Abrir menu principal
Agostinho Patrus Filho
Presidente da Assembleia Legislativa de  Minas Gerais
Período 1 de fevereiro de 2019
até atualidade
Deputado estadual de  Minas Gerais
Período 1 de fevereiro de 2007
até atualidade
Secretário de Estado de Turismo de  Minas Gerais
Período 2011 a 2013
Secretário de Estado de Desenvolvimento Social de  Minas Gerais
Período 2008 a 2009
Dados pessoais
Nome completo Agostinho Célio Andrade Patrus
Nascimento 1 de julho de 1971 (48 anos)
Belo Horizonte-MG
Partido PV
Profissão Administrador
linkWP:PPO#Brasil

Agostinho Célio Andrade Patrus (Belo Horizonte, 1º de julho de 1971), conhecido com Agostinho Patrus Filho, é um político brasileiro do estado de Minas Gerais, filiado ao Partido Verde. Foi eleito deputado estadual para a 16ª (2007 - 2011), a 17ª (2011-2015) a 18ª (2015-2019) e 19ª (2019-2023) legislaturas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Em 2019, foi eleito presidente do Poder Legislativo mineiro para o biênio 2019-2021.

Além da experiência legislativa, exerceu, no Poder Executivo, os cargos de secretário de Estado de Desenvolvimento Social e, posteriormente, de Secretário de Estado de Turismo. Foi responsável por implementar, em Minas Gerais, as principais políticas públicas dessas duas áreas, nos últimos anos.

Agostinho Patrus é administrador de empresas e empresário dos setores agropecuário e de transportes. É graduado em Administração, pela PUC Minas, e pós-graduado em Gestão Empresarial e em Logística, pela Fundação Getúlio Vargas.

É filho do ex-deputado estadual Agostinho Patrus, que também já foi presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

TrajetóriaEditar

Agostinho iniciou sua vida pública antes dos 30 anos e, ao concorrer para seu primeiro cargo eletivo, em 2006, se destacou como o deputado mais bem votado do Partido Verde em todo o Brasil, com cerca de 100 mil votos. Em 2007, ao assumir sua primeira legislatura, Agostinho tornou-se membro efetivo das comissões de Redação e de Fiscalização Financeira e Orçamentária, além de líder da bancada do Partido Verde na ALMG. Em 2008, tornou-se líder do Bloco Parlamentar Social[1] (BPS), reunindo 16 parlamentares do PV, PPS, PSB, PSC. Nesse mesmo ano, em dezembro, foi convidado a assumir a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social[2], momento em que esteve à frente da formulação, implementação e execução das principais políticas públicas da área social de Minas Gerais.

Em 2010, foi reeleito deputado estadual, com mais de 93 mil votos - nono parlamentar mais bem votado no Estado. No ano seguinte, assumiu a Secretaria de Estado de Turismo[3] e, em quase três anos, impulsionou o segmento por meio de ações e projetos voltados para a valorização da cultura, da gastronomia e das diversas vertentes turísticas de Minas Gerais.

Em 2014 foi eleito, pela terceira vez, deputado estadual e foi reconduzido, por mais dois anos, ao cargo de presidente estadual do Partido Verde. Em 2015, tornou-se líder do segundo maior bloco parlamentar da ALMG – Compromisso com Minas Gerais[4] –, agregando 23 deputados de dez partidos políticos. É escolhido para ser vice-presidente da Comissão de Administração Pública, além de membro suplente das Comissões de Constituição e Justiça, de Fiscalização Financeira e Orçamentária e de Política Agropecuária e Agroindustrial[4].

Em 2018, Agostinho Patrus foi reeleito como deputado estadual. Já empossado, em 2019, foi eleito como presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, para o biênio 2019-2021.[5] Escolhido por unanimidade entre os parlamentares da Casa, o deputado assumiu um cargo que já foi ocupado por seu pai, Agostinho Patrus.

CondecoraçõesEditar

2007Editar

  • Medalha da Inconfidência – Medalha de Honra

2008Editar

  • Medalha Comemorativa dos 200 anos da Polícia Civil
  • Medalha da Ordem do Mérito Legislativo – Mérito Especial
  • Medalha do Ministério Público
  • Medalha Francisco José Lins do Rego

2009Editar

  • Comenda da Escola Municipal Dr. João Batista de Rezende pela participação nos 14 anos da Instituição Escolar – Santana de Cataguases
  • Medalha do Mérito Municipalista Celso Mello de Azevedo

2010Editar

  • Medalha Santos Dumont – Grau Prata
  • Medalha do Mérito do Transporte Rodoviário de Carga Mineiro

2011Editar

  • Medalha Calmon Barreto
  • Medalha Presidente Juscelino Kubitschek
  • Placa de agradecimento da Skal pela dedicação e empenho frente à Secretaria de Estado de Turismo

2012Editar

  • Diploma e Medalha da “Ordem do Mérito Imperador D. Pedro II”, concedida pelo comandante geral do Corpo de Bombeiros
  • Medalha Comemorativa do Dia do Estado de Minas Gerais
  • Placa de agradecimento pelos préstimos concedidos ao povo itapevense como Secretário de Turismo

2013Editar

  • Comenda Teófilo Otoni
  • Comenda da Liberdade e Cidadania
  • Grande Colar de Mérito Legislativo Municipal Célio de Castro
  • Placa de agradecimento da Abrasel “Parceiros da Excelência Abrasel” pela relevante atuação em prol do desenvolvimento do setor da alimentação fora do lar no Estado de MG
  • Placa de agradecimento do Motoclube Esquadrão MG de Passos/MG
  • Placa de agradecimento da Abav/MG pela parceria e apoio na realização do 7° Salão de Turismo

2014Editar

  • Medalha de Mérito Desembargador Ruy Gouthier de Vilhena
  • Placa de agradecimento pela participação na consolidação dos projetos Acer
  • Placa de Homenagem especial do município de São Gonçalo do Rio Preto

2017Editar

  • Medalha Itália-Affari
  • Medalha do Sindicato dos Policiais Federais do Estado de Minas Gerais (SINPEF/MG)
  • Medalha Santos Dumont – Grau Ouro

TítulosEditar

Referências

  1. Cidadão, Assembleia de Minas - Poder e Voz do. «Biografia - Deputado Agostinho Patrus Filho - Assembleia de Minas». Assembleia de Minas. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  2. TEMPO, O (28 de abril de 2013). «Agostinho Patrus Filho é novo secretário de Estado Desenvolvimento Social». Política 
  3. TEMPO, O (26 de abril de 2013). «Agostinho Patrus é o novo secretário de estado do turismo». Turismo 
  4. a b Cidadão, Assembleia de Minas - Poder e Voz do. «Participação em Comissões - Deputado Agostinho Patrus Filho - Assembleia de Minas». Assembleia de Minas. Consultado em 19 de janeiro de 2018 
  5. Cidadão, Assembleia de Minas-Poder e Voz do. «Mesa». Assembleia de Minas. Consultado em 19 de fevereiro de 2019