Ainda Resta uma Esperança

Ainda Resta uma Esperança
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Júlio Atlas
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Waldemar de Moraes
Elenco Rosamaria Murtinho
Francisco Cuoco
Maria Aparecida Alves
Altair Lima
Astrogildo Filho
Rachel Martins
Lourdinha Félix
Wilma de Aguiar
Geny Prado
Tony Vieira
ver mais
Exibição
Emissora original Brasil TV Excelsior
Formato de exibição Preto e branco
Transmissão original 4 de março de 1965 - 8 de maio de 1965
Episódios 58
Cronologia
O Céu É de Todos
Os Quatro Filhos

Ainda Resta uma Esperança é uma telenovela brasileira produzida pela extinta TV Excelsior e exibida de 4 de março a 8 de maio de 1965 no horário das 19 horas, totalizando 58 capítulos. Foi escrita por Júlio Atlas e dirigida por Waldemar de Moraes.[1]

Uma proposta ousada para a época: uma mulher casada, vendo o casamento desmoronando, decide abortar sua gravidez. Tanta audácia fez de Ainda Resta uma Esperança a primeira telenovela a ter problemas com a censura da ditadura militar do Brasil, que obrigou a emissora a mudar o título original (As Desquitadas).[1]

Elenco[1]Editar

Referências

  1. a b c FERNANDES, Ismael. Memória da Telenovela Brasileira. São Paulo: Proposta Editorial, 1982, 1 ed. p. 19