Alcino Soutinho

arquiteto português

Alcino Peixoto de Castro Soutinho (Vila Nova de Gaia, 6 de novembro de 1930Porto, 24 de novembro de 2013) foi um arquitecto português, considerado pela crítica nacional e internacional como integrando a "Escola do Porto"[1].

Alcino Soutinho
Nome completo Alcino Peixoto de Castro Soutinho
Nascimento 6 de novembro de 1930
Vila Nova de Gaia
Morte 24 de novembro de 2013 (83 anos)
Porto
Prémios Prémio "Europa Nostra" (1982)
Prémio da Associação Internacional dos Críticos de Arte (1984)

VidaEditar

Formado pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto em 1957, ano em que inicia a sua actividade como arquitecto em regime livre, Alcino Soutinho usufruiu de uma bolsa concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 1961, para continuação dos estudos em investigação sobre Museologia em Itália. Aí pôde contactar com vários arquitectos italianos que o influenciaram no início da sua carreira. Paralelamente, trabalhou na Fundação das Caixas da Previdência, onde elaborou vários conjuntos de habitação económica no Norte de Portugal, até 1971.

Foi docente da Escola Superior de Belas-Artes do Porto, a partir de 1973 e, mais tarde, da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto.

O seu projecto para o novo edifício do Museu Amadeo de Souza-Cardoso em Amarante, de 1977, trouxe-lhe reconhecimento internacional e, em 1982, recebeu o prémio "Europa Nostra" pela obra de recuperação do Castelo de Vila Nova de Cerveira e sua adaptação para pousada, a Pousada de D. Dinis. Em 1984 foi-lhe atribuído o prémio da Associação Internacional dos Críticos de Arte. Contudo, é com a obra dos novos Paços do Concelho de Matosinhos, concluída em 1987, que obtém consagração nacional e internacional.

ObraEditar

Prémios e homenagensEditar

BibliografiaEditar

Referências

  1. Sérgio C. Andrade (24 de Novembro de 2013). «Morreu Alcino Soutinho, o arquitecto da Câmara de Matosinhos». Jornal Público / Cultura. Publico.pt. Consultado em 24 de Novembro de 2013 
  2. a b c d e Cremascolo, Roberto (2013). Alcino Soutinho. Col: Arquitectos Portugueses. [S.l.]: Verso da História. 94 páginas. ISBN 978-989-8657-36-7 
  3. «ETA de Lever». Águas do Douro e Paiva. Consultado em 25 de Novembro de 2013. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2013 
  4. «Entidades Nacionais Agraciadas com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Alcino Peixoto Castro Soutinho". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 16 de julho de 2022 
  5. «Doutores honoris causa pela UA». Universidade de Aveiro. Consultado em 23 de Agosto de 2014. Cópia arquivada em 28 de Julho de 2014 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) arquiteto(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre Personalidades, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.