Africada palatal surda

Africada palatal surda
IPA 107 (138)
Codificação
Entidade (decimal) c​͡​ç
Unicode (hex) U+0063 U+0361 U+00E7
X-SAMPA c_C

A africada palatal surda é um tipo de som consonantal, usado em algumas línguas faladas. Os símbolos no Alfabeto Fonético Internacional que representam este som são ⟨c͡ç⟩ e ⟨c͜ç⟩, e o símbolo X-SAMPA equivalente é c_C. A barra de ligação pode ser omitida, rendendo ⟨cç⟩ no AFI e cC no X-SAMPA.

Este som é o equivalente não sibilante do africado alvéolo-palatal surdo.

O africado palatal surdo ocorre em idiomas como o húngaro e o Skolt Sami, entre outros. A consoante é bastante rara; está quase ausente da Europa (com exceção das línguas Urálicas e Albanesas). Geralmente ocorre com sua contraparte expressa, a africada palatal expressa.

Há também o africado pós-palatal surdo em algumas línguas, que é articulado ligeiramente mais atrás em comparação com o local de articulação do africado palatal surdo prototípico, embora não tão atrás quanto o africado velar surdo prototípico. O Alfabeto Fonético Internacional não tem um símbolo separado para esse som, embora possa ser transcrito como ⟨c̠͡ç̠⟩, ⟨c͡ç˗⟩ (ambos os símbolos denotam um ⟨c͡ç⟩ retraído) ou ⟨k̟͡x̟⟩ (⟨k͡x⟩ avançado) - este o artigo usa apenas o primeiro símbolo. Os símbolos X-SAMPA equivalentes são c_-_C_- e k_+_x_+, respectivamente.

Especialmente na transcrição ampla, o africado pós-palatal surdo pode ser transcrito como um africado velar surdo palatalizado (⟨k͡xʲ⟩ ou ⟨k͜xʲ⟩ no AFI, k_x' ou k_x_j no X-SAMPA).

CaracterísticasEditar

  • Sua forma de articulação é africada, o que significa que é produzida primeiro interrompendo totalmente o fluxo de ar, depois permitindo o fluxo de ar através de um canal restrito no local de articulação, causando turbulência. Não é uma sibilante.
  • Seu local de articulação é palatino, o que significa que é articulado com a parte média ou posterior da língua elevada ao palato duro. A outra variante pós-palatina idêntica é articulada ligeiramente atrás do palato duro, fazendo com que soe um pouco mais perto do velar [k͡x].
  • Sua fonação é surda, o que significa que é produzida sem vibrações das cordas vocais. Em alguns idiomas, as cordas vocais estão ativamente separadas, por isso é sempre sem voz; em outras, as cordas são frouxas, de modo que pode assumir a abertura de sons adjacentes.
  • É uma consoante oral, o que significa que o ar só pode escapar pela boca.
  • É uma consoante central, o que significa que é produzida direcionando o fluxo de ar ao longo do centro da língua, em vez de para os lados.
  • O mecanismo da corrente de ar é pulmonar, o que significa que é articulado empurrando o ar apenas com os pulmões e o diafragma, como na maioria dos sons.

OcorrênciaEditar

Língua Palavra AFI Significado Notas
Albanês Padrão[1] qaj [c͡çaj] Eu choro Pode se fundir com [t͡ʃ] em alguns dialetos. Retido como [c] em algumas variedades de albanês tosk, ou alternativamente [c͡ç].
Asturiano Asturiano ocidental [es][2] muyyer [muˈc͡çeɾ] Mulher Evolução alternativa de -lj-, -c'l-, pl-, cl- and fl- na área de Brañas Vaqueiras, nas Astúrias Ocidentais. Pode ser também realizado como [c] or [ɟ͡ʝ].
Neerlandês[3] bakje [ˈbɑc̠͡ç̠jə] Bandeja Pós-palatal; alofone de /k/ antes de /j/.[3]
Húngaro tyúk [c͡çuːk] Galinha
Caingangue[4] [c͡çɔi̯ɟ] Tipulidae Possível realização no começo e palavras de /ç/.[5]
Coreano 켜다 / kyeoda [c͡çɘː.dɐ] Ligar Alofone de /kʰ/ antes de /i/ e /j/.
Navajo ashkii [aʃc͡çiː] Menino Alofone de /kʰ/ antes de vogais frontais /i, e/.
Norueguês Dialetos centrais e ocidentais ikkje [ic͡çə] Não
Lapão escolto sääˊmǩiõll [ɕa̟ːmʰc͡çjɘhlː] Lapão escolto

Referências

  1. Palatal controversies Péter Siptár(2013)
  2. «Tinéu. Mapa del conceyu | El Teixu» (em asturiano). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  3. a b Collins & Mees (2003), p. 193.
  4. Jolkesky (2009), pp. 676, 681.
  5. Jolkesky (2009), p. 681.