa - Bayeux
Aeroporto
Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto
IATA: JPA - ICAO: SBJP
Características
Tipo Público
Administração Infraero
Serve Região de João Pessoa
Localização Brasil Bayeux, PB
Inauguração 20 de agosto de 1957 (61 anos)
Coordenadas 7° 08' 54" S 34° 57' 01" O
Altitude 66 m (217 ft)
Movimento de 2016
Passageiros 1,418,380pax (BR: 26.º)
Carga 795 797 Kg
Aéreo 5 910 decolagens
Website oficial Página oficial
Mapa
SBJP está localizado em: Brasil
SBJP
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
16 / 34 2 515  m (8 251 ft) Asfalto
Notas
Dados do DECEA[1] e da ANAC[2]

O Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto (IATA: JPAICAO: SBJP) localiza-se em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa, Paraíba.

Distante 11 km do centro de João Pessoa e a 22 km da Praia de Tambaú, seu acesso se dá através da BR-230 (região das praias) ou da Via Oeste (centro da cidade). Sua localização é privilegiada com relação a obstáculos por abranger terrenos situados em um altiplano de cotas hidrográficas em torno de 65 metros e estar suficientemente afastado das áreas urbanas ou de grande expansão imobiliária.

A ocupação do solo nas imediações apresenta baixa densidade demográfica e grandes espaços vazios; os empreendimentos existentes são industriais de porte médio e as residências são do tipo casa de campo. Não há acidentes geográficos de grande porte e as edificações baixas não constituem obstáculos às operações aéreas.

Em uma área de 8 947,72 metros quadrados, o atual terminal de passageiros dispõe de dois pavimentos, jardins e amplo estacionamento de veículos. Salas de embarque e desembarque, saguão, balcões para recebimento e entrega de bagagens, guarda-volumes, guichês para companhias aéreas, lanchonete/restaurante, box para informações turísticas, lojas, locadoras de veículos, serviços de táxi e estacionamento privativo. O aeroporto ainda não dispõe de pontes de embarque (fingers).

Índice

HistóriaEditar

O Comando da Aeronáutica construiu o antigo Terminal de Passageiros e a pista do aeroporto em conjunto com o governo estadual e instalou um Destacamento de Proteção ao Voo para coordenar e oferecer segurança ao Tráfego Aéreo local. Foi homologado pelas autoridades federais em 20 de agosto de 1957.

A jurisdição técnica administrativa e operacional foi transferida para a Infraero em 1 de fevereiro de 1979, pela Portaria nº 136/GM5 de 30 de janeiro de 1979.

No primeiro ano de administração, a Infraero realizou melhorias referentes à pavimentação de área e interseção da pista de pouso e decolagem com a pista de táxi e serviços de pintura da sinalização horizontal da pista 16/34 do Aeroporto.

Entre 1980 e 1981, mediante convênios com o estado da Paraíba, foram executadas obras e serviços de ampliação, reforma e melhoria da infra-estrutura: ampliação da pista de pouso, 16/34 para 2.515x45m e para permitir operação de aeronaves Boeing 707-320c FAB KC 137 (132 ton.), DC-10/30 (210 ton.), B-727-200 (80 ton.) e B-747 (318 ton.); implantação de "stop-way" de 120m, sendo 60m para cada cabeceira; reforço da pista de rolamento; ampliação e reforço do pátio de manobras (90 x 140m) para atender simultaneamente as aeronaves: 1 B-707-320 C, 1 B-727-200 e 1 B-737-100, por meios próprios; obras de drenagem da área de movimento de aeronaves; melhoria do sistema de balizamento luminoso; e instalação do sistema AVASIS (equipamento de auxílio visual).

Em abril de 1983 foi realizada a inauguração do Terminal de Carga Aérea. Desde então, o movimento de cargas cresceu, o que ajudou na logística do estado, principalmente para as indústrias instaladas na grande João Pessoa.

Em 1985, mediante convênio com o Estado da Paraíba, foi concluída a obra de construção de um novo Terminal de Passageiros, onde foi realizada a melhoria significativa dos serviços aeroportuários, com maior conforto ao usuário do transporte aéreo, maior segurança e maior eficiência à operacionalidade do aeroporto.[carece de fontes?]

Entre 2005 e 2007, sofreu uma reforma, pois já clamava por intervenções na infra-estrutura, para atender o crescimento da demanda e a condição de porta de entrada do crescimento turístico nacional e internacional do estado da Paraíba.[carece de fontes?]

Nessa reforma foram realizados os seguintes serviços de modernização:reforma nas salas VIP’s; reforma nos sanitários do Terminal de Passageiros;ampliação na Seção de Contra-Incêndio; pintura da estrutura espacial; reforma dos guarda-corpos dos postes de iluminação dos pátios de estacionamento de aeronaves; emborrachamento de todas as rampas do terminal de passageiros; ampliação da área administrativa; construção de prédio para a manutenção; construção de abrigo de viaturas, entre outros serviços menores.[carece de fontes?]

Em setembro de 2008 o aeroporto recebeu voos naturistas vindo de diversos países para João Pessoa partindo para a praia naturista de Tambaba.[carece de fontes?]

Em 2013, teve fim, uma briga de mais de 50 anos entre os municípios de Bayeux e Santa Rita, localização do aeroporto, segundo decisão judicial, publicada em Diário Oficial em 26 de novembro do mesmo ano. Com a nova decisão, o aeroporto passa a pertencer 56% ao município de Bayeux e 44% ao município de Santa Rita, ambos localizados na Grande João Pessoa.Diante desta decisão, os passageiros pousam na cidade de Santa Rita e desembarcam, na cidade de Bayeux. A decisão foi tomada visando facilitar a aplicação de recursos e cobrança dos impostos em cada município.[carece de fontes?]

Companhias Aéreas e DestinosEditar

Horário dos VoosEditar

Chegadas
Cia Aérea Voo Horário Origem Escala (s) Frequência Aeronave

  AD 2958 01:00 h São Paulo - Campinas --- Sábado Airbus A320

  G3 2168 01:10 h Rio de Janeiro - Galeão --- Domingo a Sexta Boeing 737-700

  AD 5274 01:40h São Paulo - Campinas --- Domingo a Sexta Airbus A320

  G3 1534 01:45h São Paulo - Guarulhos --- Diário Boeing 737-700

  JJ 3478 01:56h Rio de Janeiro - Galeão --- Quinta a Segunda Airbus A320

  JJ 3358 02:31h São Paulo - Guarulhos --- Quinta a Segunda Airbus A320

  O6 6194 09:50h São Paulo - Guarulhos --- Diário Airbus A320

  O6 6190 10:58h São Paulo - Guarulhos --- Sexta e Sábado Airbus A320

  O6 6190 11:05h São Paulo - Guarulhos --- Quarta Airbus A320

  AD 5118 11:35h São Paulo - Campinas --- Domingo Embraer 195

  G3 2166 11:41h Rio de Janeiro - Galeão --- Sábado e Domingo Boeing 737-700

  G3 1730 12:15h Brasília --- Diário Boeing 737-700

  G3 2167 12:15h Rio de Janeiro - Galeão --- Segunda a Sexta Boeing 737-700

  JJ 3382 12:40h Brasília --- Quinta e Sexta Airbus A320

  JJ 3280 12:51h Brasília --- Domingo a Quarta Airbus A320

  JJ 3832 13:05h Brasília --- Sábado Airbus A320

  AD 2839 14:04h Recife --- Domingo ATR 72-600

  AD 2830 14:19h Recife --- Segunda a Sábado ATR 72-600

  O6 6342 14:40h Brasília --- Diário Airbus A320

  JJ 3356 15:02h São Paulo - Guarulhos --- Diário Airbus A320

  G3 1536 16:37h São Paulo - Congonhas --- Diário Boeing 737-700

  AD 2964 16:50h Belo Horizonte - Confins --- Sábado Embraer 195

  G3 2171 16:50h Rio de Janeiro - Galeão Campina Grande Diário Boeing 737-800
  AD 5087 23:10h Recife --- Domingo a Sexta ATR 72-600
  O6 6136 23:55h Rio de Janeiro - Galeão --- Diário Airbus A320
  G3 7702 17:35h Buenos Aires-Ezeiza --- Sábado Boeing 737-800
  TP -- --:-- Lisboa --- Regular, ainda não

definido.

Airbus A321
Partidas
Cia Aérea Voo Horário Destino Escala (s) Frequência Aeronave

  AD 5275 02:20 h São Paulo - Campinas --- Segunda a Sábado Airbus A320

  G3 1535 02:45 h São Paulo - Guarulhos --- Diário Boeing 737-700

  AD 5193 03:00h São Paulo - Campinas --- Domingo Airbus A320

  G3 2165 03:20h Rio de Janeiro - Galeão --- Segunda a Sábado Boeing 737-700

  JJ 3479 03:28h Rio de Janeiro - Galeão --- Sexta a Terça Airbus A320

  JJ 3359 03:50h São Paulo - Guarulhos --- Sexta a Terça Airbus A320

  O6 6137 05:20h Rio de Janeiro - Galeão --- Diário Airbus A320

  AD 5077 07:59h Recife --- Segunda a Sábado ATR 72-600

  O6 6195 11:53h São Paulo - Guarulhos --- Diário Airbus A320

  AD 2728 12:05h São Paulo - Campinas --- Domingo Embraer 195

  G3 2169 12:11h Rio de Janeiro - Galeão --- Sábado e Domingo Boeing 737-700

  G3 2163 12:45h Rio de Janeiro - Galeão --- Segunda a Sexta Boeing 737-700

  G3 1537 12:53h São Paulo - Congonhas --- Diário Boeing 737-700

  JJ 3281 13:30h Brasília --- Diário Airbus A320

  AD 2838 15:00h Recife --- Sábado ATR 72-600

  JJ 3247 15:28h São Paulo - Guarulhos --- Sábado Airbus A320

  O6 6343 15:30h Brasília --- Diário Airbus A320

  JJ 3117 15:34h São Paulo - Guarulhos --- Domingo, Terça e Quinta Airbus A320

  JJ 3357 15:39h São Paulo - Guarulhos --- Segunda, Quarta e Sexta Airbus A320

  AD 5737 15:40h Recife --- Domingo a Sexta ATR 72-600

  G3 1731 17:07h Brasília --- Diário Boeing 737-700

  AD 2965 17:20h Belo Horizonte - Confins --- Sábado Embraer 195

  G3 2171 17:20h Rio de Janeiro - Galeão --- Diário Boeing 737-800
  G3 7702 18:15h Buenos Aires-Ezeiza Maceió Sábado Boeing 737-800
  TP -- --:-- Lisboa --- Regular, ainda não definido Airbus A321

EstatísticasEditar

Movimento de passageiros [3]
Ano Movimento (Passageiros) %
2003 235.801 ---
2004 232.334 - 1,47%
2005 339.155 + 45,97%
2006 415.648 + 22,55%
2007 500.547 + 20,42%
2008 448.444 - 10,40%
2009 598.015 + 33,35%
2010 926.043 + 54,85%
2011 1.144.256 + 23,56%
2012 1.252.359 + 9,44%
2013 1.230.230 - 1,76%
2014 1.327.284 + 7,88%
2015 1.463.315  + 10,24%
2016 1.418.380   - 3,07%
2017 1.387.496 - 2,17%
OUTUBRO/ 2018 1.047.007
Maiores rotas domésticas saindo de João Pessoa (2010)[4]
Rank Cidade Passageiros
1   São Paulo-Guarulhos, São Paulo 133.666
2   Rio de Janeiro-Galeão, Rio de Janeiro 125.505
3   Recife, Pernambuco 83.390
4   Brasília, Distrito Federal 52.355
5   Salvador, Bahia 50.182
6   Belo Horizonte-Confins, Minas Gerais 9.482
7   São Paulo-Congonhas, São Paulo 3.261
8   Campinas, São Paulo 2.818
9   Natal, Rio Grande do Norte (só durante as ferias escolares) 1.118
10   Porto Seguro - Bahia (cancelado) 184

Complexo aeroportuárioEditar

  • Sítio aeroportuário: 3.886.920,35
  • Pátio das aeronaves: 2.550 x 45
  • Pista (m): 2.515 x 45
  • Movimento (2012): 1.252.359
  • Aeronaves (2012): 13.431
  • Área (m²): 9.464
  • Estacionamento: 600 vagas
  • Estacionamento de aeronaves: 6 posições (Planejamentos para aumentar o número de estacionamentos de aeronaves e terminais de passageiros)

PistaEditar

Capacidade

  • Cabeceira = 16 / 34
  • Comprimento = 2515 metros (2.5km)
  • Superfície = Asfalto


A pista possui capacidade para aeronaves do tipo:

(Com Restrições)

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Publicação Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER)» (PDF). Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 1 de outubro de 2016 
  2. «Dados Estatísticos» (XLSB). Agência Nacional de Aviação Civil. 2015. Consultado em 2 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2016 
  3. https://web.archive.org/web/20100610014835/http://www.infraero.gov.br/movi.php?gi=movi. Arquivado do original em 10 de junho de 2010  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. «Anuário do Transporte Aéreo 2009». Arquivado do original em 3 de março de 2016 

Ligações externasEditar