Agustín de Iturbide y Green

Agustín de Iturbide y Green (Cidade do México, 2 de abril de 1863 - Washington, 3 de março de 1925) foi um príncipe mexicano.

Agustín do México
Príncipe de Iturbide
Príncipe-Herdeiro do México
Período 13 de setembro de 1865 - 15 de maio de 1867
 
Nascimento 2 de abril de 1863
  Cidade do México, México
Morte 3 de março de 1925 (61 anos)
  Washington, Estados Unidos
Cônjuge Lucy Eleanor Jackson (1894)
Mary Louise Kearney (1915)
Pai Angelo de Iturbide
Mãe Alicia Green

TutelagemEditar

Maximiliano de Habsburgo, que não tinha descendência, com o objetivo de unificar a dinastia do primeiro e do segundo império mexicano tomou Augustín de Iturbide y Green sob sua tutela como herdeiro aos três anos de idade, outorgando-lhe o título de "Príncipe de Iturbide" e o colocou na linha de sucessão, depois dele, e de sua esposa a Imperatriz Carlota.

A tutelagem se realizou ao mesmo tempo de seu primo Salvador de Iturbide y Marzán de dezesseis anos de idade, que mesmo sendo mais velho, como era filho de um oitavo filho do Imperador Agustín I de México, se colocou depois do pequeno Agustín, além disso, se outorgou o título de "Príncipe de Iturbide", no 16 de setembro de 1865. Como tutora foi chamada à corte Josefa de Iturbide y Huarte, a tia paterna do príncipe mexicano, filha de Agustín de Iturbide, os três foram os únicos membros da família Iturbide em que se permitiu viver no México.

InfânciaEditar

Desde seu nascimento, até a data fecha de sua tutelagem (1865) por Maximiliano I de México, sua vida transcorria, até certo ponto sem agitações. Foi em 1865, quando em parte vendo que não tinha descendência biológica e para tratar de ganhar laços com o Primeiro Império, Maximiliano I de México, apoiado pelos mexicanos conservadores e pelo Segundo Império Francês, contata à Casa de Iturbide para negociar a tutelagem dos únicos netos do ex - Imperador mexicano Agustín de Iturbide: Salvador de Iturbide y Marzán e o pequeno Agustín de Iturbide y Green.