Alberto Grimaldi

Alberto Grimaldi (Nápoles, 28 de março de 1925 - Miami, 23 de janeiro de 2021) foi um produtor de cinema italiano.

Alberto Grimaldi
Nascimento 28 de março de 1925
Morte 23 de janeiro de 2021 (95 anos)
Miami, Flórida
Ocupação produtor de cinema

BiografiaEditar

Em sua longa carreira, Grimaldi produziu diversos dos mais importantes e populares filmes feitos na Itália e trabalhou com diretores como Federico Fellini, Bernardo Bertolucci, Martin Scorsese e Sergio Leone, com quem fez alguns dos mais famosos western spaghetti como Três Homens em Conflito, com Clint Eastwood, considerado a obra-prima do gênero.[1]

Entre outros, Grimaldi produziu Satyricon, Il Casanova di Federico Fellini e Ginger e Fred de Fellini, Queimada! de Gillo Pontecorvo, a Trilogia dos Dólares, de Leone, Último Tango em Paris de Bertolucci, Salò ou os 120 Dias de Sodoma e Decameron de Pier Paolo Pasolini, O Homem de La Mancha, de Arthur Hiller e Gangues de Nova York, de Scorsese.

MorteEditar

Grimaldi morreu em 23 de janeiro de 2021 em Miami.[2]

Referências

  1. UOL Cinema
  2. «Alberto Grimaldi, morto il produttore di Leone (e dei film scandalo)». Corriere della Sera (em italiano). 24 de janeiro de 2021. Consultado em 24 de janeiro de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre produtor cinematográfico é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.