Alberto II de Mônaco

Príncipe do Mónaco
(Redirecionado de Alberto II do Mônaco)

Alberto II (Mónaco, 14 de março de 1958), é o chefe da Casa de Grimaldi e, desde 2005, o príncipe soberano do principado do Mónaco.

Alberto II
Príncipe de Mônaco

Marquês de Baux

Príncipe de Mônaco
Reinado 6 de abril de 2005
presente (16 anos e 12 dias)
Predecessor Rainier III
Herdeiro aparente Jaime
 
Esposa Charlene Wittstock
Descendência Gabriela, Condessa de Carladès
Jaime, Príncipe Herdeiro
Casa Grimaldi
Nome completo Alberto Alexandre Luís Pedro
Nascimento 14 de março de 1958 (63 anos)
  Palácio do Príncipe, Monaco-Ville, Mônaco
Pai Rainier III, Príncipe de Mônaco
Mãe Grace Kelly
Religião Catolicismo
Assinatura Assinatura de Alberto II

É o único filho varão do príncipe Rainier III de Mônaco (1923-2005), a quem sucedeu, e de sua esposa, a atriz estadunidense Grace Kelly (1929-1982). Tem duas irmãs, a princesa Caroline de Mônaco (maior) e a princesa Stéphanie de Mônaco (caçula). Alberto II possui o tratamento de "Sua Alteza Sereníssima" oficialmente.

Em 10 de dezembro de 2014 nasceram os seus dois filhos legítimos, frutos do seu casamento com a plebéia Charlene Wittstock, Princesa Consorte: uma menina, a princesa Gabriela, Condessa de Carladès, e um menino, o príncipe Jaime, Príncipe Herdeiro do Mónaco.[1] O bebé do sexo masculino foi nomeado herdeiro da linha de sucessão ao trono monegasco, com o título de Sua Alteza Sereníssima, o Príncipe Herdeiro do Mônaco, Marquês de Baux, enquanto Gabriella tem o título de Condessa de Carladès.[2] Ele ainda tem dois filhos fora do casamento: a estadunidense Jazmin Grace Grimaldi e o francês Alexandre Grimaldi-Coste.

Nascimento e educaçãoEditar

Nascido no Palácio do Príncipe de Mônaco. Ele nasceu como o segundo nascido no geral e o primeiro e único varão do príncipe reinante Rainier III de Mônaco (1923-2005) e a sua esposa, a famosa ex-atriz estadunidense Grace Kelly, Princesa Consorte de Mônaco (1929-1982).

Alberto tem duas irmãs, a princesa Caroline de Mônaco (maior) e a princesa Stéphanie de Mônaco (caçula).

Na época de seu nascimento, ele era o herdeiro aparente ao trono monegasco. Ele tem ascendência irlandesa, alemã e monegasca. Por nascimento, Alberto tinha dupla cidadania do Principado de Mônaco e dos Estados Unidos da América por nascimento, antes de renunciar voluntariamente à sua cidadania estadunidense após se formar.[3]

Foi batizado em 20 de abril de 1958, por Monsenhor Jean Delay, arcebispo de Marselha , na Catedral da Imaculada Conceição de Mônaco, em comunhão com a Igreja Católica. Os seus padrinhos foram: o príncipe Louis de Polignac e a princesa Vitória Eugénia de Battenberg, Rainha Consorte da Espanha (esposa do rei Afonso XIII de Espanha).[4]

EducaçãoEditar

Em 1976, o príncipe Alberto obteve o seu certificado de baccalauréat ao final de seu ensino secundário no "Lycée Albert Premier", uma prestigiada escola secundária pública de Mônaco.[5] Foi um campista e, durante a década de 1970, atuou como supervisor por seis verões em Camp Tecumseh, próximo do lago Winnipesaukee, em Moultonborough, Nova Hampshire.

Em 1977, depois de passar um ano treinando as suas tarefas como príncipe, Alberto foi matriculado em Amherst College, em Massachusetts, onde estudou ciência política, economia, música e literatura inglesa. Também se juntou à fraternidade Chi Psi.

Passou o verão de 1979, viajando pela Europa e pelo Oriente Médio.

Formou-se em 1981, com um Bachelor of Arts em ciência política. Alberto também realizou um programa de intercâmbio na Universidade de Bristol, na Inglaterra.

IdiomaEditar

O seu idioma nativo é o dialeto monegasco e a língua francesa (as línguas consideradas como "oficiais" de Mónaco), mas ele também é fluente em inglês, alemão e italiano.[6]

EsportesEditar

O príncipe foi um ávido esportista, praticando cross-country, lançamento do dardo, andebol, natação, judô, tênis, remo, iatismo, squash e esgrima. É patrono dos time de futebol de Mônaco. Participou de competições de bobsled nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1988, 1992, 1994, 1998 e 2002.

Desde 1985, é membro do Comité Olímpico Internacional.

Em 25 de outubro de 2002, o príncipe Alberto visitou a cidade de Miami, na Flórida, para uma arrecadação de fundos da World Olympics Association no Biltmore Hotel, em Coral Gables.

Pessoal e relacionamentosEditar

Houve muita discussão a respeito do longo estado de solteiro do príncipe, embora Alberto tenha recebido bastante atenção da imprensa por ter namorado atrizes e modelos conhecidas, tais como Angie Everhart, Catherine Oxenberg, Brooke Shields, Claudia Schiffer e Victoria Zdrok. O príncipe Alberto é um dos proprietários da Yoctocosmos (sua rede social).

Em 2016, Albert comprou a casa de criação da princesa Grace Kelly de Mônaco no bairro de East Falls na cidade da Filadélfia (no estado da Pensilvânia), que foi originalmente construída por seu avô, Jack Kelly. Ao adquirir a propriedade da infância de sua mãe, ele afirmou que a casa poderia ser usada como um espaço de museu ou como escritórios para a Princess Grace Foundation.[7] O príncipe Albert não possui propriedade direta do Palácio do Príncipe de Mônaco, mas possui casas pessoais nas cidades de La Turbie e o Château de Marchais em Marchais, ambas localizadas na França.[8][9][10]

O príncipe Albert, é também conhecido por ser um entusiasta por veículos automotivos, e possui modelos como: o BMW Hydrogen 7, o Lexus LS 600h, o Lexus RX 400h, e o Toyota Prius PHV.[11][12][13][14]

Ele possui um Dassault Falcon 7X, um jato de lazer para 14 passageiros, atualmente estacionado no Aeroporto de Nice Côte d'Azur na França.[15]

Albert é amigo íntimo do artista Nall (Fred Nall Hollis) do Alabama e possui algumas de suas obras.[16]

Relação com Charlene WittstockEditar

Primeiros encontros e namoroEditar

Em 10 de fevereiro de 2006, na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, o príncipe Alberto foi visto acompanhado da ex-nadadora sul-africana Charlene Wittstock. Foram vistos juntos de novo no evento do Grande Prêmio de Mônaco.

 
O jovem príncipe Alberto e sua mãe Grace Kelly em 1964.

Em agosto de 2006, ela participou do baile anual da Cruz Vermelha em presença da família principesca monegasca, gerando mais especulações sobre o seu relacionamento com Albert.

Em março de 2008, a revista francesa Point de Vue escreveu que Alberto e Charlene se iriam casar no verão de 2008,[17] o que não se verificou.

Ambos continuaram comparecendo a eventos juntos, separados ou ao lado de membros da família de Grimaldi.

NoivadoEditar

Em 01 de junho de 2010, foi anunciado oficialmente pelo Palácio do Príncipe de Mônaco, que Albert II e a Charlene Wittstock estavam noivos.[18][19]

CasamentoEditar

Em 01 de julho de 2011, o Príncipe Alberto II de Mônaco se casou em uma cerimonia civil com a plebéia Charlene Wittstock, na Sala do Trono do Palácio do Príncipe de Mônaco.

Em 02 de julho de 2011, teve a cerimonia religiosa que ocorreu no Palácio do Príncipe de Mônaco, no pátio do palácio real e foi presidida pelo arcebispo Bernard Barsi e a noiva vestia um vestido do estilista inédito criado por Giorgio Armani.

O casal passou a lua de mel em Moçambique.

Paternidade legítimaEditar

Em 30 de maio de 2014, o casal anunciou oficialmente que Charlene estava esperando o primeiro filho do casal, e que o bebê estava previsto para nascer até o final de 2014 no máximo.[20][21][22]

Depois, em 07 de outubro de 2014, meses depois ao anúncio oficial da gestação, houve a boatos de que a gravidez era de gêmeos, fato confirmado oficialmente por Charlene e depois pelo Palácio do Príncipe de Mônaco.[23][24]

No dia 10 de dezembro de 2014, nasceu os gêmeos: o príncipe Jacques, Príncipe Herdeiro do Mónaco e a princesa Gabriela, Condessa de Carladès.[25]

SaúdeEditar

Em 19 de março de 2020 foi anunciado que Albert estava com Covid-19 em meio a Pandemia de COVID-19, e o assunto logo repercutiu na imprensa mundial, como na CNN dos Estados Unidos. Ele ficou em isolamento social durante 14 dias, mas não apresentou sintomas graves. Meses depois, em 07 de dezembro, ele deu uma entrevista exclusiva para a People onde disse que os sintomas da doença duraram até junho, tendo ele apresentado tosse e fadiga "não todos os dias, mas duas, três vezes por semana".[26][27]

Filhos ilegítimosEditar

Em maio de 2005, Nicole Coste, uma comissária de bordo da Air France natural do Togo, alegou que seu filho mais novo, Alexandre Coste (nascido em 2003), era filho biológico do príncipe. Em 6 de julho daquele ano, Alberto confirmou via o seu advogado que o bebê era realmente o seu filho biológico.

Em 31 de maio de 2006, depois que um teste de DNA confirmou a paternidade de Jazmin Grace Rotolo (nascida em 1992), o príncipe Alberto admitiu por meio de seu advogado que ele era o pai biológico de Jazmin, com cuja mãe, Tamara Rotolo, ele teve um caso amoroso rápido. Ele também convidou a garota para estudar e viver na cidade de Monte Carlo (capital de Mónaco), mas Jazmin está atualmente matriculada em uma escola privada da cidade de San Juan Capistrano na Califórnia.

RegênciaEditar

No dia 22 de março de 2005, Rainier III, pai de Alberto, foi internado em um hospital e ficou em tratamento intensivo, devido a problemas de respiração, rins e coração.

Em 31 de março daquele ano, o Palácio anunciou que o príncipe Alberto tomaria as tarefas de seu pai como regente, já que Rainier III não tinha mais condições para exercer suas funções. O príncipe, então com quarenta e sete anos de idade, passou seu primeiro dia como regente cuidando de seu pai doente de oitenta e um anos, que foi o segundo monarca que mais tempo ficou no poder na Europa.

Príncipe de MônacoEditar

Em 06 de abril de 2005, o Alberto assumiu oficialmente o título de Alberto II de Mônaco e de ser o Príncipe-soberano de Mônaco. Ele é um membro do Fórum Econômico Mundial.

Sucessão do trono monegascoEditar

Até 2011, o fato de Alberto II não se ter ainda casado para ter filhos legítimos tornou-se uma preocupação pública e política, deixando dúvidas quanto à sucessão monegasca e à contínua independência de Mônaco, que seria entregue à França, se a Casa de Grimaldi deixasse de existir.

Em 2 de abril de 2002, uma solução legal foi formulada: o Mônaco aprovou a lei 1.249, que diz que se o príncipe morrer sem nenhum descendente direto legítimo, o trono passará a seus sobrinhos varões e aos descendentes destes sobre a regra da linha de sucessão ao trono monegasco de preferência masculina da lei sálica. Antes dessa mudança, a coroa monegasca passaria somente para um descendente masculino direto de Alberto, tornando as suas irmãs inválidas para herdar o trono, caso ele continuasse sem filhos. Essa mudança torna a extinção da dinastia da Casa de Grimaldi pouco provável.

O príncipe Alberto casou com a plebéia Charlene Whitstock em 2011. Em 30 de maio de 2014, foi anunciado que a princesa Charlene estava grávida do que seriam os primeiros filhos legítimos (dentro do casamento) de Alberto.[28] O nascimento dos gêmeos: a princesa Gabriella e o príncipe Jacques foi em 10 de dezembro de 2014.[1] Até este nascimento de gémeos, era a sua irmã maior: a princesa Carolina do Mónaco, estava ainda como a até então herdeira presuntiva na linha de sucessão ao trono monegasco.

TítulosEditar

Estilo de tratamento de
Alberto II de Mônaco
 

Monograma real

Estilo Sua Alteza
Tratamento direto {{{directo}}}
Estilo alternativo Sua Alteza Sereníssima

Alberto II e os seus títulos:

  • 14 de março de 1958 - 06 de abril de 2005: "Sua Alteza Sereníssima, o Príncipe Hereditário de Mônaco, Marquês de Baux"
  • 06 de abril de 2005 - presente: "Sua Alteza Sereníssima, o Príncipe Soberano de Mônaco"

Como Príncipe, encurtou o seu título, o seu título oficial é "Sua Alteza Sereníssima, o Príncipe Soberano de Mônaco"; isto não inclui os muitos outros estilos reclamados pela família Grimaldi.

PoderesEditar

Ainda que seja uma monarquia constitucional, o Príncipe de Mônaco exerce funções de chefe de Estado e chefe de governo. Alberto II pode dissolver o Conselho Nacional, propor ou alterar leis e a Constituição de Mônaco (que dependem da aprovação do legislativo) e conceder anistias ou cidadania monegasca. O poder judiciário também é subordinado ao príncipe.[29][30]

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alberto II

Notas e referências

  1. a b «Gémeos do Mónaco chamam-se Jacques e Gabriella». Consultado em 10 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 11 de dezembro de 2014 
  2. «Charlène de Mónaco da a luz a un niño y una niña» (em espanhol). El Mundo. 11 de dezembro de 2014. Consultado em 10 de dezembro de 2014 
  3. «Royal baby: Could Harry and Meghan's son pay US taxes?». BBC News (em inglês). 13 de abril de 2019. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  4. «A to Z: The Past and Present of Prince Albert of Monaco by Emma Knightley». web.archive.org. 9 de dezembro de 2018. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  5. «Lycée Albert Premier». Wikipedia (em inglês). 20 de março de 2020. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  6. «A to Z: The Past and Present of Prince Albert of Monaco by Emma Knightley». web.archive.org. 9 de dezembro de 2018. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  7. «Prince Albert Buys Mom Princess Grace's Childhood Home in Philadelphia». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  8. «Monaco Princely Wedding: Miscellaneous News, Information, and Updates». The Royal Correspondent (em inglês). 21 de junho de 2011. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  9. Média, Prisma. «Charlène de Monaco: pour l'amour des enfants - Gala». Gala.fr (em francês). Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  10. Robinson, Jeffrey (5 de maio de 2015). Grace of Monaco: The True Story (em inglês). [S.l.]: Hachette Books 
  11. «Crown Jewel: Prince Albert II of Monaco gets a BMW Hydrogen 7». Autoblog (em inglês). Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  12. «Royal cars: Monaco prince opens the doors to his collection». Auto Express (em inglês). Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  13. «Prince's Palace of Monaco». www.palais.mc. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  14. «PHV magazine Vol8 | TOYOTA MOTOR CORPORATION GLOBAL WEBSITE». web.archive.org. 21 de janeiro de 2013. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  15. Communiqué, Aeronautique ma /. «Le prince Albert de Monaco s'offre un Falcon 7X et un hangar flambant neuf à Nice». Aeronautique.ma (em francês). Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  16. Foreman, Liza (6 de outubro de 2009). «In France, an Artist's Retreat (Published 2009)». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  17. «Playboy Prince Albert of Monaco to settle down and marry at 50». www.dailymail.co.uk. Mail Online. 12 de março de 2008 
  18. «Casamento de Alberto e Charlene: Os noivos e a família (fotogaleria)». Caras. 1 de julho de 2011. Cópia arquivada em 4 de julho de 2011 
  19. «Prince Albert of Monaco engaged to Charlene Wittstock». BBC News. 23 de junho de 2010 
  20. Presse, Da France (30 de maio de 2014). «Príncipe Albert II de Mônaco e sua mulher anunciam gravidez». Mundo. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  21. «Princesa de Mônaco, Charlene anuncia que está grávida». VEJA. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  22. «Príncipe Albert II de Mônaco e sua esposa anunciam gravidez». Terra. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  23. «Princesa Charlene de Mônaco espera gêmeos». VEJA. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  24. «Alberto e Charlene confirmam que vão ser pais de gémeos». MoveNotícias. 9 de outubro de 2014. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  25. «Veja as primeiras fotos de Jacques e Gabriella, filhos do príncipe Albert II e da princesa Charlene». CARAS. 25 de dezembro de 2014. Consultado em 20 de janeiro de 2016 
  26. CNN, Rob Picheta. «Prince Albert II of Monaco tests positive for coronavirus». CNN. Consultado em 7 de dezembro de 2020 
  27. «Prince Albert of Monaco Speaks Out on Long Recovery from COVID-19: 'I Still Didn't Feel Quite Right'». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 7 de dezembro de 2020 
  28. Ana Lúcia Sousa (30 de maio de 2014). «Príncipe Alberto e Charlene do Mónaco vão ser pais». Jornal de Notícias 
  29. «Monarquia de Mônaco». Denmark Royal Kids. 10 de dezembro de 2014. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  30. «Los poderes del príncipe». www.eluniversal.com. El Universal. 28 de junho de 2011. Consultado em 12 de agosto de 2016 

Ligações externasEditar

Precedido por
Rainier III
Príncipe Soberano de Mônaco
2005 - presente
Sucedido por
titular
Presumível herdeira:
O Príncipe Herdeiro, Marquês de Baux