Abrir menu principal

Alberto Leal Barradas Monteiro Braga (Foz do Douro, Porto, 1851 - 1911) foi um jornalista e escritor português.

Índice

BiografiaEditar

Alberto Braga foi secretário do Instituto Comercial de Lisboa. Ao longo da sua carreira assinou diversas crónicas literárias em jornais portugueses e brasileiros. Como autor, escreveu peças de teatro e livros de contos sendo reconhecido pelo seu estilo directo e claro, pela sobriedade na escrita e pelo tom sentimental que imprimiu a algumas das suas obras. Desenvolveu peças teatrais com uma forte raiz romântica e com pendor naturalista. Foi diretor da revista A semana de Lisboa [1] (1893-1895) e colaborou em várias publicações periódicas, nomeadamente nas revistas Brasil-Portugal[2] (1899-1914), Illustração portugueza[3] (1903-1980), Serões[4] (1901-1911) e A risota[5] (1908).

Faleceu na mesma freguesia onde nasceu, vítima de tuberculose.

Obras publicadasEditar

ContosEditar

  • ????[6] - Contos da Aldeia (eBook)
  • 1879 - Contos da Minha Lavra
  • 1887 - Os Confidentes
  • 1892 - Contos Escolhidos (antologia que recolheu os textos de "Contos da Aldeia" e "Novos Contos")
  • ???? - O Engeitado (eBook)

TeatroEditar

  • 1892 - A Estrada de Damasco
  • 1894 - A Irmã
  • 1897 - O Estatuário

Referências