Abrir menu principal
Pintura que retrata a resistência Grega no monastério de Agria Lavra. Óleo sobre tela de: Theodoros Vryzakis

Agia Lavra ("Santa Lavra") é um monastério nas proximidades de Calávrita, Acaia, na Grécia. Foi construído em 961 depois de Cristo, na montanha Chelmos, à uma altitude de 961 metros acima do mar, pode ser descrito como o local de nascimento da Grécia moderna. Permanece como um dos mais antigos monastérios do Peloponeso[1].

Foi construído no século 10, mas devido à um incêndio, foi reconstruído totalmente em 1585 pelo império Otomano. Começou a ser redecorado com afrescos, à partir de 1600, os trabalhos artísticos foram concluídos em 1645. Tornou a ser destruído por incêndios nos anos de 1715 e em 1826 pelos exércitos do Rei Ibrahim Pasha do Egito. Em 1850 após o renascimento da Grécia moderna, o prédio foi completamente reconstruído. O monastério foi destruído novamente em 1943 por forças do Exército Alemão, durante os conflitos da Segunda Guerra Mundial.[1]

Referências

  1. a b «Agia Lavra Monastery in Kalavryta - Greeka.com». Greeka (em inglês). Consultado em 23 de fevereiro de 2018 
  Este artigo sobre a Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.