Alcoutim

município de Portugal
Disambig grey.svg Nota: Para freguesia de Alcoutim, veja Alcoutim (freguesia). Para vila de Alcoutim, veja Alcoutim (vila).

Alcoutim é um município raiano português pertencente ao distrito de Faro, e região e sub-região do Algarve, com cerca de 2.917 habitantes. Até à divisão administrativa, estabelecida em 1832, pertencia à província do Alentejo.

Alcoutim
Brasão de Alcoutim Bandeira de Alcoutim

Alcoutim - Vista a partir do castelo.jpg
Vista de Alcoutim a partir do seu castelo
Localização de Alcoutim

Gentílico Alcoutenejo
Área 575,36 km²
População 2 917 hab. (2011)
Densidade populacional 5,1  hab./km²
N.º de freguesias 4
Presidente da
câmara municipal
Osvaldo Gonçalves (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1304
Região (NUTS II) Algarve
Sub-região (NUTS III) Algarve
Distrito Faro
Província Algarve
Feriado municipal Segunda Sexta-feira de Setembro
Código postal 8970 Alcoutim
Sítio oficial CM Alcoutim
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

O município de Alcoutim, com sede na vila homónima de Alcoutim, tem 575,36 km² de área[1] e 2 917 habitantes (2011),[2][3] estando subdividido em 4 freguesias.[4] O município é limitado a norte pelo município de Mértola, a leste pela Espanha (municípios andaluzes de El Granado, Sanlúcar de Guadiana e San Silvestre de Guzmán), a sudeste por Castro Marim, a sudoeste por Tavira e a oeste por Loulé e Almodôvar.

Uma balsa de passageiros para Sanlúcar de Guadiana, Espanha, está disponível, mas não leva veículos. Por estrada a distância entre as duas povoações é de 70 km.

EtimologiaEditar

Segundo Adalberto Alves, no seu Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa, a origem do topónimo Alcoutim é a expressão árabe al-quṭamî, «o falcão real».

Lenda da origem da palavra AleoEditar

 
A escultura de Pedro de Meneses em Ceuta

(enquanto João I de Portugal estava investigando os governadores de Ceuta, depois de Conquista de Ceuta em 2 de setembro de 1415 (comemorado no Dia de Ceuta). o jovem Pedro estava por perto, jogando distraidamente choca (uma espécie de hóquei medieval) com um taco de zambujeiro ou Aleo (oliveira silvestre). o jovem Pedro de Meneses, 1.º Conde de Vila Real deu um passo à frente e se aproximou do rei com seu taco de jogo (aleo) na mão e lhe disse que, com apenas esse taco, ele poderia defender Ceuta de todo o poder do Marrocos. Como resultado dessa história, todos os futuros governadores portugueses de Ceuta receberiam um zambujeiro como símbolo de seu cargo após a investidura.) O aleo usado por Pedro é mantido na Igreja de Santa María de África em Ceuta, a estátua de Maria segura o aleo.[5][6]

'Aleu' ou 'aleo' podem ser vistos no brasão de armas de Alcoutim e Vila Real, onde os descendentes de Pedro foram feitos conde de Alcoutim ou conde de Vila Real, respectivamente.

 
Escrito no túmulo de Pedro de Menezes aleo. Igreja da Graça (Santarém), Portugal

PopulaçãoEditar

População de Alcoutim
AnoPop.±%
1864 8 063—    
1878 8 736+8.3%
1890 8 912+2.0%
1900 9 306+4.4%
1911 9 204−1.1%
1920 8 747−5.0%
1930 9 124+4.3%
1940 10 620+16.4%
1950 10 808+1.8%
1960 9 288−14.1%
1970 6 727−27.6%
1981 5 262−21.8%
1991 4 571−13.1%
2001 3 770−17.5%
2011 2 917−22.6%

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [7]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 2 711 2 865 2 659 2 883 3 212 2 997 2 163 1 320 844 583 323 230
15-24 Anos 1 467 1 409 1 274 1 753 1 754 1 709 1 637 855 563 479 334 182
25-64 Anos 3 715 3 769 3 421 3 997 4 689 4 827 4 632 3 620 2 491 2 043 1 603 1 223
= ou > 65 Anos 372 459 512 512 655 804 856 1 120 1 364 1 466 1 510 1 282
> Id. desconh 14 12 15 4 32

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Em 2014, só nasceram quatro crianças em Alcoutim, o que coloca o concelho no último lugar do ranking da natalidade no continente.

Em 2015 nasceram 13 crianças.

Em 2014, mais de 60% da população do município tem uma idade superior a 65 anos.[8]

Em 2018, Alcoutim é o município com maior proporção de idosos do país, contando-se 95 idosos por 100 pessoas em idade ativa, valores que quase se igualam.[9]

Movimento da População do concelho de Alcoutim (2005 – 2009)
ANO NADOS VIVOS ÓBITOS
2005 13 74
2006 19 87
2007 5 85
2008 14 87
2009 10 74

FreguesiasEditar

 
Freguesias do concelho de Alcoutim.

O concelho de Alcoutim está dividido em 4 freguesias:

PatrimónioEditar

EquipamentosEditar

  • GNR
  • Parque de caravanismo do Pereiro

GaleriaEditar

GeminaçõesEditar

O concelho de Alcoutim é geminado com as seguintes cidades:[10]

PolíticaEditar

Eleições autárquicasEditar

Data % V % V % V % V
PS PPD/PSD APU/CDU PSD-CDS
1976 55,46 4 22,93 1 13,68 -
1979 42,04 2 32,77 2 19,10 1
1982 52,14 3 26,62 1 13,50 1
1985 52,90 3 31,13 2 10,45 -
1989 50,18 3 33,94 2 11,53 -
1993 37,99 2 46,20 3 9,11 -
1997 44,04 2 46,45 3 5,23 -
2001 31,82 2 55,31 3 4,74 -
2005 40,86 2 49,26 3 2,95 -
2009 43,53 2 51,56 3 2,09 -
2013 50,86 3 42,24 2 2,52 -
2017 66,11 4 PSD-CDS 4,69 - 24,81 1

Eleições legislativasEditar

Data %
PS PSD PCP CDS UDP AD APU/CDU FRS PRD PSN BE PAN PàF
1976 43,44 17,63 13,20 3,14 1,99
1979 38,21 AD APU AD 2,30 29,84 17,71
1980 FRS 0,91 32,41 15,91 38,55
1983 46,76 23,02 3,22 0,58 17,51
1985 38,49 20,82 5,18 0,76 14,98 11,76
1987 35,33 36,61 CDU 1,80 0,73 10,81 2,53
1991 36,88 44,85 1,73 7,26 1,03 2,02
1995 52,53 32,42 3,19 0,59 6,75 0,48
1999 49,85 36,36 3,04 6,54 0,76
2002 42,46 43,13 4,06 5,31 0,94
2005 49,58 31,56 4,01 5,99 3,16
2009 40,54 35,30 6,37 6,32 5,55
2011 35,00 43,02 7,40 5,62 2,06 0,61
2015 42,98 PàF PàF 6,93 5,07 0,64 37,14

Referências

  1. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013». Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013. Arquivado do original (XLS-ZIP) em 9 de dezembro de 2013 
  2. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Algarve (PDF). Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 95. ISBN 978-989-25-0183-3. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  3. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_ALGARVE". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  5. "Eu só com este páu, sou capaz de defender Ceuta, de todo o poder dos mouros" Portugal antigo e moderno, 1878, p.495. Z.N. Gonçalves Brandão, 1883, Monumentos e lendas de Santarem , p.514
  6. Horizontes da Memória - A Tomada de Ceuta - 2002
  7. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  8. «Câmara dá cinco mil euros por cada bebé». Arquivado do original em 28 de julho de 2014 
  9. «Portugal com 10 milhões de habitantes? Vai deixar de ser assim daqui a 15 anos» 
  10. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M8970

 Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alcoutim