Alessandro Stradella

Alessandro Stradella
Nascimento 3 de julho de 1643
Bolonha
Morte 25 de fevereiro de 1682 (38 anos)
Gênova
Cidadania Estados Pontifícios
Ocupação compositor, cantor
Movimento estético Música barroca
Causa da morte facada

Antonio Alessandro Boncompagno Stradella[1] (Bolonha, 3 de julho de 1643[1]Génova, 25 de fevereiro de 1682) foi um cantor, professor de canto, violinista e compositor italiano. Foi assassinado em Gênova por razões obscuras, no segundo atentado contra sua vida. O primeiro fora em 1677, após seu complicado casamento com Agnese, aluna com quem fugira e cujo ex-amante encomendou o crime, causando um incidente internacional. Durante o caso, Stradella continuou a promover suas músicas, passando a receber encomendas da nobreza.

Compôs suas melhores obras num tempo curto, entre elas 170 cantatas, várias óperas e a primeira peça apontada como um concerto grosso.[2]

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b Carlo Vitali. «Stradella, bolognese per caso. Nuovi documenti biografici». www.lesalonmusical.it (em italiano). Consultado em 10 de setembro de 2018 
  2. «Alessandro Stradella | Italian composer». Encyclopedia Britannica (em inglês) 
  Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.