Abrir menu principal
Uma amostra de alume de potássio KAl (SO4)2.12H2O (pedra-ume)

Alume, no Brasil (do grego als, alos: sal), ou alúmen (em Portugal e restantes países lusófonos), é o nome comum dado a uma classe importante de compostos químicos - os sulfatos duplos dodeca-hidratados de um metal trivalente (alumínio, cromo, ferro) ou amônio e de um metal alcalino (sódio, potássio), ou de prata, cuja fórmula geral é

AB(SO4)2.12H2O.

Na origem, o termo "alume" se referia especificamente ao sulfato duplo de potássio e alumínio dodeca-hidratado, popularmente conhecido como pedra-ume, cuja fórmula é KAl (SO4)2.12H2O. É um adstringente[1] e antisséptico. Os antigos gregos e romanos já o usavam como adstringente e fixador para tinturaria.

A pedra-ume é também usada, depois de humedecida, como coagulante, em pequenos ferimentos. Além disso, o alume é empregue na composição de desodorizantes antitranspirantes, pois as suas propriedades antissépticas eliminam as bactérias causadoras de mau cheiro, permitindo no entanto um transpiração inodora.

Ver tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.