Ai, acabadas são as festas

"Ai, acabadas são as festas" é uma cantiga de Reis tradicional portuguesa originária de Canas de Senhorim, freguesia portuguesa do concelho de Nelas.[1] Foi recolhida do povo pelo etnógrafo Rodney Gallop e publicada em 1937 nos seus Cantares do Povo Português[carece de fontes?]. Partindo desta publicação, o compositor português Fernando Lopes-Graça utilizou esta composição como andamento final da sua Primeira Cantata do Natal.[2]

LetraEditar

 
David Teniers, o Jovem: A Décima Segunda Noite (1634-1640) no Museu do Prado. Com o final do ciclo dos doze dias, terminavam igualmente os excessos da época.

O tema da cantiga é o lamento pelo terminar do ciclo dos doze dias. Este ciclo inclui três ocasiões de celebração: dia de Natal, dia de Ano Bom e dia de Reis. Aproveitando ainda não ter "oficialmente" finado a época, os cantadores pedem, exibindo um certo atrevimento, esmolas aos donos da casa, incentivando o ato com a promessa da Salvação como pagamento da generosidade.

Ai, acabadas são as Festas
Ai, chegados são os três Reis,
Ai, olhem lá por suas casas
Se há alguma coisa que deis.

Ai, senhora que estais ao lume,
Ai, assentada na cortiça,
Ai, levantai-vos, ó senhora,
Vinde-nos dar a choiriça.

Ai, cá esperamos confiados
Ai, que a esmola nos dareis.
Ai, quer a deis, quer a deis,
Sempre vós ao Céu ireis.[3]

DiscografiaEditar

  • 1956Cantos Tradicionais Portugueses da Natividade. Coro de Câmara da Academia de Amadores de Música. Radertz. Faixa 19.
  • 1978Primeira Cantata do Natal. Grupo de Música Vocal Contemporânea. A Voz do Dono / Valentim de Carvalho. Faixa 19.
  • 1994Lopes Graça. Grupo de Música Vocal Contemporânea. EMI / Valentim de Carvalho. Faixa 19.
  • 20001ª Cantata do Natal Sobre Cantos Tradicionais Portugueses de Natividade. Coral Públia Hortênsia. Edição de autor. Faixa 19.
  • 2012Fernando Lopes-Graça - Obra Coral a capella - Volume II. Lisboa Cantat. Numérica. Faixa 22.
  • 2013Fernando Lopes-Graça - Primeira Cantata de Natal. Coro da Academia de Música de Viana do Castelo. Numérica. Faixa 19.[2]

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Die Klingende Brücke (2014). «Cantiga dos reis» (PDF) (em alemão). Consultado em 6 de dezembro de 2015. Arquivado do original (pdf) em 3 de março de 2016 
  2. a b Paula de Castro; Miguel Azguime, et al. «Primeira Cantata do Natal». Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa. Consultado em 7 de agosto de 2015 
  3. Coro da Academia de Música de Viana do Castelo. «Fernando Lopes-Graça: Primeira Cantata de Natal» (pdf). Consultado em 15 de agosto de 2015